Nossa rede

Aconteceu

Corpo de homem é encontrado carbonizado após incêndio em São Sebastião

Publicado

dia

Antenor Vieira da Costa, 26 anos, morreu após chamas atingirem o quarto onde estava. Corpo de Bombeiros foi acionado, mas encontrou rapaz sem vida

(foto: Divulgação/CBMDF)

Um homem, identificado como Antenor Vieira da Costa, 26 anos, morreu carbonizado em um incêndio, no Núcleo Rural Capão Comprido, em São Sebastião. O fogo atingiu a casa onde Antenor estava na madrugada desta segunda feira (20/4).

O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) foi acionado e, ao chegar no local, os militares constataram que o incêndio já havia sido extinto. As equipes realizaram buscas pelos três cômodos da residência e foi observado que apenas o quarto onde estava a vítima havia sido atingido pelas chamas. Antenor já estava sem vida.

(foto: Divulgação/CBMDF)

Os Bombeiros atenderam a ocorrência com quatro viaturas e vinte militares. O local ficou aos cuidados da Polícia Militar do DF (PMDF). A Polícia Civil (PCDF) e a perícia de incêndio do CBMDF foram acionadas. Até a publicação desta matéria, não havia informações sobre a causa do incêndio.

(foto: Divulgação/CBMDF)

(foto: Divulgação/CBMDF)

Clique para comentar

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Aconteceu

Ônibus cai de ponte e deixa ao menos 10 mortos e 30 feridos em MG

Publicado

dia

O transporte de viagem caiu de ponte de uma altura de 15 metros, de acordo com a PRF

(crédito: Reprodução)

Um grave acidente mobiliza o Corpo de Bombeiros, na tarde desta sexta-feira (4/12), na BR-381, em João Monlevade (MG). De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), pelo menos 10 pessoas morreram e 30 ficaram feridas.

Segundo as primeiras informações do Corpo de Bombeiros, o ônibus caiu de uma ponte, próximo à entrada de Dom Silvério. A queda foi de aproximadamente 15 metros.

Segundo os bombeiros, há uma grande dificuldade na área médica regional (Monlevade e Nova Era) para suportar a quantidade e gravidade das vítimas.

 

 

Ver mais

Aconteceu

Dois caminhões batem, motorista morre e carga cai sobre pedestre

Publicado

dia

De acordo com os bombeiros, um dos veículos tombou deixando o condutor preso às ferragens. A carga de areia caiu sobre um pedestre e ele foi transportado ao hospital

(crédito: Divulgação/ CBMDF)

A colisão entre dois caminhões deixou o motorista de um deles morto e feriu uma pedestre. Os fatos aconteceram na manhã desta sexta-feira (4/12), na DF-150, na região da Fercal, em Sobradinho. O veículo atingiu um poste da rede de iluminação pública e o condutor Valdir da Silva Ramos, idade não informada, acabou preso às ferragens. O motorista do outro caminhão Irapuã Barreto não sofreu ferimentos.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), os dois caminhões seguiam no mesmo sentido da via, saindo de Sobradinho II para a Fercal. Com a colisão, a carga de areia de um deles caiu sobre um pedestre, Valdemiro Vieira da Costa, 62 anos, que foi atendido e transportado pelo CBMDF ao Hospital Regional de Sobradinho (HRS), consciente, estável, orientado e com provável fratura no tornozelo direito. Após um exaustivo e minucioso trabalho de desencarceramento, o corpo de bombeiros conseguiram liberar o corpo do motorista Valdir as 11h, momento em que o socorro foi desmobilizado.

A pista ficou interditada nos dois sentidos para a coleta de evidência sobre as causas da colisão e foi liberada por volta das 11h. A Administração Regional da Fercal prestou apoio às equipes com um trator para remover a carga e liberar a via, além de fornecer água para as guarnições. Servidores da Companhia Energética de Brasília (CEB) foram chamados para reestabelecer o fornecimento de luz na região.

