Nossa rede

Aconteceu

Tatuador do DF é preso por cultivar e distribuir skunk chileno

Publicado

dia

De acordo com a polícia, o tatuador comprou as sementes no Chile e produzia uma droga rara, com alto teor de THC. Outras duas pessoas foram presas na operação

(crédito: PCDF/Divulgação)

Um tatuador de Brasília e mais duas pessoas foram presas em uma operação de combate ao tráfico de drogas em Sobradinho II. De acordo com o delegado Laércio Carvalho, o tatuador, que vive no Plano Piloto, foi apontado pelos outros dois detidos como o fornecedor de skunk e haxixe distribuídos na região administrativa.

No decorrer das investigações, os policiais descobriram que o tatuador teria comprado sementes de skunk no Chile e cultivava a planta em uma chácara do Lago Oeste. “Ele produzia uma espécie rara de skunk, denominada orange haze, com alto teor de THC. Cada grama era comercializada por até R$ 60”, informou Carvalho.

Ainda de acordo com o delegado, o grupo tinha funções bem definidas no comércio das drogas. Eles foram presos em flagrante portando 10 porções de skunk e haxixe avaliadas em aproximadamente R$15 mil; três balanças de precisão, R$400 em espécie, substância usada para conservação da droga, um aparelho celular e plástico insulfilm para embalar a droga.

Segundo Carvalho, o grupo já possui passagem na polícia e, se condenado, cada um pode pegar até 15 anos de prisão.

Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Comentar

Aconteceu

Homem com mandado de prisão acaba preso a caminho de casamento no DF

Publicado

dia

Por

De acordo com policiais da PRF, o veículo no qual o homem estava acabou parado em uma fiscalização de rotina. O homem relatou que estava indo para um casamento, mas não soube dizer onde seria

(crédito: PRF/Divulgação)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu, na sexta-feira (14/1), um homem que tinha um mandado de prisão preventiva em aberto, desde 2018, por furto, expedido pelo Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ). Para os policiais, o homem relatou que estava vindo ao DF para ir a um casamento de uma prima. A prisão aconteceu na BR-040, em Santa Maria, por volta das 16h.

De acordo com a PRF, os policiais que estavam em equipe ordenaram ao condutor de um Jetta preto que parasse o veículo para uma fiscalização de rotina. Com o documento dos passageiros, os policiais notaram, em consultas ao sistema, que uma das pessoas de dentro do veículo tinha um mandado de prisão preventiva em aberto. Para os policiais, o homem, 33 anos, afirmou que estava vindo de Bangu (RJ) — bairro da zona Oeste — para Brasília (DF) para um casamento de uma prima. Questionado sobre onde seria o casamento, o homem não soube informar, levantando a suspeita dos policiais.

Segundo a equipe, diante dos fatos, os policiais deram voz de prisão para o passageiro do veículo e o encaminharam para a 20ª Delegacia de Polícia, do Gama.

Ver mais

Aconteceu

Motorista morre após carro bater de frente com caminhão na DF-251, em São Sebastião, no DF

Publicado

dia

Por

Vítima conduzia carro quando bateu de frente com carreta na manhã deste sábado (15). Este é segundo acidente com óbito, em poucas horas, na rodovia.

Colisão frontal entre carro e caminhão deixa uma pessoa morta na BR-251, próximo a São Sebastião, no DF — Foto: Divulgação/CBMDF

Um homem, de 43 anos, morreu após um acidente de trânsito na DF-251, próximo a entrada para São Sebastião, na manhã deste sábado (15). Ele conduzia um carro quando bateu de frente com uma carreta na rodovia.

Este é o segundo acidente, em poucas horas, com óbito na DF-251. Na tarde de sexta-feira (14), um motorista, de 38 anos, morreu após bater em um caminhão. Devido ao impacto da colisão, a carreta tombou para fora da pista.

Neste sábado, o Corpo de Bombeiros Militar do DF (CBMDF) foi acionado por volta das 7h para atender a ocorrência. Ao chegarem no local, os militares já encontraram o motorista do carro prata sem sinais vitais. O óbito foi declarado no local.

Imagens divulgadas pelo CBMDF, mostram o veículo completamente destruído no acostamento da pista. Já o caminhão, ficou atravessado na rodovia. Com isso, as faixas ficaram interditadas, impactando o trânsito.

O condutor da carreta branca, de 46 anos, estava sem ferimentos, mas foi atendido e avaliado pelos bombeiros e não precisou de atendimento médico.

A Polícia Militar do DF (PMDF) e a perícia da Polícia Civil do DF (PCDF) foram acionados.

