Nossa rede

Brasília

Governador Ibaneis Rocha apresenta pacote de incentivos para economia do DF

Publicado

dia

Pró-Economia 2, com 34 medidas, e Refis 2 foram anunciados nesta quarta-feira (25/11), durante cerimônia no Buriti. A expectativa é de que os projetos passam a valer no início de 2022. Entre as ações estão a redução do ITBI e do IPTU

Foto-Paulo-H.-Carvalho-Agência-Brasília-

O Governo do Distrito Federal (GDF) anunciou o Pró-Economia 2 — um pacote com 34 medidas para aquecer os setores produtivos de Brasília, nesta quarta-feira (25/11), em cerimônia no Palácio do Buriti. Agora, alguns pontos do projeto depende da apreciação pela Câmara Legislativa (CLDF) para ser sancionado pelo governador Ibaneis Rocha (MDB). Entre as propostas estão a redução e a isenção de impostos e a reabertura do Programa de Incentivo à Regularização Fiscal (Refis). Para o empresariado, o pacote econômico repercutiu de forma positiva.

O Pró-Economia 2 prevê a redução do Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) para 1% entre janeiro e março de 2022 e a isenção do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para medicamentos, absorventes e vacinas, entre outros produtos. Após o lançamento, o secretário de Economia do DF, André Clemente, afirmou que as mudanças não devem ter grande impacto no recolhimento de impostos e tributos. “Abrimos mão daquilo que não temos e recuperamos o que necessitamos. Ainda não fechamos o ano, mas já temos um excesso de arrecadação de mais de R$ 1,2 bilhão. Estamos fazendo isso com responsabilidade fiscal e transparência. Vai ajudar na recuperação da economia local e no aumento da nossa arrecadação. Assim, teremos mais recursos para investimentos na área social, por exemplo”, destacou Clemente. Em maio, o Pró-Economia 1 foi lançado com 20 medidas.

“Temos, no DF, um governo de política liberal, que acredita e incentiva o desenvolvimento econômico da nossa capital. E, por isso, hoje, temos uma situação diferenciada do resto do país”, avaliou o empresário Paulo Octávio que participou do anúncio. O presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio-DF), José Aparecido Freire, avaliou que as medias serão essenciais para que a economia sobreviva à crise da covid-19. “Importante esse momento de união entre GDF, Câmara e setor produtivo para superar este momento difícil que a pandemia nos trouxe. Essas medidas são muito positivas, pois, além de ajudar nosso setor, vão aumentar a arrecadação do Estado”, argumentou.

O presidente da Federação das Indústrias do Distrito Federal (Fibra), Jorge Jamal Bittar, comemorou o pacote econômico elaborado Executivo local. “O GDF está agindo de forma inteligente. Ao reduzir impostos, vai conseguir arrecadar mais. Como, por exemplo, o ITBI. Muita gente vai poder pagar o que deve. Essas medidas são excepcionais”, defendeu Bittar.

Regularização

O Refis 2021 vai abranger dívidas abertas no período de 2019 e 2020. Poderão ser renegociados os valores de multas e de juros que incidem sobre o passivo. As que foram contraídas até 2012 poderão ter abatimento do valor principal. A expectativa de receita e de renúncia é de R$ 377 milhões e R$ 325 milhões, respectivamente, para 2022. O projeto deve atingir 90.785 pessoas jurídicas e 388.566 pessoas físicas. O valor total das dívidas elegíveis é de R$ 30,8 bilhões. O GDF esperava que a adesão seja de R$ 1,4 bilhão. Caso aprovado, assim que o prazo de adesão for aberto, os interessados poderão fazer a renegociação no site da Secretaria de Economia e disponibilizar os documentos pedidos.

O governador Ibaneis comemorou as medidas e destacou que o papel do governo é não atrapalhar o empresariado. “O governo é para pobre, rico basta não atrapalhar. É preciso dar condições para que as empresas possam crescer e, assim, gerar emprego e renda. Principalmente, às pequenas, que mais sofreram com a crise da pandemia. Todas essas medidas são importantes para a nossa retomada. E o Refis é uma delas”, declarou. Para o chefe do Executivo local, a economia do DF anda bem e não há risco de grande instabilidade. “O sentimento é de que cada vez que reduzimos tributos ou facilitamos a vida do empresário e da população, a arrecadação vai aumentando. Criamos um ambiente de confiança, estabilidade, sem sustos”, completou Ibaneis Rocha.