Ver mais

Aconteceu

Polícia prende traficante que agia em hotel de luxo no DF

Publicado

dia

De acordo com a polícia, o suspeito vendia as drogas para consumidores de alto poder aquisitivo. Ele tinha um mandado de prisão em aberto por tráfico

(crédito: PCDF/Divulgação)

Um homem suspeito de ser traficante acabou preso em flagrante por venda de drogas como cocaína e metanfetamina para consumidores de alto poder aquisitivo, no Setor Hoteleiro Norte. O suspeito era monitorado havia cerca de 10 dias por agentes da 5ª Delegacia de Polícia (Área Central) que realizaram, nesta sexta-feira (4/12), a Operação Breaking Bad.

Investigadores passaram a monitorar o homem, de 30 anos, após uma denúncia anônima. Durante a apuração do caso, descobriu-se que o acusado já era procurado tráfico de drogas.

Com a qualificação do envolvido, os policiais passaram a vigiar a atuação dele. O suspeito vivia em um hotel de luxo do Setor Hoteleiro Norte, onde também realizava a comercialização de cocaína, ecstasy e metanfetamina, cujo apelido entre os usuários é “cristal”.

Nesta sexta-feira, agentes realizaram campana em frente ao quarto de hotel do suspeito. Eles flagraram um usuário no local e o abordaram. Quando o investigado abriu a porta para receber o cliente, foi detido pelos agentes.

No quarto, um outro usuário estava com o traficante. Policiais apreenderam porções das drogas, além de tubos de ensaio para uso de cristal, seringas com elásticos e um tubo com uma outra substância, inicialmente identificada como “GHB”, além de R$ 300 e várias embalagens para a venda.

 

Ver mais

Aconteceu

Polícia prende 9 suspeitos de assalto a banco em Criciúma

Publicado

dia

Oito homens e uma mulher foram localizados em diferentes cidades. Polícia investiga relação entre suspeitos para saber se todos participaram do crime em Santa Catarina

Objetos apreendidos com uma das suspeitas de participar da logística do crime em Criciúma – (crédito: Polícia Civil/divulgação)

A Polícia Civil anunciou a prisão de nove suspeitos envolvidos no crime que aterrorizou a cidade de Criciúma (SC), na madrugada da última terça-feira (1º/12). Três prisões foram feitas na manhã desta quinta-feira (3), sendo duas na cidade de Gramado, pela Polícia Civil. Outro suspeito foi detido pelo Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) da Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) e da Brigada Militar, em uma propriedade entre Morrinhos do Sul e Três Cachoeiras, Santa Catarina.

Na quarta (2), cinco suspeitos já haviam sido detidos pela Polícia Rodoviária Federal. Desses, três foram encontrados na BR 101, em Passos de Torres (SC), e os outros dois foram abordados na BR 116, em São Leopoldo (RS). Também foi presa uma mulher, em São Paulo (SP), com munições de fuzil e detonadores de explosivos. Agentes do 25° Distrito Policial receberam uma denúncia e foram em busca da suspeita. A polícia investiga o caso para estabelecer relações com o assalto em Criciúma.

Prisão em Morrinhos do Sul

O suspeito encontrado pelo Bope em propriedade localizada entre Morrinhos do Sul (RS) e Três Cachoeiras (RS) foi preso por volta das 5h desta quinta-feira. Os policiais chegaram à residência após informações enviadas pela inteligência na noite anterior. A polícia acredita que o local onde foi feita a prisão teria sido usado como transição para a fuga dos assaltantes. Testemunhas ouvidas pela polícia disseram que a casa havia sido alugada há cerca de um mês por meio de aplicativo.

Foram encontradas roupas com sangue, munições de fuzil, celulares, chips de celular, tinta, acionador de explosivos e um furgão.

O vice-governador do Rio Grande do Sul (RS), Ranolfo Vieira Júnior, afirmou que o preso é natural de São Paulo e foi pago para destruir as provas encontradas no local da prisão.

