Nossa rede

Aconteceu

Homem condenado por estuprar filha é preso após 20 anos foragido

Publicado

dia

O acusado foi condenado em 2002, mas estava foragido; policiais encontraram o homem em Minas Gerais. Ele abusava da própria filha quando a menina tinha 12 anos

(crédito: Divulgação/PCDF)

Em 2001 um homem foi denunciado por estuprar a própria filha, com 12 anos na época. Segundo a ocorrência, registrada na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), ele abusava sexualmente da menina, além de a constranger com carícias. A criança tinha ainda chupões por todo o corpo e relatou que sofria ameaças e agressões físicas. O acusado abusava da filha dentro do quarto e no interior do bar da família.

Após a denúncia, o caso foi investigado por policiais da DPCA e encaminhado ao judiciário, onde ocorreu o processo que resultou na sentença condenatória ao acusado de 20 anos e quatro meses de reclusão. Foi expedido mandado de prisão preventiva desde 2002, além de condenações por tentativa de homicídio, porte de arma de fogo em outros processos. No entanto, o procurado não se encontrava residindo mais no DF e foi dado como foragido.

Desde 2002, por meio da Operação “Pai maldito”, os policiais da DPCA investigavam o paradeiro do condenado na cidade de Unaí, em Minas Gerais. Após investigações locais, foi constatado que o homem estava em Uberaba, também no estado mineiro.

A equipe da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) foi até a cidade na madrugada da última segunda-feira (25/10) para capturar o foragido. Ele foi encaminhado para o DF, onde foi preso e cumprirá a sentença.

Aconteceu

Pedreiro morre após cair em uma obra e ter parada cardiorrespiratória

Publicado

dia

Por

Trabalhador chegou a ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros, mas morreu no local. Ele fazia o reboco na parte externa de uma casa, em Santa Maria, por volta das 9h

(crédito: Divulgação/CBMDF)

Um pedreiro de 53 anos, identificado como Elcione Pugas de Castro, morreu ao cair de umaobra, nesta sexta-feira (3/12), na região de Santa Maria. O homem fazia o reboco na parte externa de uma casa, próximo a fios de rede de alta tensão. O acidente ocorreu na Qr I 38 casa 1, Residencial Santos do Dumont.

De acordo com o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), pessoas que passavam no local não souberam relatar se o trabalhador desequilibrou e na queda atingiu os fios, ou se levou a descarga elétrica e por isso caiu. Quando a corporação chegou, por volta das 9h, o homem estava inconsciente.

 Elcione sofreu uma parada cardiorrespiratória. Os militares fizeram tentativas de reanimação por cerca de 40 minutos, mas ele não resistiu e morreu no local. O resgate aéreo com equipe médica também foi acionado. O CMBDF atendeu a ocorrência empenhando 2 viaturas e o helicóptero, totalizando 8 militares.

Acidentes

Em agosto, um homem identificado apenas como Maycom, 28 anos, caiu de uma altura de aproximadamente três metros. Ele trabalhava na construção de uma casa, no Conjunto 6 da QL 6 do Lago Sul. O acidente ocorreu por volta das 15h15.

 A equipe de socorro do 11º Grupamento de Bombeiro Militar (GBM), que fica na QI 11 do Lago Sul, conseguiu chegar rapidamente ao local. Segundo os militares, o homem estava caído no chão quando o resgate chegou.

Ainda dentro do canteiro de obra, Maycom tinha escoriações pelo corpo e um corte profundo na coxa esquerda. O trabalhador foi atendido e transportado pelo CBMDF ao Hospital de Base, consciente, orientado e estável, conforme afirmaram os bombeiros.

 

Ver mais

Aconteceu

Assassino de grávida, criança e idoso se entrega para a polícia

Publicado

dia

Por

Homem é acusado de matar três pessoas em Corumbá de Goiás, no último domingo (28/11). Na noite desta sexta-feira ele apareceu em outra fazenda e mulher o convenceu a se entregar

(crédito: Divulgação/PCGO)

Após cinco dia de buscas, Wanderson Mota Protácio, 21 anos, acusado de matar três pessoas em Corumbá de Goiás, se entrega a polícia na manhã deste sábado (4/12). Segundo relatos, o foragido apareceu durante a noite de sexta em outra fazenda da região de Gameleira, cidade onde eram concentradas parte das buscas, a 56km de Abadiânia. No local, a proprietária o convenceu a se entregar.

A mulher veio com o assassino até a área urbana da cidade por volta de 7h30. Após o criminoso se entregar, os dois foram trazidos para a 3ª Delegacia de Polícia de Anapólis.

O criminoso foi trazido para a 3ª DP de Anápolis após se entregar

O caso

No último domingo (28/11), Wanderson Mota Protácio, 21 anos, se tornou o principal suspeito de matar a namorada grávida de quatro meses e a enteada, de 2 anos e 9 meses a facadas, além de um fazendeiro, de 73 anos, com um tiro na cabeça, em Corumbá de Goiás. Desde então, o acusado era procurado pela polícia.

