Nossa rede

Cultura

Festival Universitário de Cinema de Brasília começa nesta quinta-feira

Publicado

dia

A mostra nutre o intuito de fomentar e apresentar obras produzidas por universitários de todo o país

O festival da Universidade de Brasília (UnB) abre espaço para debates acerca dos curtas exibidos
(foto: Acervo FestUni/Divulgação)

As produções audiovisuais são um dos fortes de Brasília, não é a toa que um dos principais eventos de cinema brasileiro é aqui da capital, que também atua como cenário em diversas produções cinematográficas brasileiras. É nesta onda audiovisual que tem início, nesta quinta-feira (10/10), a terceira edição do Festival Universitário de Cinema de Brasília (FestUni). A mostra nutre o intuito de fomentar e apresentar obras produzidas por universitários de todo o país.
O FestiUni nasceu em 2017, no mesmo ano do 50º aniversário da mais importante mostra de cinema da capital, o Festival de Brasília do Cinema Brasileiro. As duas primeiras edições do Festival Universitário, inclusive, fizeram parte do grande evento audiovisual candango.
A professora da UnB Dácia Ibiapina destaca o conceito desse novo festival. “A ideia surgiu porque o Festival de Cinema de Brasília começou na UnB, por Paulo Emílio Sales Gomes, e se tornou esse grande e importante festival do país”. Em 2017, a coordenação da 50ª edição do Festival de Brasília convidou a UnB para participar das reuniões prévias e assim nasceu a ideia de criar este outro festival. “Esperamos que essa sementinha também germine ao longo de outros 50 anos”, almeja a professora.

Em meio a esta turbulência política, com cortes de verbas para as universidades públicas e sem o auxílio do Festival de Cinema de Brasília, que acontece na última semana de novembro, o FestUni foi buscar apoio dentro da própria UnB. “O contexto político é desfavorável para as universidades, para a cultura. É uma batalha que a gente resolveu travar para que o festival pudesse acontecer, então buscamos apoio da Faculdade de Comunicação da UnB, do Decanato de Extensão, da ADUnB, por exemplo”, relata Dácia Ibiapina.
Ao todo foram selecionados 21 curtas-metragens de todo o Brasil, que concorrem ao prêmio Jean-Claude Bernardet (ex-professor da UnB), homenageado que dá nome aos troféus de melhor filme, melhor direção e júri popular.
Além da mostra, oficinas também fazem parte do festival universitário e, um dos pontos-chave que a professora Dácia pontua, é a integração entre os estudantes de audiovisual e cinema dos diversos cantos do país. “Essa convivência é muito rica, o intercâmbio entre os alunos de diferentes universidades é muito importante. O festival é um espaço de formação, são muito diversificados. As aulas não são suficientes, a formação fica mais rica quando os alunos vão construindo filmes, ouvindo opiniões, conhecendo outros alunos e professores”.

3º FestUni

Auditório da ADUnB (Universidade de Brasília). De 10 a 13 de outubro. Confira a programação e mais informações no instagram @festuni. Entrada franca.
Comentário

Cultura

Exposição reúne fotos inéditas da construção do 1º clube na orla do Lago Paranoá

Publicado

dia

Mostra exibe 40 fotos, documentos e recortes de jornais de 1959 a 1970. Evento ocorre neste sábado (9) com entrada gratuita.

Fotografia exibida em mostra de comemoração aos 60 anos de fundação do Cota Mil Iate Clube, em Brasília — Foto: Cota Mil/Divulgação

O primeiro clube da orla do Lago Paranoá comemora 60 anos com uma exposição de fotografias inéditas de quando Brasília ainda estava em construção e o lago sequer tinha terminado de encher. As imagens resgatam a fundação do Cota Mil Iate Clube, em novembro de 1959 (veja algumas abaixo).

A mostra vai exibir, neste sábado (9), 40 imagens de um acervo de mais de 300 registros históricos, entre fotos, documentos e recortes de jornais datado entre 1959 e 1970. A entrada é gratuita.