Próximos passos

O pacote foi apresentado, nesta quarta-feira (24/11), para o vice-presidente da CLDF, o distrital Rodrigo Delmasso (Republicanos). A intenção do Executivo é que o texto seja apreciado até dezembro para entrar em vigor no início de 2022. “A ideia é fazer uma força-tarefa dentro da Câmara para que o projeto seja votado logo”, adianta Delmasso. Segundo ele, apesar de não haver uma data para a leitura em plenário, não há riscos de as medidas serem deixadas para o ano que vem. “Até 15 de dezembro, votamos tudo. Votar redução de impostos é fácil, difícil é aumentar”, rebateu o deputado.

“Esse pacote de ações é uma esperança para os milhares de desempregados que precisam de trabalho”, avaliou Delmasso. Dentro da Casa, o texto deve passar, primeiro, pela Comissão de Economia, Orçamento e Finanças (CEOF), presidida pelo deputado Agaciel Maia (PTC); depois, pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), com a presidência de Jaqueline Silva (PTB).

Novas propostas

O pacote foi dividido em três temas:

Refis 2021

Programa que pretende beneficiar os detentores de dívidas elegíveis para o programa especial de regularização fiscal.

Convênio ICMS

 Isenção nas importações e operações com vacinas e insumos da vacina de covid-19

– Isenção para o medicamento destinado ao tratamento da Atrofia Muscular Espinhal (AME)

– Isenção para absorvente

– Isenção para equipamentos de aproveitamento das energias solar e eólica

– Redução para óleo diesel e biodiesel a empresas de transporte público

– Isenção em produtos da cesta básica de materiais de construção

– Redução na devolução de bens, materiais ou peças com defeito

– Isenção na aquisição de equipamentos e insumos para o tratamento de pacientes renais

– Isenção em operações para Instituições de Federais de Ensino Superior (IFES) e Hospitais Universitários (HUs)

– Isenção nas operações internas com produtos vegetais destinados à produção de biodiesel

– Isenção nas operações com embalagens de agrotóxicos usadas e lavadas

– Convênio de ICMS para concessão de crédito presumido na aquisição de energia elétrica e de serviço de comunicação

– Isenção para medicamentos destinados ao tratamento de câncer

– Isenção para aquisição de medicamentos pela administração pública

– Isenção às operações com equipamentos e insumos destinados à prestação de serviços de saúde

– Isenção nas operações com mercadorias ou bens destinados ou provenientes do exterior

– Isenção em operações com medicamentos para o tratamento de portadores do vírus HIV (Aids)

– Isenção nas operações com medicamentos

– Convênio para equiparar à exportação o fornecimento de produtos para uso ou consumo de embarcações ou aeronaves estrangeiras aportadas no país

– Autoriza concessão semelhante no tratamento tributário do ICMS nas operações de órgãos da administração pública por meio dos Consórcios Brasil Central, Nordeste e Amazônia Legal

– Isenção na prestação de serviço de transporte realizada como prevenção e enfrentamento ao coronavírus

– Isenção nas operações com areia, brita, tijolo e telha de barro, como estímulo à construção civil.

Demais impostos

– IPTU de 1% para imóveis comerciais em construção

– Isenção de ITCD às doações para o sistema de saúde privado

– Redução do ITBI para 1% entre janeiro de 2022 e março de 2022

– Redução de ISS para 3% para hotéis e hostels

– Anistia de multas acessórias a empresas ativas no Cadastro Fiscal do DF a partir de 1º de março de 2020

– Restituição em moeda quando a compensação for inviável

– Isenção do IPTU e da TLP para associações de catadores de materiais recicláveis

– Pontuação em dobro do Nota Legal entre 10 e 24 de dezembro de 2021

– Previsão de sorteio semestral do Nota Legal

– Alteração no Decreto RICMS (tinta automotiva)

– Institui o Comitê de Grandes Eventos do DF (CGE-DF)

A maior parte das 34 medidas do Pró-Economia 2 depende de aprovação da Câmara Legislativa. Estamos confiantes de que, assim como na primeira etapa do Pró-Economia, os deputados distritais avalizando as nossas propostas, pois sabem da importância para o setor produtivo e para os cidadãos. A Câmara Legislativa tem se mostrado muito sensível às pautas prioritárias para nossa cidade.