Ver mais

Aconteceu

Homem que agrediu e ameaçou companheira em Vicente Pires é preso

Publicado

dia

Por

Segundo a investigação, o casal convivia há cinco meses. Durante uma discussão pelo sumiço de R$ 200, o homem começou a agredir a companheira com socos e tapas no rosto, além de injuriar a mulher

O criminoso foi preso e autuado em flagrante por injúria, ameaça e dano qualificado e, ainda, pela contravenção penal de vias de fato – (crédito: PCDF/Divulgação)

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) prendeu, nesta quinta-feira (13/1), um homem, 34 anos, por agredir, ameaçar, injuriar e quebrar o celular da companheira, 52 anos. Segundo a investigação, o casal convivia há cinco meses e, numa discussão pelo sumiço de R$ 200, o homem começou a agredir a companheira com socos e tapas no rosto, além de injuriar a mulher.

De acordo com o delegado-adjunto da 38ª DP (Vicente Pires), Walber Lima, além das agressões, o criminoso também, provavelmente, tinha intenção de assassiná-la. “Durante as ameaças, ele inclusive jogou álcool líquido sobre a vítima, possivelmente com a intenção de atear fogo sobre o corpo dela”, informa.

A mulher registrou ocorrência e logo após recebeu uma ligação em que o agressor afirmava não temer a denúncia e estar esperando pelos policiais em casa. Ao chegar ao local, os investigadores o encontraram bebendo com conhecidos. Ele recebeu voz de prisão e foi conduzido para realização dos procedimentos legais.

O agressor, porém, não parou por aí. Segundo o delegado-chefe da 38ª DP, João Ataliba Neto, o homem ainda permaneceu xingando e ameaçando a mulher no caminho para a delegacia. “Durante o trajeto, o acusado permaneceu xingando a companheira e ameaçando-a de morte. Ele ainda afirmou que se ficasse preso, ao sair da cadeia, iria matar a mulher”, destaca.

O criminoso foi preso e autuado em flagrante por injúria, ameaça e dano qualificado e, ainda, pela contravenção penal de vias de fato. Ele permanecerá na carceragem da PCDF até a audiência de custódia. Em caso de condenação, as penas podem chegar a mais de quatro anos de reclusão.

Ver mais

Aconteceu

Homem é preso em Ceilândia por posse de arma de fogo e drogas

Publicado

dia

Por

Ação aconteceu na QNN após informações sobre um disparo de arma de fogo. Polícia apreendeu uma pistola e maconha, além de prender o homem

(crédito: PMDF/Divulgação)

Nesta segunda-feira (10/1), por volta das 22h policiais militares prenderam um homem que portava uma arma de fogo e drogas, em Ceilândia. A equipe responsável pela prisão teria recebido informações sobre um possível disparo de arma de fogo e, com isso, intensificou o patrulhamento que estava sendo feito na QNN.

De acordo com a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), durante o patrulhamento os policiais avistaram um homem em atitude suspeita. Ele tentou fugir, mas foi capturado poucos metros depois.

Na abordagem, a equipe da PMDF encontrou uma pistola .40 e uma porção de maconha. O homem foi preso e conduzido à 15ª Delegacia de Polícia.

Ver mais

Aconteceu

Homem compra carro pela metade do preço e é preso por receptação

Publicado

dia

Por

Automóvel possuía um boletim de ocorrência registrado em Teresina (Piauí) por uma locadora de veículos por ter sido alugado e não devolvido

(crédito: PRF prende homem por receptação de veículo)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu um homem, na BR-070, altura de Taguatinga, por receptação de um Gol, no final da tarde desta terça-feira (11/1). Durante a abordagem, os policiais verificaram que o veículo da Volkswagen possuía um boletim de ocorrência registrado em Teresina (Piauí), onde uma locadora de veículos informou que o carro estava em apropriação indébita, significando que alguém alugou o veículo e não realizou a devolução do mesmo para a empresa. A ocorrência foi encaminhada para a 12° Delegacia de Polícia Civil, na cidade de Taguatinga.

O condutor do veículo, 38 anos, informou que comprou o carro pela plataforma virtual de vendas OLX e que estava ciente da procedência duvidosa do veículo pois pagou metade do valor de mercado, R$ 25 mil e não possuía contrato de compra e venda. Em razão dos fatos, a PRF deu voz de prisão ao homem em conduta que caracteriza, em tese, o crime de “[…] adquirir, receber, transportar, conduzir ou ocultar, em proveito próprio ou alheio, coisa que sabe ser produto de crime […]”, previsto no art. 180 do Código Penal Brasileiro.

