Nossa rede

Espaço Mulher

Dieta cetogênica para diabetes e obesidade: mais entusiasmo que evidência?

Publicado

dia

Um artigo de opinião escrito por especialistas em uma revista científica famosa faz ponderações sobre a restrição extrema de carboidratos desse cardápio

A valorização de fontes de gordura em detrimento das de carboidrato é um dos pontos da dieta cetogênica. (Foto: Dulla/SAÚDE é Vital)

Recentemente, um artigo de opinião publicado no periódico científico JAMA (Journal of the American Medical Association) aqueceu a discussão sobre a dieta cetogênica. Assinado por médicos da Escola de Medicina de Nova York, nos Estados Unidos, o texto questiona o papel dessa alimentação — marcada por uma redução drástica no consumo de carboidratos e um aumento no de gorduras e proteínas — para tratar a obesidade e o diabetes.

Esse plano alimentar, já usado para tratar alguns tipos de epilepsia, caiu nas graças de certos indivíduos em busca da perda de peso. Embora o corte de carboidratos seja uma prática relativamente frequente (e controversa) em regimes de emagrecimento, na dieta cetogênica essa restrição é mais acentuada. Nela, a concentração do nutriente não passa de 10% das calorias diárias. Em uma alimentação balanceada, o mesmo número fica em cerca de 50% — cinco vezes mais, portanto.

Para quem tem diabetes tipo 2 e precisa controlar os níveis de glicose em circulação, parece uma saída lógica praticamente excluir do prato as fontes de carboidrato. Ora, essa substância se converte facilmente em glicose no organismo.

Já para quem deseja afinar a cintura, ficar longe de um nutriente que concentra calorias também parece fazer sentido, não? E alguns estudos realmente sugerem que a dieta cetogênica está associada a perda de peso e redução na glicemia.

Mas o que os autores daquele artigo questionam é se esse padrão de alimentação em si que promove tais benefícios. “Qualquer plano é efetivo quando reduz a ingestão de calorias. A cetogênica não é diferente. O que devemos perguntar é se ela é sustentável e promove saúde em longo prazo”, ponderam os experts no texto.

Dieta cetogênica para o diabetes

De acordo com o artigo americano, as evidências sobre o assunto não são definitivas. O estudo mais robusto, do ano passado, de fato mostra um grau considerável de remissão do diabetes tipo 2 em pessoas que reduziram o consumo de carboidratos durante um ano. Algumas inclusive pararam de usar insulina. Contudo, tais descobertas podem estar enviesadas.

“Era um estudo aberto, sem um grupo adotando outra estratégia para servir de comparação, e que reuniu indivíduos interessados em fazer a dieta”, comenta Bruno Halpern, endocrinologista e coordenador do Departamento de Obesidade da Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD). Ou seja, as pessoas já estavam dispostas a aderir a um programa de restrição calórica — e o método não foi comparado com outros regimes alimentares.

No geral, o que parece importar mais para controlar a doença é justamente comer menos calorias do que antes. E, claro, maneirar especificamente em fontes de carboidrato refinado (arroz, massas e pães brancos, refrigerantes, doces etc), que fazem a glicemia disparar mais rapidamente. Ainda assim, esses itens não estão proibidos.

“A dieta cetogênica pode ser uma opção viável para o emagrecimento rápido, que controle o diabetes logo após o diagnóstico. Mas, se ela é interrompida, há um risco de o peso voltar a subir e a glicemia descompensar”, destaca Halpern.

E para emagrecer no longo prazo, ela funciona?

A ideia é que, ao cortar os carboidratos, o corpo passe a usar outras fontes de energia, especialmente as gorduras acumuladas no tecido adiposo. Aliás, esse processo de quebra de gordura para fabricar glicose gera os chamados corpos cetônicos, que aplacariam a fome. São essas moléculas que fizeram esse padrão alimentar ganhar o nome de “cetogênico”.

