Nossa rede

Espaço Mulher

Mechas coloridas: 40 fotos e tutoriais para um visual cheio de cor e estilo

Publicado

dia

MARI MORENA

As mechas coloridas são autênticas e estão sempre em alta. Elas fazem o estilo das descontraídas que adoram um visual cool e moderno. Você pode fazê-las de diversas formas e escolher uma ou mais cores para arrasar com um cabelo poderoso. Veja fotos para se inspirar e tutoriais para apostar já nesse look!

 Mechas coloridas para perder o medo de ousar

Você pode apostar em mechas coloridas diversas. As moderninhas podem escolher fazer duas mechas bem marcadas na frente. Já as feitas na parte de dentro do cabelo são uma opção para as discretas. Confira fotos incríveis e escolha o visual que combina mais com você!

 As mechas coloridas deixam o visual mais descolado

BIANCA COSTA

 E você pode escolher sua cor favorita para mudar o look

MARI MORENA

 Ou apostar em mechas de cores diversas

SHELLEY GREGORY

 Formando um cabelo de unicórnio

BIANCA COSTA

As cores tiram os fios lisos do comum

MAGGIE ELISABETH

E as mechas coloridas no cabelo cacheado ficam lindíssimas

MARI MORENA

Você pode escolher fazer mechas discretas

LISANDRA BARCELOS

Ou colorir o cabelo todo com elas

 As mechas coloridas são um sucesso entre as jovens

NYANE

 E as mechinhas na frente estão super em alta

EEVILYNEE

 É você quem decide a cor

BRITTANY XAVIER

 Pode ser rosa, cool e delicado

ZALI

 E as mechas coloridas em azul são sempre estilosas

MONICASPEREZ

Comentário

Espaço Mulher

Óleo de semente de uva: veja os benefícios e saiba como utilizar

Publicado

dia

Não é segredo para ninguém que a uva é uma fruta de alta qualidade nutricional. O que nem todo mundo sabe é que suas sementes também são valiosas. Isso porque são ricas em compostos fenólicos, vitamina E e dão origem ao óleo de semente de uva, um óleo vegetal muito apreciado por suas diversas utilidades. Saiba mais sobre esse produto.

Óleo-Semente de Uva.7 benefícios do óleo de semente de uva

7 benefícios do óleo de semente de uva

ISTOCK

O óleo de semente de uva destaca-se especialmente por suas propriedades antioxidantes. Confira os principais benefícios que ele pode oferecer tanto para a beleza quanto para a saúde:

  1. Ajuda na prevenção da trombose: Camila Pedrosa (CRN 15858), nutricionista da clínica Viver Nutrição e Gastronomia, explica que o óleo de semente de uva é rico em resveratrol, um potente antioxidante, anti-inflamatório e antiplaquetário que impede a formação de placas que formam os trombos (coágulos que podem obstruir a circulação do sangue no organismo).
  2. É aliado da saúde do coração: “o resveratrol, por ser um antioxidante, impede a oxidação do LDL, reduzindo assim o colesterol e prevenindo o desenvolvimento de doenças cardiovasculares, como o infarto do miocárdio. O resveratrol também favorece a produção de HDL (bom colesterol)”, destaca Camila.
  3. Previne o envelhecimento precoce: Camila lembra que a semente de uva é rica em compostos fenólicos e vitamina E, oferecendo ótimos resultados na prevenção do envelhecimento da pele.
  4. Deixa a pele mais hidratada e macia: Fernanda Casagrande (CRM 23420), dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia, explica que o óleo de semente de uva, rico em ácidos graxos e vitamina E, forma um potente filme na pele, deixando-a mais macia e hidratada.
  5. Previne as estrias: ser rico especialmente em vitamina E faz do óleo de semente de uva um bom aliado na prevenção das estrias, conforme comenta Fernanda.
  6. Hidrata unhas e cutículas: a dermatologista Fernanda explica que, se aplicado com frequência, o óleo deixa a cutícula mais hidratada e, assim, as unhas crescem mais rápido. “Ele pode também amenizar o ressecamento causado por esmaltes e seus removedores”, acrescenta.
  7. Contribui para cabelos mais hidratados e bonitos: “entre as cutículas capilares existe uma espécie de ‘cimento’, que se perde através de colorações, descolorações, uso de chapinha e secador em excesso. O cabelo fica com frizz e rebelde. O óleo de semente de uva, por vez, ajuda na reposição deste lipídio perdido. Os cabelos ficam mais macios, com menos frizz e aspecto mais brilhante”, explica Fernanda.

O óleo de semente de uva costuma ainda ser usado em massagens corporais e como óleo carreador (veículo para os óleos essenciais penetrarem através da pele).

