Nossa rede

Aconteceu

Polícia investiga causas de acidente na BR-080, que matou cinco pessoas

Publicado

dia

Acidente entre Palio e Classic, perto de Padre Bernardo, resulta na morte de dois adultos e três crianças. Uma das vítimas estava grávida de sete meses. Embriaguez ao volante, falta de cadeirinha infantil e ultrapassagem desatenta podem ter motivado tragédia 

O Classic prata envolvido no acidente ficou irreconhecível após o impacto: tragédia ao sair de uma festa realizada em chácara de Taboquinha
(foto: Augusto Fernandes/Esp. CB/D.A Press)

A Polícia Civil de Goiás investiga se a batida frontal entre dois carros na BR-080, que terminou com cinco mortos, resultou de um acidente ou de um crime de homicídio culposo (sem intenção de matar). A ocorrência, registrada na Central de Flagrantes de Águas Lindas (GO), será remetida à delegacia de Padre Bernardo (GO). O acidente entre um Palio e um Classic aconteceu na madrugada de ontem, na BR-080, na altura do Km 20, na região conhecida como Taboquinha. Para a Polícia Rodoviária Federal (PRF), embriaguez ao volante, falta de cadeirinha para crianças e ultrapassagem desatenta podem ter motivado a batida.

O acidente destruiu duas famílias, ambas de Ceilândia. No Palio, o motorista Bruno dos Santos Silva, 31 anos, e a mulher, Renata Rocha dos Santos, 25, morreram na hora. Ela estava grávida de sete meses. Além deles, perderam a vida dois filhos do casal: Stefany Vitoria Rocha Silva, 3, e Mikael Rocha Silva, 5. A criança mais velha, de 7, sobreviveu. Ela está internada no Hospital de Base do DF com suspeita de ter quebrado as duas pernas.

No Classic, seguiam o condutor José Adriano Ribeiro Lemos, 36, e a companheira, Cristina Xavier do Nascimento, 40. No banco de trás, havia duas sobrinhas. Uma delas, Marina Gabriella de Oliveira Xavier, 9, não resistiu. A outra, identificada como Manoela Sofia Xavier, 5, foi lançada para fora do veículo e está internada no Hospital de Base do DF, assim como Cristina. Ontem à tarde, ela passava por cirurgia. José Adriano segue no Hospital Regional de Taguatinga (HRT).

 

A família do Classic saía de uma festa na chácara do casal, em Taboquinha. Policial militar e amigo de José Adriano, Genésio Machado, 44, não acredita que ele tenha responsabilidade no acidente. “Ele dirige muito bem, até porque transporta estudantes como motorista de van escolar. Nunca colocava as pessoas que estavam com ele em risco. No acidente, ele não invadiu a pista contrária”, ressaltou. Professora da Escola Classe 511 de Samambaia, Cristina dá aulas de alfabetização para o 1º ano do ensino fundamental. “Todos na escola estão sabendo da notícia e orando para que ela se recupere o quanto antes”, ressaltou o professor Francisco das Chagas Viana, 40, amigo de Cristina.

Segundo o delegado plantonista da Central de Flagrantes de Águas Lindas Ricardo Pereira, a ocorrência foi registrada como acidente de trânsito, mas apenas o investigador de Padre Bernardo (GO) poderá constatar se há crime vinculado. “Como resultou em morte, pode ser considerado um homicídio culposo de trânsito, mas só a investigação poderá desvendar isso e saber as circunstâncias do caso”, ressaltou.
Ricardo reforçou que, no homicídio culposo, poderão estar vinculadas as hipóteses de imprudência, negligência ou imperícia do motorista. “Quem fará essas análises será o delegado da área, que precisará confirmar outros elementos, como se os condutores estavam sob efeito de bebida alcoólica ou não”, explicou. Os corpos foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Formosa e liberados ontem. Até o fechamento desta edição, ainda não havia informações de velório e enterro.

Risco

Segundo a assessoria de Comunicação da PRF, o condutor do Palio trafegava em direção ao DF, quando fez uma ultrapassagem em local permitido. A corporação acrescentou que, de acordo com uma testemunha, o motorista estaria em um bar antes da batida. A equipe de socorro também constatou que o motorista do Classic aparentava sinais de ter bebido. “Nesse acidente, temos a embriaguez ao volante e o transporte de crianças sem o dispositivo de segurança, infrações que sempre ressaltamos nas saídas e retornos de feriados. Se elas estivessem em acento de elevação, o desfecho poderia ser outro”, ressaltou a chefe de Comunicação da PRF, Tatiane Kawamura.