Mas a eficácia dessa dieta para o emagrecimento é outro ponto abordado no artigo americano. Seus autores citam uma revisão de 13 pesquisas com acompanhamento mínimo de um ano que comparou a eficácia da cetogênica com outras dietas. Resultado: a restrição severa de carboidratos até gerou uma maior perda de peso, mas que não passou de um quilo.

“Essa variação, apesar de significativa do ponto de vista estatístico, pode não ser relevante para a prática clínica”, pontuam os especialistas no texto publicado no JAMA.

Ou seja, é provável que a cetogênica emagreça mais em virtude da redução calórica acentuada. Só que, depois de um tempo, a balança tende a estacionar.

“Isso ocorre em qualquer dieta restritiva, porque o organismo entende que há falta de alimentos no ambiente e passa a economizar calorias”, destaca Mario Kedhi Carra, endocrinologista e presidente da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica, a Abeso.

Além disso tudo, o mais desafiador talvez seja sustentar um padrão alimentar cetogênico no médio e longo prazo. Veja: esse tipo de cardápio praticamente elimina arroz, macarrão, pão, batata, diversas frutas e outros alimentos comuns. Esse ataque a vários grupos alimentares nos leva aos efeitos negativos da dieta cetogênica.

Riscos em longo prazo

Por um lado, praticamente todos os especialistas concordam que carboidratos refinados devem ser ingeridos com muita moderação pelo elo com o ganho de peso e outros problemas. Por outro, uma restrição tão severa de carboidratos em geral costuma vir acompanhada da exclusão de itens que fazem bem para a saúde, como os cereais integrais e as frutas.

Aí, o corpo pode sentir falta de fibras, vitaminas e minerais.

O teor de gorduras ingeridas — que chega a 90% — também merece ser debatido. Para atingir esse patamar, frequentemente é preciso comer mais gorduras saturadas, que aumentam as taxas de colesterol LDL e estão associadas a infarto e AVC.

“Por isso, qualquer intervenção do tipo deve ser sempre feita sob orientação médica e nutricional, e só em situações específicas”, destaca Carra.
Para os diabéticos, isso é ainda mais importante. Se o aumento da glicose no sangue faz mal, sua queda brusca também é perigosa, disparando quadros de hipoglicemia. Logo, alterações no cardápio demandam uma supervisão dos profissionais, inclusive para ajustar as doses dos medicamentos.

Ainda não há estudos conhecidos analisando a mortalidade e o risco cardiovascular de quem adere à dieta cetogênica, mas o artigo do JAMA cita outras reações adversas já relatadas na literatura científica: constipação, halitose, dores de cabeça, fraturas ósseas, diarreia e “múltiplas deficiências de vitaminas e minerais”.

Moral da história

“Creio que o objetivo desse artigo é alertar as pessoas de que a dieta cetogênica não é uma solução para tudo”, comenta Halpern.
Carra completa o raciocínio: “Não sou contra esse plano alimentar. Eu creio que ele possa ter suas indicações, mas é algo que exige cuidado e estratégias de manutenção para quando a restrição acabar”, palpita Carra.

Resumindo, pode ser que esse regime funcione para uma ou outra pessoa (principalmente nos primeiros meses), mas não dá para dizer que ele supera qualquer outra intervenção nutricional que resulte em déficits calóricos quando o assunto é o combate ao diabetes tipo 2 e à obesidade. Assim como não dá para bater o martelo sobre sua segurança em longo prazo.

“Embora tenha ganhando atenção nesse departamento nos últimos anos, a evidência suportando seu uso atual é limitada, e os potenciais riscos da dieta são reais”, concluem os autores americanos.

Comentário

Espaço Mulher

Suco seca barriga: conheça 13 sucos saudáveis e diga xô para as gordurinhas

Publicado

dia

ISTOCK

Aprenda como fazer o seu suco seca barriga de forma saudável e natural! Esses líquidos atuam com nutrientes, ácidos, fibras e minerais que desintoxicam o corpo, aceleram o metabolismo, facilitam a digestão, diminuem o apetite e estimulam a queima de gordura corporal. Surpreenda-se com 13 receitas saborosas e multifuncionais que, aliados a hábitos saudáveis, vão secar a sua barriga.