Quando for aberto o prazo de adesão do Refis 2, quais serão os passos para participar?

As regras para adesão ao Refis 2021 serão semelhantes às do Refis 2020. Desta vez, prevemos que as negociações aconteçam entre 10 de janeiro e 31 de março de 2022, com a regularização de débitos originários de declarações espontâneas ou lançamentos de ofício cujos fatos geradores tenham ocorrido até 31 de dezembro de 2020.

Qual a previsão do senhor quanto à economia do DF para 2022?

Nossa expectativa é de que a economia do DF continue crescendo. Graças a um trabalho de construção econômica, feito desde o início de 2019, com o fortalecimento do ambiente fiscal, a atração de investimentos para o Distrito Federal e o aumento da arrecadação.

Brasília

Postos do Na Hora passam a fazer cadastro de biometria para CNH; veja endereços e como agendar

Publicado

dia

Por

Serviço, antes restrito à sede do Detran, pode ser feito nas unidades de Taguatinga, Riacho Fundo e Gama, a partir desta quarta-feira (8). Processo é exigido para 1ª habilitação, adição de categoria e renovação do documento.

Postos do Na Hora passam a fazer cadastro de biometria para CNH — Foto: Detran-DF/Divulgação

O cadastro de biometria para obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) foi ampliado para três postos do Na Hora, no Distrito Federal. O processo exigido para quem precisa tirar a primeira habilitação passa a ser feito também em unidades de Taguatinga, Riacho Fundo e Gama, a partir desta quarta-feira (8). Antes o atendimento ocorria apenas na sede do Departamento de Trânsito (Detran-DF).

Os postos funcionam das 7h30 às 19h, de segundo a sexta-feira, e o atendimento é por meio de agendamento (veja mais abaixo). O cadastro da biometria também é obrigatório para quem deseja mudar ou adicionar categoria na CNH, passar pela reabilitação ou renovar o documento.

Endereços dos postos do Na Hora que fazem cadastro de biometria:

  • Gama
    Setor Central EQ 55/56, AE Leste
  • Riacho Fundo
    Shopping Riacho Mall (2º andar), QN 7, área especial 1
  • Taguatinga
    QS 03 lote 11, lojas 4 e 8 – Pistão Sul

 

A biometria foi implementada pelo Detran-DF em 2018 com o objetivo de inibir fraudes na identificação de candidatos à habilitação e habilitados. O processo de identificação biométrica é exigido também para transferência da CNH de outras unidades da federação, no entanto, esse serviço não está disponível nos postos do Na Hora.

A coleta da biometria para renovação da CNH é exigida para as categorias A, AB, AC, AD, AE, C, D e E. Por enquanto, o cadastro biométrico ainda não é necessário para a renovação da categoria B.

Agendamento

Para realizar a identificação biométrica nos postos é necessário agendar o serviço no site do Detran-DF. No dia agendado para a coleta da biometria é preciso levar documento original em bom estado de conservação, CPF e comprovante de residência.

Após o cadastro biométrico, o candidato à primeira habilitação ou habilitados precisam procurar uma clínica credenciada ao Detran-DF para dar continuidade ao processo de primeira habilitação ou renovação da CNH.

Ver mais

Brasília

Hospital da Criança recebe campanha Natal Voluntário

Publicado

dia

Por

Objetivo é arrecadar brinquedos para doação a crianças carentes; iniciativa faz parte do Programa Pátria Voluntária
“Mensalmente, seis mil crianças passam pelo ambulatório. Apenas com esse dado, percebemos a capacidade e, acima de tudo, o caráter humanitário deste hospital. Por tudo isso, a gente agradece esse momento de felicidade que essas crianças estão vivendo”General Manoel Pafiadache, secretário de Saúde

Crianças atendidas pelo Hospital da Criança de Brasília (HCB) José Alencar receberam presentes doados por meio do Programa Pátria Voluntária. A iniciativa faz parte da campanha Natal Voluntário, que arrecadou mais de 1,5 mil presentes. Além do HCB, outras instituições que atendem crianças e adolescentes carentes de zero até 14 anos participam da ação.