Nas redes sociais, internautas ressaltaram que a BR-080 é perigosa, com pouco respeito ao limite de velocidade de 60km/h. Um comentário no Facebook aponta que o trecho do acidente é mal sinalizado, não tem acostamento e há muito movimento de carretas, que usam a rodovia para acessar a Belém—Brasília. “Por ali, tem muita imprudência, que, na minha opinião, é a maior causa de acidentes. Tem gente que quer andar a 200km/h, tem outros que querem andar a 30, 40km/h. Os que andam muito querem ultrapassar, os que andam pouco dificultam ultrapassar”, escreveu.

Tatiane Kawamura reconheceu que o ponto da batida dificulta a fiscalização, pois a responsabilidade pela região é o mesmo posto da PRF em Ceilândia. “Por isso, não é sempre que os policiais conseguem se deslocar até a BR-080”, alegou. Segundo ela, em relação à velocidade, só há como constatar por radar. “Tem um radar móvel no posto da BR-070, que os policiais têm a flexibilidade de levá-lo. Não há como fazer notificação por velocidade sem o aparelho”, disse. Sobre a ausência de acostamento, a chefe de Comunicação da corporação comentou que a solicitação precisa ser feita ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

 

» As vítimas

 

Renata Rocha Santos

Tinha 25 anos

Era casada com Bruno Silva

Estava grávida e tinha outros três filhos, de 3, 5 e 7 anos

Morava em Ceilândia

 

 

Bruno dos Santos Silva

Tinha 31 anos

Era casado com Renata Rocha

Tinha três filhos, de 3, 5 e 7 anos, e a mulher estava grávida

Era natural de Santa Rita, na Paraíba, e morava em Ceilândia

 

Stefany Vitoria Rocha Silva 

Tinha 3 anos

Era filha de Renata e Bruno

 

Mikael Rocha Silva

Tinha 5 anos

Era filho de Renata e Bruno

 

Marina Gabriella de Oliveira Xavier

Tinha 9 anos

Filha de Diêgo Ródiney Paes de Oliveira e Andreia do

Nascimento Xavier.

Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Comentar

Aconteceu

Funcionário do Hospital de Campanha do Gama é preso por furto de morfina

Publicado

dia

Por

Integrantes da equipe da unidade de saúde informaram caso à Polícia Militar, e um dos denunciantes mostrou filmagens que comprovaram o delito. O suspeito, que trabalhava no hospital de campanha, confessou o crime à PM

Imagens registradas pelas câmeras de segurança do local atestaram o furto – (crédito: PMDF/Divulgação)

Um homem foi preso nesta quinta-feira (16/9), acusado de furtar diversas ampolas de morfina do Hospital de Campanha do Gama. As informações sobre a ação chegou à Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) por parte da equipe da unidade de saúde. No local, um dos denunciantes mostrou filmagens que comprovaram o delito, cometido por um dos funcionários.

Em contato com os militares, o suspeito confessou o crime. Ele disse que, ao perceber a presença da PMDF, descartou as ampolas do medicamento no vaso sanitário. Porém, com auxílio dos funcionários do hospital, foi possível recuperar os insumos. O homem e o material furtado foram levados à delegacia, para registro de ocorrência.

Em 8 de abril, a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) prendeu um casal que aplicava golpes em farmácias para obter comprimidos de tarja preta, como a morfina. A 35ª Delegacia de Polícia (Sobradinho 2) chegou à dupla após um acidente de trânsito com vítima, na DF-420, via próxima à região.

 

Ver mais

Aconteceu

Três pessoas são socorridas após ataque de abelhas na 309 Sul

Publicado

dia

Por

Entre as três vítimas atendidas pelo Corpo de Bombeiros, um jovem de 27 anos levou cerca de 30 ferroadas. Devido a uma reação alérgica, ele precisou ser hospitalizado

Bombeiros atenderam ocorrência nesta quinta-feira (16/9), entre os blocos E e G da quadra – (crédito: CBMDF/Divulgação)

Três pessoas precisaram de socorro após serem picadas por um enxame de abelhas, nesta quinta-feira (16/9), na 309 Sul. As vítimas estavam entre os blocos E e G quando sofreram o ataque. Ao chegarem, as equipes do Corpo de Bombeiros Militar (CBMDF) encontraram favos de mel no asfalto e outros pedaços caídos perto da árvore onde estava a colmeia. No local, havia uma grande quantidade de abelhas.