Confira essa receita saudável de suco seca barriga capaz de lhe fazer perder até 4 quilos. No preparo, você vai precisar de folhas de couve sem o talo, maçã, suco de limão e água. A folha da couve é riquíssima em cálcio, mineral que obstrui as enzimas de gordura.

2. Suco com maçã e alface

Esse suco seca barriga com maçã e alface é excelente para desinchar o corpo e eliminar toxinas, por isso é perfeito para ser ingerido após o jejum e como a primeira alimentação do dia, para já limpar o organismo.

3. Suco com maçã e chá verde

Perca a barriga com saúde com essa receita de suco seca barriga com maçã e chá verde. O resultado é um suco que acelera o metabolismo e queima a gordura abdominal e corporal. Prove agora mesmo, é uma delícia!

4. Suco com pepino e couve

Além de desinflamar o corpo, o suco seca barriga com pepino, couve e maçã apresenta nutrientes especializados em queimar gorduras. Após exageros de comilanças, a ingestão do suco irá desintoxicar e diminuir as medidas do seu abdômen.

5. Suco com salsinha e couve

Conheça essa receita de suco seca barriga que é possível ver os efeitos em uma semana! Com limão, couve, salsinha, gengibre, suco de laranja e água, é possível saborear um suco saudável, nutritivo, termogênico e rico em vitamina C.

6. Suco com abacaxi e couve

Cada ingrediente desse suco seca barriga será capaz de proporcionar muita sabor, nutrição e diminuir o inchaço da barriga. O abacaxi apresenta enzimas que desinflamam o seu organismo, já a couve é rica em fibras e irá auxiliar no regulamento do seu intestino. Experimente!

7. Suco com abacaxi e pepino

Saiba sobre o suco seca barriga com abacaxi e pepino. O pepino é diurético e excelente para os rins, o que faz eliminar as toxinas do organismo. E o abacaxi é riquíssimo em vitaminas e um facilitador da digestão. Não se engane, o sabor é magnífico!

8. Suco com abacaxi e cenoura

Essa receita rápida e superfácil de suco seca barriga com abacaxi e cenoura é um ótimo antioxidante, por conter betacaroteno, além de ser abundante em fibras e vitaminas que auxiliam no bom funcionamento do organismo.

9. Suco com morango e beterraba

Com iogurte natural, laranja, morango e beterraba você provará um sublime suco seca barriga e com benefícios capazes de desinchar e queimar gorduras na região abdominal. É funcional, saboroso e muito nutritivo.

10. Suco com limão e cenoura

Confere só essa receitinha de suco com limão e cenoura que irá desinchar o seu corpo, regular o ph e inibir o apetite, o que faz com que, também, auxilie no emagrecimento. Ele pode ser ingerido no café da manhã ou antes das refeições para controlar o apetite e não extrapolar.

11. Suco com limão e berinjela

Veja só essa receita de suco com limão e berinjela que irá promover grandes benefícios ao seu organismo, como desinflamação e diminuição da retenção de líquidos. Junte os ingredientes em uma jarra com água e deixe curtindo de um dia para o outro. Terminado, tome em jejum.

12. Suco com limão e glutamina

Domine esse suco seca barriga com com limão e glutamina. Ele será capaz de diminuir o inchaço do abdômen ou o famoso estômago alto. A glutamina será responsável por auxiliar no bom funcionamento intestinal e na construção muscular. Aproveite!

13. Suco com limão e melancia

Aprenda a fazer esse suco com limão e melancia que irá regular seu intestino e diminuir o inchaço abdominal. O suco ainda leva gengibre e juntos os ingredientes, além de auxiliarem a perda de peso, controlam a pressão sanguínea e reduzem os níveis de colesterol.

Além da facilidade, por serem produzidos no conforto de casa, os sucos seca barriga são diuréticos e auxiliam no bom funcionamento do intestino. Confira também tudo sobre a inserção de alimentos termogênicos na sua alimentação, os quais estimulam a queima de gordura e favorecem a perda de peso.