O secretário de Saúde, general Manoel Pafiadache, parabenizou a iniciativa. “Estamos no único hospital público de alta complexidade que é capacitado pela Organização Nacional de Acreditação (ONA), e ele foi classificado pelo nível de excelência no atendimento. Mensalmente, seis mil crianças passam pelo ambulatório. Apenas com esse dado, percebemos a capacidade e, acima de tudo, o caráter humanitário deste hospital. Por tudo isso, a gente agradece esse momento de felicidade que essas crianças estão vivendo”, ressalta.

O objetivo da campanha é engajar a sociedade em ações de voluntariado e promoção do bem-estar das crianças atendidas por instituições parceiras do Programa Pátria Voluntária. A arrecadação dos presentes continua até o dia 10 de dezembro.

Neide da Costa Santos, mãe da pequena Emilly, ressalta a solidariedade que o evento representa e diz que a felicidade da filha é dela também | Fotos: Breno Esaki/Agência Saúde-DF

Presidente do Conselho do Pátria Voluntária, a primeira-dama Michelle Bolsonaro elogiou a ação e o engajamento do HCB. “Isso tudo é fruto do nosso trabalho, muito obrigada por cada voluntário, vocês são anjos, todos os profissionais, médicos e enfermeiros, técnicos de enfermagem, todos que estiveram engajados nesse intuito. Deus escolheu vocês para trabalhar nessa obra tão maravilhosa e que pudesse ajudar tantas crianças, que Deus abençoe cada um de vocês”, destacou.

As mães de alguns pacientes acompanharam a solenidade e receberam, além do brinquedo para as crianças, livros de literatura. Neide da Costa Santos, de 33 anos, é mãe da pequena Emilly, de três anos, que há um ano e meio é acompanhada no HCB.

“Ações como essa alegram e mostram às crianças que a solidariedade ainda está presente. Estou muito feliz vendo a felicidade da minha menininha”, afirma.

O evento também contou com a participação do Ministro da Educação, Milton Ribeiro; do Ministro da Cidadania, João Roma; do secretário-geral da Defesa, Sérgio José Pereira; da secretária de Justiça e Cidadania do DF, Marcela Passamani; do presidente do Icipe, Francisco Cláudio Duda; e da superintendente executiva do HCB, Valdenize Tiziane.

Após o término da solenidade, o secretário de Saúde, general Pafiadache, acompanhou a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, e outras autoridades em uma visita à Unidade de Terapia Intensiva do hospital.

*Com informações da Secretaria de Saúde do DF

Ver mais

Brasília

Egov abre cinco cursos de verão para servidores do GDF

Publicado

dia

Por

Oportunidade de capacitação é na modalidade de Ensino a Distância (EaD) e os interessados terão até o dia 31/12 para realizar a pré-inscrição

A Escola de Governo do Distrito Federal (Egov) está com as inscrições abertas para os cursos de verão 2022. A oportunidade de capacitação é na modalidade de Ensino a Distância (EaD) e os interessados terão até o dia 31 de dezembro para realizar a pré-inscrição.

As turmas extras são: Atualização em Gramática da Língua Portuguesa, Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa; Atendimento ao Público; Gestão e Fiscalização de Contratos e Sistema Eletrônico de Informações (SEI) – Módulo Usar.

A diretora-executiva da EGOV, Juliana Tolentino, destacou que as turmas de verão são oportunidades extras de aperfeiçoamentos. “Estamos felizes em poder oferecer cursos de verão. A expectativa é capacitarmos, prepararmos e motivarmos mais servidores para o início dos trabalhos no serviço público de 2022”, explicou Juliana.

A chefe do Departamento de Desenvolvimento e Formação da Egov, Fabíola Salomon destaca a importância e as vantagens dos cursos na modalidade EaD.

“Cada vez mais pessoas aderem ao EAD para fazer cursos com objetivo de atualizar e aprimorar seus conhecimentos em diversas áreas. E ele também proporciona uma flexibilidade de horários, o que nos dias atuais, é um ponto crucial. Muitas pessoas têm o desejo de fazer um curso ou de dar continuidade a sua formação, mas não consegue conciliar o horário de sua jornada de trabalho com os horários rígidos e locais dos cursos presenciais. Os cursos de verão são mais uma oportunidade de capacitação tranquila”.