Uma das vítimas é um jovem identificado apenas como Lucas, 27 anos. Ele recebeu, aproximadamente, 30 ferroadas dos insetos e, devido a uma reação alérgica, precisou ser hospitalizado. No entanto, no momento do atendimento, ele estava consciente, orientado e estável.

Seis dos 13 militares que atuaram na ocorrência também foram picados, mas nenhum precisou de socorros. O CBMDF informou não ser possível conseguir informações sobre o que causou a queda dos favos de mel nem o que pode ter atiçado as abelhas.

Ataque a cachorros

Em 13 de abril, um enxame de abelhas atacou vários de cães, em São Sebastião. Dois animais não resistiram às picadas e morreram antes de serem socorridos. Eles estavam em um abrigo para animais e outros três cães do local precisaram de internação, devido a complicações por causa das ferroadas. Outros dois pets de uma casa vizinha também se feriram.

A responsável pelo abrigo não estava no local na hora do ataque. Na manhã seguinte, ela foi alertada pela vizinha do que havia acontecido. Ao chegar ao endereço, ela encontrou os animais desmaiados e várias abelhas mortas pelo chão. Um dos cachorros ficou com sequelas neurológicas. Depois, constatou-se que se tratava de um enxame migratório.

Dois meses antes, um caso parecido aconteceu na Asa Norte. Na tarde de 2 de fevereiro, o Corpo de Bombeiros foi chamado ao Bloco K da Quadra 716 para socorrer um grupo de moradores e animais picados por abelhas.

Os insetos estavam alojados na cobertura do edifício, entre o telhado e uma manta de isolamento. Testemunhas afirmaram aos bombeiros que a reforma em um dos apartamentos não invadido pelas abelhas teria provocado agitação entre elas, o que, possivelmente, motivou o ataque. As abelhas invadiram três apartamentos do terceiro andar do prédio, que foram isolados pelos bombeiros.

Ver mais

Aconteceu

Incêndio atinge área de cachoeira, ponto turístico de Pirenópolis (GO)

Publicado

dia

Por

As chamas começaram no domingo (12/9) e foram controladas nessa terça-feira (14/9) pelo Corpo de Bombeiros. Não se sabe o que provocou o incêndio nem o tamanho da área devastada

Bombeiros de Goiás avaliam o dano provocado – (crédito: CBMGO/Divulgação)

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás (CBMGO) atendeu a ocorrência de um incêndio próximo a cachoeira Rota dos Dragões em Pirenópolis. O fogo, que não se sabe ainda a origem, começou no domingo (12/9), mas foi controlado nessa terça-feira (14/9). Segundo a CBMGO, não foi preciso fazer bloqueio aos pontos turísticos da região.

Em nota, as Cachoeiras dos Dragões informou que o local está fechado para visitantes devido às queimadas provocadas na região e afirmou que os animais e a vegetação sofreram muito com o incêndio. “As chamas causaram prejuízos ao meio ambiente, o que é muito triste, porque é uma área muito rica em fauna e flora, mas não atingiu as estruturas construídas”, destacou o texto.

O fogo foi controlado com a ajuda de donos das casas da região. Não se sabe qual o total da área devastada. De acordo com a CBMGO, a maioria dos incêndios são causados por fogueiras ou são criminosos, causados por proprietários de áreas rurais. “Os donos costumam colocar fogo na vegetação para transformar a área em pastagem”, explicou.

Ver mais

Aconteceu

Criança vítima de afogamento no Paranoá é reanimada pelos Bombeiros

Publicado

dia

Por

Uma criança de 3 anos foi salva pelos bombeiros após se afogar e ter uma parada cardiorrespiratória na tarde desta terça-feira (14/9)

(crédito: CBMDF/Divulgação)

Uma criança de 3 anos precisou ser reanimada, nesta terça-feira (14/9), pelo Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) após se afogar em piscina e ter uma parada cardiorespiratória.