Ver mais

Espaço Mulher

Unhas com glitter: 50 inspirações e tutoriais para se jogar no brilho

Publicado

dia

MISS LADY FINGER.

O glitter está em todos os âmbitos da moda. Seja nas roupas, sapatos ou acessórios, é fácil de encontrar peças nas lojas e com os esmaltes não é diferente. Com essa febre do brilho, usar unhas com glitter se tornou parte do dia a dia de quem ama a arte da esmaltação. Descubra agora como usar o estilo.

O primeiro passo para amar as unhas com glitter é se inspirar. Os modelos incluem filhas únicas, decorações, francesinhas e até mesmo unhas completamente dominadas pelo brilho. Confira!

Combine o glitter com películas de unha

TELMA LEAL

 Surpreenda com um azul brilhante

CHELSEA KING

 Acerte com o clássico

BANA

 Que tal uma francesinha diferentona?

KAREN GUTIERREZ

 Capriche nas decorações com glitter

CHESEA KING

 Use o glitter vermelho em ocasiões especiais

LOVE NAILS & HAIR EXTENSIONS

Fuja do comum usando brilhos de cores diferentes na decoração

MISS LADY FINGER

 Deixe o fundo da unha transparente para brilhar mais

CASSANDRE MARIE

 O dourado fica lindo em festas

LOVE NAILS & HAIR

 Combine com outras técnicas

CRIS AMARO

Uma filha única vermelha é puro glamour

CRIS AMARO

 As unhas com glitter podem ser pretas

ROSE B. Ficam ótimas coloridas

 

ERRIN LOPEZ

E muito glamurosas no prata

ERRIN LOPEZ

Existem opções para quem gosta de delicadeza

MOON NAILS

 Para quem sonha em ousar

IMAGINATION NAILS

 Para as tradicionais

THABATA WYNA PIMENTA

 E até mesmo para quem quer transmitir romantismo

THABATA WYNA PIMENTA

 Use o glitter junto com pedrarias

URBAN NAILS

 Se jogue no neon!

IMAGINATION NAILS

Não tenha medo de misturar cores

POLISHÉ

Ver mais

Espaço Mulher

Penteados com franja: inspire-se e arrase com os modelos

Publicado

dia

JULIANA MOURÃO

As franjas voltaram com tudo, não é mesmo? Se você quer adotar essa hot trend, que tal se inspirar e aprender a fazer penteados com franja para arrasar por aí? Vem conferir com a gente!

50 fotos de penteados com franja para você se inspirar

Tanto para ocasiões especiais, quanto para o dia a dia, os penteados podem fazer a diferença no visual. Para ajudar nas inspirações, preparamos 50 fotos de penteados com franja.

1. Para começar nossa lista, um coque básico com franja

ROCKY BARNES

2. O coque também funciona para penteado com franja e cachos

YERRR

3. Outra opção bem tradicional, mas elegante é o rabo de cavalo

NADIA ABOULHOSN

4. Uma trança lateral com franja é uma ótima opção para penteados

GIOVANNA FERRAREZI

5. Os penteados com franja e trança funcionam bem para diversas ocasiões

STEFFY

6. Mesmo com a franja maior, você pode optar por um penteado que a valorize

JESSICA CAROLINEHAIR

7. Os penteados com franja para festa podem ser dos mais variados

FERNANDA BOVE

8. Você pode optar por prender todo o cabelo

ADRIANA DUARTE

9. Ou deixá-lo meio solto

LAYANA MIRANDA

10. O penteado com franja para casamento deve ser mais elegante

PRISCILLA CARLOS

11. Para o dia a dia, o penteado com franja lateral é uma boa opção

GIOVANNA FERRAREZI

12. Uma das inspirações é o penteado com franja tumblr

JULIANA MOURÃO

13. Mais uma inspiração bem tumblr girl

BRU MONITCHELLE

14. A franja dá um charme a mais ao penteado

JOSI SOUZA

15. Você pode brincar com o comprimento do cabelo

LAILA BOTELHO

Ver mais

Disponível nosso App

Publicidade

Escolha o assunto

Publicidade