Para conferir a lista completa de capacitações em EaD e se inscrever nos cursos de verão, clique aqui:
Cursos de verão 2022
Período de realização: de 10 de janeiro a 10 de fevereiro de 2022
Horário: livre
Modalidade: EaD
Inscrições: até 31 de dezembro de 2021

* Com informações da Egov

Ver mais

Brasília

Covid-19; população vacinada no DF

Publicado

dia

Por

 

Brasilienses estão com o esquema vacinal completo, número que significa 78,5% dos habitantes da capital federal, estimados em 3.052.546 pessoas

Fotos: Ascom/SMS (Fotos Públicas)

Com informações da Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF), mais de 2 milhões de pessoas estão com o ciclo vacinal completo, ou seja, receberam a primeira e a segunda dose do imunizante ou a dose única (DU) contra a covid-19. Especificamente, 2.011.900 brasilienses estão com o esquema completo, número que significa 78,5% dos habitantes da capital federal, estimados em 3.052.546 pessoas.

O Distrito Federal conta com 2.289.225 cidadãos imunizados com a primeira dose (D1) das vacinas contra a covid-19, o que representa 88,7% da população com 12 anos ou mais. A terceira dose ou dose de reforço (D3) foi aplicada em 235.144 pessoas — 7,70% dos moradores do DF.

Nesta segunda-feira (6/12), 1.277 pessoas receberam a D1 e outras 8.117 foram vacinadas com D2. Em relação à D3, 3.244 doses de reforço foram aplicadas. A imunização contra a covid-19 continua durante a semana no DF.

Leitos

A taxa de ocupação dos leitos públicos da unidade de terapia intensiva (UTI) adulta, o índice é de 31,71%, com 58 (leitos ocupados) dos 215 existentes; 10 estão aguardando liberação e 19 estão bloqueados.

Além disso, somente duas pessoas estão na lista de espera da rede pública com suspeita ou confirmação da covid-19. Enquanto na rede privada, a taxa de ocupação dos leitos adultos é de 47,37%, com 55 dos 133 destinados aos pacientes infectados com a covid-19 ocupados e 16 bloqueados.

Ver mais

Brasília

GDF Presente recupera ruas com erosão no Morro da Cruz

Publicado

dia

Por

Trabalho, em conjunto com a Administração Regional de São Sebastião, seguirá para outras vias sem pavimentação onde as chuvas vêm causando estragos

O Governo do Distrito Federal (GDF) mantém as operações de recuperação dos estragos causados pelas chuvas dos últimos dias. Dessa vez, equipes do programa GDF Presente e da Administração Regional de São Sebastião iniciaram os trabalhos de nivelamento compactação na Chácara 40 do Morro da Cruz.

Situada em uma baixada, São Sebastião tem diversas ruas em declive, o que exige um trabalho constante de manutenção nesse período chuvoso | Foto: Divulgação

Situada em uma baixada, São Sebastião tem diversas ruas em declive, o que exige um trabalho constante de manutenção nesse período chuvoso | Foto: Divulgação
Por lá, ruas sem pavimentação e sem rede de drenagem foram danificadas pela força das enxurradas, que causaram erosões e deixaram moradores “ilhados”, sem conseguir sair de casa com seus carros.

“As ruas ficaram intransitáveis e os carros que estavam dentro das casas não conseguiam sair nem os que estavam fora conseguiam entrar”, conta o coordenador do Polo Central Adjacente 1 do GDF Presente, Leandro Cardoso, que esteve na região dando suporte ao Polo Leste.

Situada em uma baixada, São Sebastião tem diversas ruas em declive, o que exige um trabalho constante de manutenção nesse período chuvoso. “Estamos trabalhando diariamente para tentar garantir o conforto e a acessibilidade dos moradores”, completa Júnior Carvalho, coordenador do Polo Leste.

Com o suporte de uma pá carregadeira, uma patrol, um rolo compactado e três caminhões trucados, as equipes do GDF Presente e da administração regional nivelaram o terreno e aplicaram restos de entulhos de obras em pedaços e também reciclados pelo Serviço de Limpeza Urbana (SLU). Os dois materiais juntos ajudam a firmar o terreno molhado.

Infraestrutura

Administrador regional de São Sebastião, Alan Valim informa que os trabalhos seguem a partir desta segunda-feira (6) nas comunidades Aguilhada e Capão Comprido. Ele explica que a região ainda tem muitas áreas em fase de regularização, o que justifica que as intervenções sejam paliativas e ainda não possam ser estruturantes. “Enquanto isso, vamos suprindo as necessidades de urgência até que a regularização fundiária seja feita e as obras de infraestrutura possam ser levadas a esses locais”.

