Nossa rede

Mundo

Igrejas são incendiadas em aniversário de protestos no Chile

Publicado

dia

O ato foi organizado para comemorar o primeiro aniversário dos protestos que eclodiram no ano passado contra a desigualdade no Chile

 

 

Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Comentar

Mundo

La Palma registra terremoto de 4,5 graus — o maior até agora

Publicado

dia

Por

Três dos 60 terremotos registrados foram sentidos pela população na ilha de La Palma, na Espanha

UME(Fotos Públicas)

 

Um total de 60 tremores foi registrado na ilha de La Palma (Canárias) desde a zero hora (horário local) de hoje (14), um deles de 4,5 graus, o maior sentido até agora desde que começou a erupção do Vulcão Cumbre Vieja, há 26 dias.

Segundo o Instituto Geográfico Nacional espanhol (IGN), a atividade sísmica aumentou nas últimas horas na ilha. depois de ter diminuído ligeiramente nessa quarta-feira (13).

Três dos 60 terremotos registrados foram sentidos pela população, tendo o de maior magnitude ocorrido às 2h27 (horário local) em Mazo, com magnitude de 4,5 na escala Richter, a uma profundidade de 37 quilômetros (km), após outro de 4,1 graus, na mesma cidade e à mesma profundidade.

O terceiro mais forte foi sentido em Fuencaliente, com magnitude de 3,6 graus e profundidade de 10 km.

As autoridades determinaram a retirada dos moradores de um novo bairro no município de Los Llanos de Aridane, na ilha de La Palma, devido ao avanço do último fluxo de lava gerado pela erupção do Cumbre Vieja.

Segundo fonte do governo regional das Canárias citada pela agência espanhola Efe, estima-se que essa nova retirada afete cerca de 15 pessoas que vivem na área.

Esta é a segunda evacuação feita em apenas 24 horas devido ao avanço do novo deslizamento de terra que se formou nos últimos dias a norte do principal, depois de cerca de 800 moradores do bairro de La Laguna terem sido orientados a abandonar suas casas na terça-feira (12) à tarde.

Os indicadores monitorados por cientistas no vulcão de La Palma, especialmente as emissões de dióxido de enxofre, sugerem que o fim da erupção não vai ocorrer a curto ou médio prazo, segundo a porta-voz do comitê científico do Plano de Emergência Vulcânica das Ilhas Canárias (Pevolca).

Segundo as medições do sistema de satélite europeu Copernicus, a lava ocupa 656 hectares e já afetou 1.541 construções, das quais 1.458 foram destruídas.

Uma nuvem de dióxido de enxofre, emitida pela erupção do vulcão atingiu a Península Ibérica e deverá estar na atmosfera até esta sexta-feira (15), informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

Usando previsões do Serviço de Monitoramento Atmosférico do programa de observação por satélite europeu Copernicus, a entrada de dióxido de enxofre” está acima dos 3 mil metros de altitude, “não afetando por isso as concentrações desse gás na superfície”.

Ver mais

Mundo

Incêndio em prédio em Taiwan deixa pelo menos 46 mortos

Publicado

dia

Por

O incêndio começou durante a madrugada no edifício de 13 andares e destruiu uma grande parte do imóvel antes que os bombeiros conseguissem controlar as chamas

Equipes de resgate trabalham após o incêndio que destruiu edifício em Kaohsiung, sul de Taiwan, em 14 de outubro de 2021. (AFP/AFP)

Um incêndio que destruiu um edifício na cidade de Kaohsiung, sul de Taiwan, deixou 46 mortos e dezenas de feridos, informaram nesta quinta-feira (14) as autoridades, numa das tragédias mais mortíferas em um bloco de apartamentos em 20 anos.

O incêndio começou durante a madrugada no edifício de 13 andares e destruiu uma grande parte do imóvel antes que os bombeiros conseguissem controlar as chamas.

“O incêndio deixou 41 feridos e provocou 46 mortes”, afirmou o departamento de bombeiros de Kaohsiung em um comunicado.

Imagens publicadas pela agência oficial de notícias Central News Agency mostraram a fumaça nas janelas do prédio, enquanto os bombeiros tentavam conter as chamas.

A maioria das mortes aconteceu entre os andares 7 e 11, de uso residencial, destacaram os bombeiros. Os primeiros cinco andares são de uso comercial e estavam vazios no momento do incêndio.

O corpo de bombeiros informou que enviou mais de 70 caminhões para combater as chamas.

Alguns moradores afirmaram que ouviram ruídos altos nos andares inferiores, onde o incêndio começou.

“Eu ouvi muitas explosões ‘bum, bum, bum’ no andar térreo e desci para investigar”, disse um morador que não quis se identificar à Formosa TV.

“Então eu percebi que havia um incêndio e chamei a polícia”.