Prisão em Gramado

A Polícia Civil cumpriu um mandado de busca e apreensão em uma casa localizada em Gramado (RS). Na operação, a polícia prendeu um suspeito natural de Minas Gerais (MG). A identidade do suspeito está sendo confirmada e a polícia acredita que o mesmo tenha ligação com facções criminosas. A casa também foi alugada por aplicativo.

Na mesma ação, os policiais prenderam outro suspeito enquanto faziam o perímetro da área. O homem havia tentado fugir pela mata. Não há informações sobre a identidade do suspeito.

Prisão na BR 101

Três suspeitos foram detidos na tarde de quarta-feira, na BR 101, entre Torres (RS) e Passos de Torres (SC). Os três homens foram levados até a delegacia de Araranguá, próxima a Criciúma. Os suspeitos carregavam R$ 49 mil. Testemunhas afirmam que um dos homens participou do aluguel da casa em Morrinhos do Sul. A investigação está sendo conduzida pelas autoridades catarinenses.

Prisão na BR 116

Dois presos foram detidos na BR 116, em São Leopoldo, região metropolitana de Porto Alegre. A prisão foi realizada pela Polícia Rodoviária Federal após a parada de um veículo HB20. Os homens foram transferidos para o Departamento Estadual de Investigações Criminais da Polícia Civil, em Porto Alegre.
Foi dito que os suspeitos têm 30 e 44 anos e são naturais de São Paulo. Além disso, eles carregavam a quantia de R$ 8,1 mil. Os suspeitos recorreram a advogados e decidiram permanecer em silêncio.

Prisão em São Paulo

Após uma denúncia, a Polícia Civil de São Paulo prendeu, na quarta-feira, uma mulher de 31 anos, no bairro Jardim Reimberg, em São Paulo. Com ela foram encontradas pequenas malas com dinheiro do Banco do Brasil, munições de armas e rádios. A polícia investiga se ela atuou na logística do crime. O marido da mulher é suspeito de outros assaltos a bancos.

 

Ver mais

Aconteceu

Procon lacra estabelecimento por venda de produtos vencidos em Planaltina

Publicado

dia

Durante operação em conjunto com a Polícia Civil, também foi desarticulada a venda ilegal de cigarros em Sobradinho, Ceilândia, Planaltina e Santa Maria. Cinco pessoas foram presas

(crédito: Divulgação )

Uma operação da Polícia Civil, em conjunto com o Instituto de Defesa do Consumidor (Procon), interditou uma loja de bebidas em Planaltina na tarde desta terça-feira (1ª/12). Na ação, fiscais do Procon encontraram vários de produtos vencidos colocados à venda, como bebidas e alimentos em geral.

A comercialização de produtos com prazo de validade vencido, portanto, impróprios ao consumo, é uma irregularidade tipificada como crime contra as relações de consumo por causar danos e lesão à saúde dos consumidores. O estabelecimento foi fechado por tempo indeterminado.

Durante a operação Bronquíolo, que visa coibir a venda ilegal de cigarros não permitidos, investigadores da fiscalizaram 20 estabelecimentos comerciais em Sobradinho, Ceilândia, Planaltina e Santa Maria. A ação resultou na prisão em flagrante de cinco pessoas pelo crime de contrabando, cuja pena é de reclusão de 2 a 5 anos.

Os autuados foram recolhidos à carceragem da PCDF, já que o crime de contrabando não é afiançável na esfera policial.

Ver mais

Aconteceu

Polícia de SP prende mulher suspeita de participação em assalto a agência bancária de Criciúma

Publicado

dia

Auxiliar de limpeza tinha malotes do Banco do Brasil, banco alvo dos criminosos em Santa Catarina. Com ela foram apreendidas munições de fuzis, armas, rádio-comunicadores e drogas. Presa é investigada por organização logística de assaltos como o de Criciúma

Munição de fuzil apreendida com suspeita de participação do assalto em SC — Foto: Polícia Civil/Divulgação

A Polícia Civil de São Paulo prendeu nesta quarta-feira (2) uma auxiliar de limpeza de 31 anos suspeita de participação no mega-assalto a uma agência bancária em Criciúma (SC) na madrugada de terça-feira (1).