Ver mais

Brasília

Jornada Zero Violência contra Mulheres e Meninas chega a Planaltina

Publicado

dia

Por

Órgãos governamentais e sociedade civil se unem na luta para combater crimes de gênero

A população de Planaltina vai receber, a partir desta segunda-feira (6) e durante uma semana, visitas da equipe da Secretaria da Mulher (SMDF). O objetivo é promover palestra e bate-papos com os moradores da cidade sobre o combate à violência de gênero. Também será realizada uma caminhada pela região para reforçar a importância do tema e mostrar os caminhos disponíveis de proteção e acolhimento das vítimas.

Na programação, estão previstos, entre outras ações, palestra sobre violência de gênero para os homens e um bate-papo com as diretoras das escolas da cidade sobre como abordar o assunto com os estudantes. Também serão feitas visitas aos equipamentos da rede de enfrentamento e uma caminhada para a distribuição de cartazes e fôlderes informativos nos estabelecimentos comerciais.

Lideranças locais serão convidadas a conhecer e a replicar dados sobre ações e políticas do Governo do Distrito Federal (GDF), voltadas ao acolhimento e à proteção das mulheres, de seus familiares e até mesmo de seus agressores

Com a proposta de mobilizar a população do Distrito Federal para divulgar e fortalecer a rede de enfrentamento à violência contra as mulheres, a iniciativa quer reforçar os canais de denúncias disponíveis, além de apresentar à comunidade os equipamentos de acompanhamento psicossocial, apoio e acolhimento das vítimas.

Com esse objetivo, a equipe do Jornada Zero vai orientar a população sobre como denunciar casos de violência contra a mulher e indicar os locais onde as vítimas podem procurar ajuda, como o Núcleo de Atendimento à Família e Autores de Violência Doméstica (Nafavd); o Centro Especializado de Atendimento à Mulher (Ceam); o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e o Centro de Referência Especializado em Assistência Social (Creas).

Também serão apresentados os serviços oferecidos pelo Centro de Especialidades para a Atenção às Pessoas em Situação de Violência Sexual, Familiar e Doméstica (Cepav), pela Prevenção Orientada à Violência Doméstica e Familiar (Provid), bem como pelos conselhos tutelares e pelas delegacias.

Uma luta de todos

Lideranças locais serão convidadas a conhecer e a replicar dados sobre ações e políticas do Governo do Distrito Federal (GDF), voltadas ao acolhimento e à proteção das mulheres, de seus familiares e até mesmo de seus agressores.

Outra meta do Jornada Zero é capacitar servidores e fortalecer a atuação das administrações regionais para que sejam “pontos focais” no atendimento às mulheres que sofrem qualquer tipo de agressão. Nesses locais, elas deverão ser acolhidas, orientadas e encaminhadas aos atendimentos especializados para cada caso.

O programa visitará todas as regiões administrativas do DF e Entorno. Planaltina é a terceira região a receber o Jornada Zero. Em julho de 2021, foi a vez de Samambaia conhecer o programa.

Em 2019, a Secretaria da Mulher, em parceria com o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), lançou o projeto-piloto do programa no Paranoá, cidade escolhida por apresentar um dos maiores índices de feminicídio e de violência de gênero da capital, à época, segundo dados da SSP.

Programação do lançamento da ação em Planaltina

– Apresentação do programa Jornada Zero
Data: 6 de dezembro
Hora: 19h
Local: Complexo Cultural de Planaltina: Av. Uberdan Cardoso, Setor Administrativo, Via WL 2, Lote 2

– Visita aos equipamentos da rede
Data: 7 de dezembro
Hora: 9h
Local: Concentração na Administração Regional de Planaltina – Av. Uberdan Cardoso, Setor Administrativo

– Palestra com os homens
Data: 8 de dezembro
Hora: 9h
Local: Administração Regional de Planaltina – Av. Uberdan Cardoso, Setor Administrativo

– Bate-papo com diretoras das escolas
Data: 9 de dezembro
Hora: 10h
Local: Cras Central de Planaltina – Área Especial H, Lote 6, Setor Educacional, Planaltina DF

– Caminhada pela cidade
Data: 10 de dezembro
Hora: 15h
Local: Concentração na Praça da Igreja

*Com informações da Secretaria da Mulher do DF

Ver mais
Publicidade

Escolha o assunto

Publicidade

Viu isso?