Incêndio em um prédio na cidade de Kaohsiung, em 14 de outubro de 2021 no sul de Taiwan. (AFP/AFP)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Outra sobrevivente testemunhou, sob anonimato, que quando abriu a porta para sair “o corredor estava cheio de fumaça preta”.

Durante a manhã foi possível observar a dimensão dos danos, com todos os andares do edifício afetados pelas cinzas.

Um policial de Kaohsiung afirmou à AFP que o edifício tem 40 anos e é habitado principalmente por pessoas com poucos recursos.

As autoridades não descartaram a hipótese de incêndio intencional, segundo a mesma fonte, que revelou apenas o sobrenome (Liu), enquanto as equipes forenses seguiram para o local para investigar a tragédia.

É o incêndio mais mortal em Taiwan em décadas. O último incêndio com um número semelhante de vítimas ocorreu em 1995, quando 64 pessoas morreram um clube de karaokê lotado.

É também um dos mais mortíferos em um edifício residencial no mundo nos últimos 20 anos.

Taiwan, uma ilha frequentemente afetada por terremotos e tufões, tem códigos rígidos de construção e um histórico positivo na área de segurança.

Os edifícios antigos, no entanto, representam um risco.

O desabamento dos prédios antigos durante os recentes terremotos causou o maior número de mortes na ilha.

Ver mais

Mundo

Decisão da justiça nos EUA pode acelerar emissão de vistos no Brasil

Publicado

dia

Por

Corte federal decidiu que embaixadas e consulados não poderão permanecer fechados por conta da pandemia

Michael Appleton / Mayoral Photography Office (Fotos Públicas)

Talvez você tenha sentido na pele a dificuldade para viajar durante a pandemia. E, no caso dos Estados Unidos, existe um problema a mais: a dificuldade de agendar entrevistas de vistos – tanto para turismo como para estudo, intercâmbio ou trabalho temporário – por conta da embaixada e do consulado com funcionamento restrito. Mas uma decisão da justiça pode mudar essa situação.

De acordo com a corte federal norte-americana, o Departamento de Estado, agência responsável pelos serviços consulares do país, não poderá mais suspender os agendamentos com base na pandemia. Vale lembrar que, desde maio, estudantes, acadêmicos, jornalistas e indivíduos que apoiassem o combate à covid-19 poderiam solicitar o limitado visto NIE (exceção de interesse nacional).

“É importante dizer que, apesar de o anúncio feito pela justiça dos Estados Unidos, o Departamento do Estado não foi notificado oficialmente por meio de uma ordem-executiva, o que é necessário para que uma lei deste tipo seja ratificada e possa ser colocada em prática”, afirma Felipe Alexandre, advogado especializado em imigração e proprietário da consultoria jurídica AG Immigration.

Fato é que, mesmo antes da mudança definitiva, os serviços consulares já foram retomados aqui, ainda que em passos lentos: são constantes os relatos de dificuldade para marcar entrevistas e, para os vistos para turismo, o agendamento está previsto somente para o segundo semestre de 2022.

“Todos os setores da embaixada e dos consulados dos Estados Unidos no país deverão operar com 100% da capacidade em dezembro e certamente haverá uma diminuição do atual tempo de espera para quem quer solicitar o visto. Muitas pessoas têm reclamado do tempo de espera, que pode levar quase um ano, mas é bem provável que o prazo diminuirá o mais breve possível”, diz Alexandre.

 

Ver mais

Mundo

Polícia britânica assegura que placa em estrada não indica caminho para ‘Round 6’

Publicado

dia

Por

Sinalização com triângulo, quadrado e círculo lembra símbolo utilizado na série coreana.

Placa em estrada do Reino Unido (esq.) e cartão da série ‘Round 6’ (dir.), ambas usam formas geométricas — Foto: Reprodução/Polícia de Thames Valley e Netflix

O departamento de polícia de Thames Valley, no Reino Unido, afirmou em uma rede social que uma placa afixada em uma estrada local não indicava o caminho para “Round 6”, da série de ficção sul-coreana.

No universo da série, o triângulo, quadrado e círculo enfileirados representam o jogo mortal em que os participantes arriscam a vida para conseguir ficar milionários.

Na terça-feira (12), “Round 6”, conhecida em inglês como “Squid Game”, se tornou a série assistida da plataforma de streaming Netflix, vista “em mais de 111 milhões de lares”, segundo a companhia.

Já na vida real, explicam os agentes da polícia rodoviária, os símbolos enfileirados à beira da estrada alertam para uma alteração no fluxo enquanto há trabalhos na pista.

“Nós podemos confirmar que esta sinalização no trevo da M4 em Thames Valley não vai te levar para a série popular da Netflix ‘Round 6’. Ela só indica rotas alternativas durante trabalhos na pista… ufa!”, disse a corporação.

A explicação, repleta de bom humor, foi feita pelos agentes após uma imagem da placa viralizar e levantar teorias dos fãs da série.