Programe-se

Exposição 60 anos do Cota Mil Iate Clube

  • Data: 9 de novembro
  • Hora: das 10h às 17h
  • Local: SCES Tr. 2 Cj. 26/27 Lt. 2
  • De graça
Fotografia exibida em mostra de comemoração aos 60 anos de fundação do Cota Mil Iate Clube, em Brasília — Foto: Cota Mil/Divulgação

Fotografia exibida em mostra de comemoração aos 60 anos de fundação do Cota Mil Iate Clube, em Brasília — Foto: Cota Mil/Divulgação

Fotografia exibida em mostra de comemoração aos 60 anos de fundação do Cota Mil Iate Clube, em Brasília — Foto: Cota Mil/Divulgação

Fotografia exibida em mostra de comemoração aos 60 anos de fundação do Cota Mil Iate Clube, em Brasília — Foto: Cota Mil/Divulgação

Fotografia exibida em mostra de comemoração aos 60 anos de fundação do Cota Mil Iate Clube, em Brasília — Foto: Cota Mil/Divulgação

Fotografia exibida em mostra de comemoração aos 60 anos de fundação do Cota Mil Iate Clube, em Brasília — Foto: Cota Mil/Divulgação

Fotografia exibida em mostra de comemoração aos 60 anos de fundação do Cota Mil Iate Clube, em Brasília — Foto: Cota Mil/Divulgação

Fotografia exibida em mostra de comemoração aos 60 anos de fundação do Cota Mil Iate Clube, em Brasília — Foto: Cota Mil/Divulgação

Ver mais

Cultura

Festival de Brasília divulga os filmes selecionados para Mostra Competitiva

Publicado

dia

A mostra recebeu 701 inscrições de produções de todo o país

(foto: Lucas Batista/CB/D.A Press)

Com prêmios que chegam a R$ 50 mil, a 52ª edição do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro anunciou, em coletiva de imprensa realizada nesta quarta-feira (6/11), os filmes selecionados para a Mostra Competitiva. O evento que celebra o cinema brasileiro recebeu ao todo 701 inscrições, sendo 189 longas-metragens e 512 curtas, número 12% maior do que o registrado na edição do ano passado.

Ao final, foram selecionados sete obras com duração igual ou superior a 70 minutos e 14 com duração inferior a 30 minutos para disputar o Troféu Candango em suas respectivas categorias.
Nesta edição, o Festival de Brasília, que ocorre entre 22 de novembro e 1º de dezembro, homenageia o ator Stepan Nercessian, que tem 49 anos de carreira. Além dele, o estrangeiro Marco Belloccio, e os brasileiros Vladimir Carvalho, um dos pioneiros do cinema brasiliense, e Daniel Filho terão obras exibidas em sessões especiais.
Entre as novidades deste ano está a venda on-line de ingressos pela plataforma Sympla, apenas para as sessões da Mostra Competitiva. O intuito da ação é evitar as longas filas que se formavam, nas edições anteriores, antes de cada exibição.

Confira os longas selecionados para Mostra Competitiva:

  • Volume morto, de Kauê Telloli (SP)
  • A febre, de Maya Da-Rin (RJ)
  • Alice Júnior, de Gil Barioni (PR)
  • O tempo que resta, documentário de Thaís Borges (DF)
  • Loop, de Bruno Bini (MT)
  • O mês que não terminou, da dupla Francisco Bosco e Raul Mourão (RJ); e
  • Piedade, Claudio Assis (RJ).