*Com informações da PRF

Ver mais

Aconteceu

Vítimas de violência sexual dividem ambiente com agressores no IML da PCDF

Publicado

dia

Por

Espaço destinado às vítimas foi demolido na última quarta (5/1). Defensoria questionou a Polícia Civil pela demolição. Agora, vítimas de violências sexuais dividem espaço com agressores

Agência Brasil

A Defensora Pública do Distrito Federal (DPDF) encaminhou, nesta terça-feira (11/1), questionamento à Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) para que seja feito um local adequado para receber e atender mulheres em situação de violência no Instituto Médico Legal (IML), do complexo próximo do prédio principal, ao lado do Parque da Cidade. O local reservado no qual mulheres vítimas ficavam foi demolido na última semana e agora as vítimas dividem espaço com os agressores na mesma sala.

Segundo o órgão que presta assistência jurídica integral e gratuita aos cidadãos, o Núcleo de Promoção e Defesa dos Direitos das Mulheres (Nudem) recebeu várias notificações, vindas de representantes de organizações sociais, cobrando esclarecimentos sobre a demolição da sala reservada ao atendimento das vítimas de violência sexual no Instituto Médico Legal (IML), da Polícia Civil. Segundo a defensora Rita de Lima, a ausência desse espaço reservado para mulheres vítimas dá origem a situações “constrangedoras” e vexatórias para as vítimas de estupro ou outros crimes sexuais. Com a ausência de um local de atendimento adequado, crianças vítimas de outros crimes também compartilham o mesmo ambiente com agressores.

“A ausência de um espaço reservado para vítimas de violência é um prejuízo ao seu atendimento humanizado, aos seus direitos humanos. Estar em um local que a expõe a outras pessoas que também podem precisar do serviço do IML (réus presos em flagrante, por exemplo), coloca a vítima em uma situação muito constrangedora, o que pode até dificultar que ela conte em detalhes seu caso ao profissional responsável pela perícia. Isso é particularmente grave nos casos de violência sexual, em que a maior parte das vítimas é menor de idade”, diz Rita de Lima, defensora da DPDF.

Demolição

O local de atendimento médico pericial especializado, além da brinquedoteca, sala de espera e o banheiro privatizado para vítimas de violência sexual, foi demolido na última quarta-feira (5/1). De acordo com o DPDF, a demolição desses espaços implica na ausência de uma entrada exclusiva para as vítimas, tendo a indiscreta possibilidade de dividir o mesmo espaço da sala de espera com pessoas presas que, potencialmente, podem ser os próprios agressores.

O Nudem pediu à Diretoria do Instituto Médico Legal (IML) mais informações sobre o assunto para saber se existe “pretensão de realocar o atendimento especializado reservado para outra acomodação” para as mulheres e meninas vítimas de quaisquer crimes sexuais.  “O risco é de haver meninas aguardando um exame pericial com seus representantes ao lado de outras pessoas, adultas e, possivelmente, ao lado de outras pessoas presas por crimes diversos. Não assegurar o tratamento e o acolhimento adequado para vítimas de violência acaba gerando o que chamamos de violência institucional: o Estado desconsidera a vulnerabilidade daquela pessoa e, com isso, acaba violando seu direito a ser tratada com dignidade”, diz.

Memória

Em abril passado, o governador Ibaneis Rocha (MDB) assinou a ordem de serviço para a construção da nova sede do IML. Orçada inicialmente em R$ 34,8 milhões, a obra deve durar dois anos e terá mais de 11,8 mil m² de área construída. Essa unidade promete acessos separados para custodiados e para vítimas que necessitam ser submetidas a perícias. À época, a diretora do IML, Márcia Cristina Barros, afirmou que a unidade seria uma das maiores da América Latina. “Vai ser um dos maiores IMLs [da América Latina] proporcionalmente e com possibilidade de recursos que vemos em países de primeiro mundo. O objetivo é resolver a maior parte das demandas de uma forma mais ágil e confortável”, disse a diretora do IML à Agência Brasília.

ONDE PEDIR AJUDA?

Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência — Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República
Telefone: 180 (disque-denúncia)

Centro de Atendimento à Mulher (Ceam)
» De segunda a sexta-feira, das 8h às 18h
» Locais: 102 Sul (Estação do Metrô), Ceilândia, Planaltina

Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam)
» Entrequadra 204/205 Sul – Asa Sul
(61) 3207-6172

Disque 100 — Ministério dos Direitos Humanos
Telefone: 100

Programa de Prevenção à Violência Doméstica (Provid) da Polícia Militar
Telefones: (61) 3910-1349 / (61) 3910-1350

*Estagiário sob a supervisão de Nahima Maciel 

Ver mais
Publicidade

Escolha o assunto

Publicidade

Viu isso?