Ela foi localizada, após uma denúncia, no Jardim Reimberg, Zona Sul da capital paulista. Com a mulher os policiais encontraram malotes de dinheiro do Banco do Brasil, que serão periciados.

A suspeita é que a mulher atue na organização logística de assaltos como o que ocorreu em Criciúma, transportando munição, celulares e dando apoio operacional à quadrilha. Ela é casada com um homem que também é suspeito de ter participado de vários assaltos a banco no país.

Com a mulher foram apreendidos munições de fuzil 7.62mm, rádios transmissões, malotes bancários do Banco do Brasil vazios e armas de fogo de uso proibido. Ela foi presa em flagrante por porte ilegal de armas e tráfico de drogas.

Celulares, armas e um carro foram localizados com a suspeita de participar da logística do crime — Foto: Polícia Civil/divulgação

Celulares, armas e um carro foram localizados com a suspeita de participar da logística do crime — Foto: Polícia Civil/divulgação.

Investigação

Segundo o boletim de ocorrência registrado no 25º Distrito Policial (Parelheiros), os investigadores chegaram até a mulher após receberam denúncias de que uma pessoa envolvida no crime em Criciúma estaria escondida na Zona Sul de São Paulo.

No local da prisão da suspeita, os policiais também encontraram seis tijolos de cocaína, dez telefones celulares e uma caixa contendo espoletas de acionamento de explosivos.

Um carro Fox vermelho também foi apreendido. A polícia apura se o veículo foi utilizado na fuga dos criminosos do assalto em Santa Catarina.

A investigação está sendo conduzida pela 6ª Seccional da Polícia Civil, na Zona Sul de São Paulo.

Mega-assalto

O mega-assalto ocorreu no início da madrugada de terça-feira (1º), quando uma quadrilha sitiou o Centro de Criciúma, no Sul de Santa Catarina, para assaltar um banco . O grupo fortemente armado invadiu a tesouraria regional de um banco, provocou incêndios, bloqueou ruas e acessos à cidade, usou reféns como escudos e atirou várias vezes.

A polícia encontrou 10 carros utilizados pelos criminosos. Os veículos estavam em um milharal em Nova Veneza, cidade vizinha, e eram de “alta potência e grande valor comercial”, segundo o delegado Vitor Bianco.

Resumo:

  • Cerca de 30 pessoas encapuzadas assaltaram uma agência do Banco do Brasil no Centro de Criciúma às 23h50 de segunda-feira (30). A ação durou 1 hora e 45 minutos.
  • Pessoas foram feitas reféns e cercadas por criminosos; houve bloqueios e barreiras para conter a chegada da polícia.
  • Um PM e um vigilante ficaram feridos. Ninguém morreu. O PM precisou passar por três cirurgias.
  • Criminosos fugiram, e parte do dinheiro ficou espalhada pelas ruas. Valor levado e abandonado não foi informado.
  • Quatro moradores foram detidos após recolherem R$ 810 mil que ficaram jogados no chão devido a explosão durante o assalto.
  • Criminosos também deixaram 30 quilos de explosivos para trás. Polícia não sabe o total utilizado.
  • 10 carros usados no assalto foram apreendidos em um milharal de uma propriedade privada em Nova Veneza, a noroeste de Criciúma.
  • A PM acredita, baseada em manchas de sangue encontradas nesses veículos, que pelo menos dois criminosos tenham se ferido.
  • Em nota, o Banco do Brasil disse que funcionários não foram feridos, que não há previsão para reabertura da agência e que não informa “valores subtraídos durante ataque às suas dependências”.
Ver mais

Hoje é

sábado, 5 de dezembro de 2020

Publicidade

Disponível nosso App

Publicidade

Escolha o assunto

Publicidade

Viu isso?