Ver mais

Mundo

Lava do Vulcão Cumbre Vieja ocupa 656 hectares

Publicado

dia

Por

Vinte tremores foram registrados nas últimas horas

Luismi Ortiz UME

A lava do Vulcão Cumbre Vieja, em La Palma, na Espanha, ocupa atualmente 656 hectares e já afetou mais de 1.500 construções naquela ilha do aquipélago das Canárias, onde 20 terremotos foram registrados nas últimas horas.

O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, visita hoje (13) a ilha pela quarta vez desde o início da erupção e deverá apresentar novas medidas de apoio aos atingidos.

Segundo as medições do sistema de satélites europeu Copernicus, a lava ocupa 656 hectares e já afetou 1.541 construções, das quais 1.458 foram destruídas.

A lava continua a fluir a partir do último caudal aberto ao norte do vulcão principal, que até agora destruiu uma zona industrial em Los Llanos e forçou a retirada de 800 pessoas em La Laguna.

O último relatório do Departamento de Segurança Nacional espanhol (DSN) indica que o fluxo de lava está mudando nas últimas horas em consequência da derrocada do cone do vulcão, que ocorreu no sábado passado (9).

Além do novo fluxo de lava para norte, existem mais duas línguas de magma, de acordo com o DSN: a original, que quase não tem saída de lava, e outra localizada mais ao sul, que pode colocar em risco novas construções dentro do perímetro de segurança.

Nas últimas horas, as condições meteorológicas favoreceram uma melhoria da qualidade do ar, de modo que nessa terça-feira foi possível suspender o confinamento decretado na segunda-feira, que afetou 3.500 pessoas.

Hoje de manhã, os aeroportos das Ilhas Canárias permaneceram abertos, embora as companhias aéreas tenham cancelado as operações para La Palma.

A altura das emissões de cinzas atingiu 3.500 metros e elas se deslocam do oeste, virando para leste e sul, segundo o relatório, que também indica que o tremor vulcânico aumentou, o que poderia revelar maior conteúdo de gás no magma que sai do centro da erupção.

O Instituto Nacional Geográfico espanhol (ING) localizou 20 sismos até às 7h07 de hoje (horário local), 16 dos quais no município de Fuencaliente e o resto no município de Mazo, onde o último ocorreu esta manhã, a uma profundidade de 12 quilômetros (km) e com magnitude de 3,1.

O maior dos 20 sismos registrados nas últimas horas teve magnitude de 3,9 e ocorreu a uma profundidade de 37 km.

A lava do vulcão de La Palma cobre 656 hectares e afetou 1.541 edifícios em seu caminho, dos quais 1.458 foram destruídos, de acordo com as medições do sistema europeu de satélites Copernicus.

A erupção, que começou em 19 de setembro último, afetou 52,1 km de estradas, 49 km das quais foram destruídas.

As autoridades locais da ilha de La Palma informaram hoje que as pessoas retiradas das áreas  em que se encontram as correntes de lava, com propriedades fora do perímetro de segurança estabelecido, terão acesso a partir do sul para recolher roupas e pertences.

Além disso, os agricultores da região poderão irrigar e cortar frutas desde que tenham conseguido tempo e acesso com a sua coletividade de irrigação.

Agência Brasil

Ver mais

Mundo

OMS recomenda dose de reforço da Coronavac a pessoas com 60 anos ou mais

Publicado

dia

Por

Segundo a organização, é preferível que tomem a terceira dose do próprio imunizante. A aplicação de um imunizante diferente só é recomendado se não tiver outra maneira

 

(Governo do Estado de São Paulo/Flickr)

Um grupo de especialistas que assessora a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendou nesta segunda-feira, 11, a aplicação de uma dose de reforço contra a covid-19 em idosos completamente imunizados com a Coronavac e em pessoas com imunidade comprometida que tomaram qualquer vacina.

“Ao implementar esta recomendação, os países devem inicialmente ter como objetivo maximizar a cobertura de 2 doses nessas populações e, posteriormente, administrar a terceira dose, começando nos grupos de idade mais avançada”, diz um comunicado do Grupo Consultivo Estratégico de Especialistas da OMS (Sage, na sigla em inglês).

Segundo os profissionais, é preferível que pessoas com 60 anos ou mais que receberam duas doses da Coronavac tomem a terceira dose do próprio imunizante.

No entanto, os especialistas ponderam que, ao se levar em conta a disponibilidade das vacinas o uso na dose de reforço de um imunizante diferente do aplicado nas duas primeiras doses pode ser considerado.

O Sage também recomendou a aplicação da terceira dose de qualquer vacina em indivíduos com imunidade comprometida. Esse grupo populacional, segundo a OMS, tem uma resposta imune mais baixa aos imunizantes e, portanto, corre mais riscos ao contrair o coronavírus.

Além da Coronavac, que é produzida no Brasil pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac, a recomendação também vale para imunizantes fabricados pela Sinopharm.

 

Ver mais
Publicidade

Escolha o assunto

Publicidade
Publicidade

Viu isso?