Confira os curtas selecionados:

  • A nave de Mané Socó, de Severino Dadá (PE)
  • Alfazema, de Sabrina Fidalgo (RJ)
  • Amor aos vinte anos, de Felipe Arrojo Poroger e Totó Loureiro (SP)
  • Angela, de Marília Nogueira (MG)
  • Ari y yo, de Adriana de Faria (PA)
  • Cabeça de rua, de Angélica Lourenço (MG)
  • Caranguejo rei, de Enock Carvalho e Matheus Farias (PE)
  • Carne, de Camila Later (SP)
  • Chico Mendes – Um legado a defender, de João Inácio (DF)
  • Marco, de Sara Benvenuto (CE)
  • Parabéns a você, de Andréia Kalábola (PR)
  • Pelanol, de Christina Mariani e Calebe Lopes (BA)
  • , de Júlia Zakia e Ana Flávia Cavalcanti (SP); e
  • Sangro, de Tiago Minamisawa, Bruno H Castro e Guto BR (SP).

Mostra Brasília BRB de Cinema

A 52ª edição do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro será palco também da Mostra Brasília BRB de Cinema. Dedicada, exclusivamente, a produções locais e com premiação total de R$ 150 mil, dividida entre os 13 ganhadores, a disputa será realizada entre 25 e 29 de novembro.

Confira os filmes selecionados para a Mostra Brasília BRB de Cinema:

Longas:

  • Mãe, filme de ficção com direção de Adriana Vasconcelos
  • Dulcina, documentário da diretora Glória Teixeira
  • Ainda temos a imensidão da noite, filme de ficção do diretor Gustavo Galvão; e
  • Mito e Música – A mensagem de Fernando Pessoa, dos diretores Rama de Oliveira e André Luiz Oliveira.

Curtas:

  • Claudia e o crocodilo, animação de Raquel Piantino
  • #SomosAmazônia, documentário do diretor João Inácio
  • O véu de Amani, filme de ficção da diretora Renata Diniz
  • A terra em que pisar, filme de ficção com direção de Fáuston da Silva
  • Escola sem sentido, ficção de Thiago Foresti
  • Ambulatório, documentário com direção de Júlia de Lannoy
  • Encanto feminino, ficção da diretora Fabíola de Andrade; e
  • Luis Humberto: o olhar possível, documentário dos diretores Mariana Costa e Rafael Lobo.
Ver mais

Cultura

Inscrições para Mostra Sesc de Artes Cênicas no DF terminam nesta sexta

Publicado

dia

Serão selecionados 16 espetáculos. Categorias contempladas são teatro, dança e circo.

Mostra Sesc de Artes Cênicas contempla as categorias de teatro, dança e circo. — Foto: Divulgação

Companhias artísticas do Distrito Federal tem até esta sexta-feira (25) para se inscreverem na Mostra Sesc de Artes Cênicas. As categorias contempladas são: teatro, dança e circo. Serão selecionados 16 espetáculos.

A ficha de inscrição está disponível no site do Sesc-DF. A escolha dos projetos e a definição dos destaques será feita por um grupo de curadores formados por técnicos de cultura do Sesc.

As apresentações serão de 19 a 24 de novembro, às 20h, nas seguintes unidades:

  • 913 Sul
  • Taguatinga Norte
  • Gama
  • Ceilândia
  • Setor Comercial Sul

Os selecionados ganharão troféu de reconhecimento, além de receberem o pagamento de cachê no valor de R$ 3,5 mil por espetáculo.

Segundo o assistente da Coordenação de Cultura do Sesc-DF, Ivaldo Gadelha, a mostra é um projeto estratégico para a difusão da produção local. “Esta é uma mostra de caráter não competitivo que possibilita compartilhamento de saberes e fruição estética entre artistas da comunidade de Brasília e do Entorno”, afirma.

Também serão realizadas oficinas formativas no Teatro Sesc Silvio Barbato e na unidade do Setor Comercial Sul (Presidente Dutra).

Programe-se

Mostra Sesc de Artes Cênicas

  • Inscrições: até 25 de outubro pelo site
  • Anúncio dos selecionados: início de novembro
  • Apresentações gratuitas: de 19 até 24 de novembro
  • Hora: 20h
  • Locais: Sesc 913 Sul, Taguatinga Norte, Gama, Ceilândia e Presidente Dutra (Setor Comercial Sul)
Ver mais

Disponível nosso App

Publicidade

Escolha o assunto

Publicidade