Outro crimes

Além do triplo homicídio, o fugitivo é acusado de tentar matar uma mulher a facadas, em 2019, em Goianópolis (GO). O processo tramita no Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) e a sentença ainda não foi decretada. Nos autos, consta que a tentativa de feminicídio aconteceu em 8 de dezembro de 2019, quando Wanderson chegou em casa sob efeito de drogas e álcool pela manhã.

Com uma faca em mãos, o caseiro obrigou a vítima a entrar em um dos quartos da residência com ele. Com a negativa, o agressor desferiu vários golpes contra as costas da mulher. A faca chegou a quebrar e, depois disso, Wanderson fugiu pulando os muros e se escondeu em uma casa próxima.

 

Ver mais

Aconteceu

Crime ambiental: PF indicia empresa grega por espalhar óleo pelo litoral

Publicado

dia

Por

Ao menos 5 mil toneladas de resíduos foram recolhidos em 1.009 localidades de 11 Estados, por mais de 3 mil km, incluindo cerca de 55 áreas de proteção marinhas

O óleo cru se espalhou por várias regiões nos meses seguintes (Diego Nigro/Reuters)

A Polícia Federal concluiu as investigações do crime ambiental que, em 2019, espalhou milhares de toneladas de óleo pelo litoral do País e indiciou a empresa grega Delta Tankers, dona do navio Bouboulina, apontado como o responsável. Foram indiciados ainda o comandante do navio, Konstantinos Panagiotakopoulos; e o chefe de máquinas à época, Pavlo Slyvka.

Segundo o inquérito, ambos embarcaram na Venezuela e desembarcaram só na Malásia, permanecendo no navio desde o carregamento do óleo até seu pretenso descarregamento no porto de destino.

A PF aponta que, se considerados apenas os gastos do governo na limpeza das praias e do mar, foram mais de R$ 188 milhões. Mas o custo ao País é muito maior se levar em conta os danos ao turismo, ao meio ambiente e às comunidades que dependem da pesca. As manchas surgiram em agosto de 2019 em diversas praias do Nordeste. O óleo cru se espalhou por várias regiões nos meses seguintes.

Nordeste-óleo- petróleo - praias - poluição - meio ambiente

Nordeste: costa litorânea foi tomada por manchas de óleos (Diego Nigro/Reuters)

De 30 de agosto de 2019 a 19 de março de 2020, data do último relatório do Ibama sobre o episódio, foram recolhidas pelos menos 5 mil toneladas de resíduos em 1.009 localidades de 11 Estados, por mais de 3 mil km, incluindo cerca de 55 áreas de proteção marinhas. “Parece-nos óbvio existirem fortes indícios de que o NM Bouboulin foi o navio envolvido com o vazamento”, afirma o delegado federal Franco Perazzoni, no relatório.

O Estadão não obteve resposta da Delta Tankers sobre o assunto até as 19h de ontem.

(AFP/AFP)

 

 

Ver mais

Aconteceu

Sergio Moro rebate acusações feitas por Jair Bolsonaro

Publicado

dia

“Todo mundo sabe quem é quem nessa história”, defendeu-se o presidenciável sobre as acusações feitas pelo presidente em live na rede social

O presidenciável e ex-juiz Sergio Moro (Podemos-PR) rebateu as acusações feitas pelo presidente Jair Bolsonaro na noite de quinta-feira (2), em sua tradicional transmissão semanal pelas redes sociais. O ex-ministro da Justiça reforçou a acusação de que o chefe do Executivo teria comemorado a saída do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva da prisão e defendeu, citando seu compromisso com a população brasileira, o restabelecimento da execução em segunda instância no País.

“Não quero entrar em briguinhas, ofender, mas todo mundo sabe quem é quem nessa história e quem defende as coisas certas”, disse Moro, em entrevista na manhã desta sexta-feira (3) à Rádio Jornal do Comércio do Recife. Ao ser chamado por Bolsonaro de mentiroso e sem caráter, o ex-juiz afirmou que não vai fazer acusações pessoais. Para ele, focar em xingamentos e não em programas políticos é “menosprezar a inteligência da população brasileira”.

Em tom pacificador e com foco em pregar a convergência entre os políticos, distanciando-se da postura de Bolsonaro, Moro diz que não quer transformar uma discussão sobre o País em brigas pessoais. “Não vamos agredir as pessoas, não vamos ofender as pessoas, por mais que a gente discorde delas.”

O ex-ministro manteve as acusações de que Bolsonaro teria comemorado a soltura de Lula e que um ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) teria conversado com ele, a mando de Bolsonaro, para que não se trabalhasse para a execução em segunda instância. Sem citar nomes, Moro afirmou que, se o ministro não tiver a intenção de mentir para defender o presidente, não irá negar o relato.