Segundo relatos dos familiares, o menino chegou a ficar entre 3 a 5 minutos submerso na piscina da família.

Ao chegar no local, os bombeiros imediatamente começaram o protocolo de reanimação cardiopulmonar. A criança, após os primeiros atendimentos, reagiu depois de cerca de cinco minutos e foi levada por uma viatura de resgate do CBMDF ao Hospital Regional do Paranoá.

O caso ocorreu no Condomínio Entre Lagos, do Paranoá. O CBMDF atendeu a ocorrência às 16h02 desta terça-feira (14/9), com uma viatura e três militares.

Ver mais

Aconteceu

Homem estupra filha de 7 anos quando ela dormia e diz que confundiu com mulher

Publicado

dia

Por

Ele alega que estava sob efeito de álcool e cocaína quando praticou o ato

(crédito: reprodução )

Um homem de 38 anos foi preso nesse sábado (11/9) suspeito de estuprar a própria filha, de 7 anos, no Bairro Paulo VI, Região Nordeste de Belo Horizonte.

Segundo a Polícia Militar, o crime foi denunciado pela mãe. Ela contou aos policiais que, na sexta-feira (10/9), deixou a vítima junto com a irmã mais velha na casa do pai, onde elas passariam o fim de semana.

No sábado de manhã, a mulher foi surpreendida com uma ligação da filha mais velha, que chorava muito e pedia para que a mãe fosse buscá-las. Questionada sobre o que havia acontecido, a menina disse que a irmã havia lhe contado que o pai abusou dela.

Segundo os relatos da criança, o suspeito tirou o short dela e cometeu o crime sexual.

A mulher então acionou a PM. Confrontado com os fatos relatados pelas meninas, o pai, a princípio, negou o crime. Depois, admitiu ter praticado os atos libidinosos sob efeito de álcool e cocaína.

O homem alegou que, entorpecido, confundiu a filha de 7 anos com uma mulher com quem havia saído na noite de sexta (10/9). Em dado momento, porém, ele diz ter recobrado a consciência e voltado a dormir.

O pai foi encaminhado à Delegacia de Plantão Especializada em Atendimento à Mulher, Criança, Adolescente e Vítimas de Intolerâncias (DEMID), no Centro da capital, e deve responder por estupro de vulnerável.

Estupro de vulnerável

O art. 217A do Código Penal define o crime de estupro de vulnerável: “ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 (catorze) anos”, ainda que a vítima afirme que houve consentimento. Conforme a legislação, nessa faixa etária, o adolescente ainda não tem a maturidade necessária para consentir.

O texto contempla vítimas maiores de 14 anos que, “por enfermidade ou deficiência mental, não têm o necessário discernimento para a prática do ato, ou que, por qualquer outra causa, não podem oferecer resistência”. Pessoas que estão dormindo ou alcoolizadas também estão incluídas neste grupo.

A pena para o crime varia de 8 a 15 anos de reclusão.

 

Ver mais

Aconteceu

Ao menos sete pessoas ficam feridas em acidente entre ônibus e caminhão

Publicado

dia

Por

Na manhã desta segunda-feira (13/9), um ônibus vindo da Bahia bateu na traseira de um caminhão na BR 060 e deixou, pelo menos, sete feridos

(crédito: CBMDF/Divulgação)

 

Um acidente entre um ônibus de viagem e um caminhão carregado de baterias resultou em sete pessoas feridas na manhã desta segunda-feira (13/9). Segundo o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) o ônibus teria batido na traseira do caminhão na BR 060, no KM 15, área de Goiás.

Devido à colisão, uma das faixas segue interditada. De acordo com a Polícia Federal Rodoviária, o ônibus tinha 43 passageiros e vinha de Luís Eduardo Magalhães, na Bahia, com destino a Goiânia, Goiás.

Ao todo, sete pessoas foram levadas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), CBMDF e Concessionária Triunfo. As vítimas foram encaminhadas para Anápolis (GO), Alexânia (GO), Gama e Ceilândia. Três, segundo a polícia, estavam em estado grave.

A PRF continua no local prestando atendimento.

Ver mais
Publicidade

Escolha o assunto

Publicidade
Publicidade

Viu isso?