Nossa rede

Aconteceu

DF registra 13 ocorrências de ataques de abelhas nesta sexta-feira (1°)

Publicado

dia

Os moradores acionaram o Corpo de Bombeiros, mas nenhuma pessoa ficou ferida. Na área rural do Paranoá, um cachorro morreu

Moradores e animais domésticos foram picados pelos insetos
(foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)

O Corpo de Bombeiros do Distrito Federal (CBMDF) registrou, nesta sexta-feira (1°/11), 13 ocorrências envolvendo ataques de abelhas em diversos pontos da capital. A corporação não soube informar o número de pessoas atingidas pelo inseto, mas nenhuma delas ficou em estado grave.
Em um condomínio no Jardim Botânico, um enxame de grande proporção atacou os moradores e alguns animais domésticos. O mesmo se repetiu em Planaltina, em uma casa próxima ao Restaurante Comunitário, na Via WL 1. No Sudoeste, operários trabalhavam na construção de uma escola, no momento em que foram atingidos pelas abelhas. Na área rural do Paranoá, um cachorro morreu pela picada.
Militares do CBMDF foram acionados pelos moradores. Segundo o capitão Wilson Souza Mendes, a corporação segue alguns protocolos de atendimento nesses casos. “As abelhas que estão ferroando, a gente tenta espantar. O primeiro passo é encontrar a abelha-rainha e capturá-la, para saber onde está a colmeia”, explica. Para conter os insetos, o Corpo de Bombeiros utiliza o dióxido de carbono CO%u2082, capaz de congelar as abelhas.

De acordo com ele, a orientação é de que, caso seja perseguido por um enxame, corra no sentido zigue-zague, para dispersar os insetos. “É importante também cobrir o rosto, pois essas regiões, caso seja picada, pode levar até a morte”, ressalta.

Fique atento

Caso seja picado pelo inseto, o primeiro passo deve ser higienizar a região com sabão e colocar gelo ou pomada anti-inflamatória, é o que afirma o dermatologista do Hospital Universitário de Brasília (HUB) Alessandro Guedes. “Para quem é alérgico, o risco é maior. Nesse caso, deve-se procurar atendimento médico urgente, pois há a possibilidade de gerar uma infecção”, destaca. Segundo o especialista, uma ferroada pode ter as mais variadas reações, como alergia na pele, vergões vermelhos, inchaço nos lábios e olhos e até problemas respiratórios.
Comentário

Aconteceu

Após morte de ex-diretor, CEF 410 Norte inicia aulas com pais apreensivos

Publicado

dia

Laudo da Polícia Civil indica que o professor Odailton Charles de Albuquerque Silva, 50 anos, possa ter sido envenenado na escola

Preocupados, dezenas de pais acompanharam os filhos no volta às aulas e permaneceram em frente à unidade até ter um pronunciamento
(foto: Walder Galvao/CB/D.A Press)

Centenas de alunos do Centro de Ensino Fundamental (CEF) 410 da Asa Norte voltaram às aulas na manhã desta segunda-feira (10/2). O ex-diretor da unidade de ensino Odailton Charles de Albuquerque Silva, 50 anos, morreu após ter sido envenenado. A Polícia Civil investiga se o crime aconteceu dentro da escola e se foi cometido por um colega de trabalho da vítima.

O clima na unidade de ensino é de apreensão. Preocupados, dezenas de pais acompanharam os filhos no volta às aulas e permaneceram em frente à unidade até ter um pronunciamento. Às aulas estavam marcadas para começar às 7h30 e às 7h45 um funcionário da escola anunciou que os responsáveis poderiam entrar junto com os filhos.

Por volta das 8h, os pais começaram a deixar a unidade e as aulas tiveram início. Um dos pais, que preferiu não identificar, reclamou que faltam informações. “Não sabemos se a escola passou por alguma vistoria. Até agora, não tivemos nenhuma reunião para tratar do assunto. A verdadeira preocupação precisa ser com as crianças”, afirmou.

 

 

Ver mais

Aconteceu

Polícia Civil prende grupo especializado em furto de carros no DF e Entorno

Publicado

dia

A Coordenação de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Corpatri) cumpriu mandados de prisão e de busca e apreensão no Gama, Santa Maria, Novo Gama, Valparaíso de Goiás e Luziânia

De acordo com as investigações, o grupo é responsável pela subtração de pelo menos 35 veículos em um período de aproximadamente um ano
(foto: Divulgação/PCDF)

A Polícia Civil prendeu um grupo acusado de integrar uma organização criminosa especializada em furto de veículos, adulteração de sinais identificadores, desmonte de venda. Na manhã desta segunda-feira (10/2), a Coordenação de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Corpatri) cumpriu mandados de prisão e de busca e apreensão no Gama, Santa Maria, Novo Gama, Valparaíso de Goiás e Luziânia.

De acordo com as investigações, o grupo é responsável pela subtração de pelo menos 35 veículos em um período de aproximadamente um ano. Os furtos aconteciam em diversas regiões do DF e, em seguida, eram levados para os municípios do Entorno. Lá, a quadrilha adulterava os sinais identificadores e comercializavam os carros e peças.
As investigações possibilitaram a identificação de pelo menos oito integrantes da organização criminosa, com idades entre 21 e 56 anos. Cada um desempenhava uma ou várias tarefas no esquema. Os suspeitos têm antecedentes criminais por crimes contra o patrimônio, como: furto, receptação, roubo e adulteração de veículos, além de associação criminosa.
Ver mais

Aconteceu

Acidente de trânsito deixa quatro pessoas feridas na BR-080

Publicado

dia

Dois veículos bateram de frente na rodovia, próximo a Brazlândia, deixando três mulheres e um homem feridos

Após a colisão, um dos carros parou no canteiro da rodovia e o outro em uma das faixas da da via, que precisou ser bloqueada
(foto: Divulgação/CBMDF)

Um acidente de trânsito deixou quatro pessoas feridas na BR-080, na manhã desta segunda-feira (10/2). Dois veículos bateram de frente na rodovia, próximo a Brazlândia. As vítimas, entre elas três mulheres e um homem, foram atendidas pelo Corpo de Bombeiros no local.
A condutora do Fiat Pálio vermelho, 22 anos, foi transportada pela corporação para o Hospital Regional de Ceilândia (HRC), com suspeita de fratura no braço direito. Ela estava sozinha no veículo.
No Fiat Pálio Weekend cinza estavam três pessoas. O condutor, 51, e um passageira, 45, precisaram ser transportados pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A terceira ocupante do veículo, 28, foi encaminhada para o HRC, com suspeita de fratura na perna esquerda. Todas as vítimas estavam conscientes, orientadas e estáveis.
Após a colisão, um dos carros parou no canteiro da rodovia e o outro em uma das faixas da da via, que precisou ser bloqueada. O Corpo de Bombeiros sinalizou a rodovia e criou um desvio para a passagem dos veículos pelo acostamento. A via ficou ao cuidados da Polícia Rodoviária Federal (PRF).
Ver mais

Disponível nosso App

Publicidade

Escolha o assunto

Publicidade