Além disso, ele também cobrou que se questione Bolsonaro sobre o episódio. “Pergunte hoje ao presidente se ele defende a aprovação da emenda constitucional que restabelece a execução em segunda instância e se o governo dele vai trabalhar para aprovar. Ou se ele vai de novo se omitir e comemorar quando criminosos são colocados na rua”, declarou Moro, que considera “absolutamente necessária” a aprovação de execução em segunda instância.

Barbosa

Em meio às especulações da construção de uma chapa para a Presidência da República em 2022, Moro admitiu ter procurado o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa. Segundo Moro, eles estão conversando, mas o ex-juiz ponderou que “ainda é muito cedo para essas questões de posições, de eventual candidatura”. Na visão de Moro, Barbosa é um “grande quadro brasileiro”. Ele disse ter procurado o jurista para ouvir suas ideias para o Brasil.

“Temos que trazer para esse projeto, seja para participar ativamente, ou seja para colaborar para o projeto, os melhores quadros do País”, declarou o ex-juiz, na entrevista. “Ele é uma grande figura da história brasileira, mas estamos ainda conversando”, despistando sobre uma provável chapa presidencial entre ambos.

“Acho que o ministro Joaquim Barbosa tem condições de ser o que ele quiser para o País, porque ele é um quadro de absoluta qualidade”, disse, tecendo elogios ao ex-ministro.

Questionado sobre seu posicionamento em um possível segundo turno entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o presidente Jair Bolsonaro nas eleições de 2022, Moro afirmou que o “eleitor vai ter outras alternativas”. “Não acredito que o futuro do Brasil seja tão trágico”, disse.

“O brasileiro não pode ser forçado a escolher entre um governo no qual houve os dois maiores casos de corrupção da história e que acabou em corrupção e o governo atual da ‘rachadinha’ e de nova recessão”, afirmou.

 

 

Ver mais

Aconteceu

Homem é morto por cortador de grama, e corpo é achado por filho de 10 anos

Publicado

dia

Por

Homem de 42 anos sofreu um acidente com o equipamento e foi tragado pelas lâminas na zona rural de Ressaquinha

(crédito: Reprodução/Google Street View)

Um garoto de apenas 10 anos encontrou o pai morto, preso à uma máquina de cortar capim, na última segunda-feira (29/11), na área rural de Ressaquinha, na Região do Campo das Vertentes. O equipamento estava parado e sozinho no meio do mato, fato que chamou a atenção do menino, que foi conferir o que estaria ocorrendo. Ao ver o pai inerte e sangrando, o menino correu até a casa e contou à mãe e parentes, que acionaram os bombeiros, por volta das 17h30.

Quando os militares chegaram ao local, na rodovia AMG-420, estrada que liga a cidade à Senhora dos Remédios, encontraram o corpo do homem de 42 anos dentro da máquina de cortar capim, tragado pelo cortador. Uma equipe médica compareceu ao local e confirmou o óbito.

Logo, o local estava lotado, com os vizinhos se aglomerando para ver a cena e também consolar a família. O corpo do homem foi sepultado na terça-feira, no Cemitério de Ressaquinha.

Ver mais

Aconteceu

Homem de 21 anos que desapareceu após show sertanejo é encontrado morto

Publicado

dia

Por

Rapaz viajou de Congonhas para Ouro Branco, no fim de semana, para ver show de Zé Neto & Cristiano – e desapareceu na sequência

(crédito: CBMMG/Divulgação)

Um jovem de 21 anos que desapareceu após viajar para assistir a um show sertanejo em Ouro Branco, na Região Central de Minas, foi encontrado morto nesta quarta-feira (1º/11). O corpo de Arthur Eduardo de Souza e Silva foi encontrado boiando na lagoa da Praça Central da cidade mineira.

O jovem estava desaparecido desde domingo (28/11), quando saiu da residência onde morava, em Congonhas, para ver o show de Zé Neto & Cristiano, que seria realizado na cidade vizinha de Ouro Branco, a cerca de 20 km. Ele viajou no próprio carro, um Corsa branco.

O veículo foi encontrado perto da Praça de Eventos, onde foi realizada a apresentação, mas o jovem – cujo celular só dava desligado – não. Hoje, pela manhã, um homem que fazia a limpeza da praça, na Avenida Maria Firmina, avistou o corpo boiando e acionou os bombeiros.

Com a chegada dos bombeiros, o corpo foi resgatado e confirmado que se tratava de Arthur Eduardo de Souza e Silva. Ele foi reconhecido pelo próprio pai.

A Polícia Civil, agora, trabalha para esclarecer a morte do rapaz.

Ver mais
Publicidade

Escolha o assunto

Publicidade

Viu isso?