Onde comprar

Camila explica que, em lojas de cosméticos, é possível encontrar as versões para pele e cabelos e, em lojas de produtos naturais, a versão em cápsulas e para uso culinário. A dermatologista Fernanda reforça que, apesar de custar um pouquinho mais caro, os óleos prensados a frio são a melhor opção, já que integram todas as propriedades desse óleo.

“Para escolher um bom óleo, leia a lista de ingredientes. Ele precisa ter como primeiro ingrediente o óleo de semente de uva e não ter adição de corantes, edulcorantes (adoçantes), também é importante que esse óleo seja prensado a frio, ele dever ser 100% natural e puro”, destaca a nutricionista.

Como usar o óleo de semente de uva

ISTOCK

 

Saiba a seguir como utilizar o óleo de semente de uva para, de fato, usufruir de seus benefícios:

Nas unhas

A dermatologista Fernanda explica que, nas unhas, o óleo pode ser usado diretamente antes e depois da esmaltação.

Na pele

“Na pele, o óleo de semente de uva pode ser usado na manipulação, associado a outros ativos próprios para pele. Se for usar diretamente, pode ser usado em pequena quantidade, logo após o banho, com a pele ainda úmida”, destaca a dermatologista.

Nos cabelos

Fernanda sugere aplicar uma quantidade generosa do óleo nos cabelos, deixar agir durante a noite e lavar pela manhã. “Não recomendo como reparador de pontas por ter uma consistência muito oleosa e deixar os fios mais pesados”, acrescenta.

Uso culinário

A nutricionista explica que o óleo de semente de uva não deve ser usado no preparo de refeições (ou seja, ser aquecido), pois tem uma grande quantidade de gordura poli-insaturada, que reage com o oxigênio formando radicais livres. O óleo para uso culinário, encontrado em lojas de produtos naturais, pode ser usado para temperar saladas, por exemplo, mas é interessante que seja incluído na dieta com indicação de nutricionista.

Em cápsulas

“O óleo de semente de uva pode ser ingerido em cápsulas em alguns casos, porém, a dosagem precisa ser ajustada de acordo com a necessidade de cada indivíduo. Essa dosagem é ajustada por um nutricionista através da análise de exames bioquímicos”, esclarece Camila.

“Não utilize sem um acompanhamento profissional, pois o seu uso em excesso pode causar o efeito contrário e aumentar o nível de inflamação”, alerta a nutricionista.

Alertas e contraindicações

O óleo deve ser indicado por nutricionista em casos específicos e dosagens adequadas. A nutricionista Camila acrescenta que é necessária muita cautela com o uso desse óleo em cápsulas, pois é preciso fazer o equilíbrio com o ômega-3 no organismo, já que o óleo de semente de uva é muito rico em ômega-6 (ácido linoleico). Se não houver esse equilíbrio, ele pode ser muito prejudicial e, inclusive, inflamatório.

Em relação aos cuidados com a beleza, Fernanda explica que o uso deve ser evitado caso a pessoa tenha algum tipo de alergia à uva e a seus derivados. Além disso, “na pele oleosa e com acne, deve-se evitar usá-lo na face e tronco”, finaliza a dermatologista.

Agora você já sabe que o óleo de semente de uva é um bom aliado para a beleza e até mesmo para a saúde, desde que seja utilizado sob orientação e cuidados. Aproveite e conheça maneiras de usar o óleo de coco no seu dia a dia.

As informações contidas nesta página têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

 

Ver mais

Espaço Mulher

Make artsy é a fuga perfeita para dias com pouco ânimo

Publicado

dia

Dedicar um tempinho à beleza pode ajudar a distrair a mente e restaurar a autoestima

(Leo Fagherazzi/Claudia)

Certa dose de escapismo é essencial para sobreviver a estes tempos tão difíceis de isolamento social. E explorar expressões artísticas certamente é uma fuga satisfatória. Arrume-se com pedras coloridas, tons intensos e acessórios notáveis (mesmo que seja para ficar na sala de casa).

 

make-colorida-aplicacao-labios

(Leo Fagherazzi/CLAUDIA).

São os micropaetês em formato de folhas que, aplicados um a um sobre toda a pálpebra, dão efeito artsy a este visual. A sobrancelha neutralizada com corretivo sobre os fios é a finalização ideal para dar mais destaque ao brilho dos olhos.

 

make-colorida-aplicacao-labios

(Leo Fagherazzi/CLAUDIA).

A mesma pedraria delicada ilumina os lábios, que recebem, antes, uma camada de gloss transparente. O resultado rende fotos de impacto – ainda que para acervo pessoal.

make-colorida-olho-verde

(Leo Fagherazzi/CLAUDIA)

Aqui, o verde profundo foi aplicado na pálpebra móvel superior com contornos bem marcados. Ele fez o match perfeito com o violeta esfumado rente à linha dos cílios inferiores – a parceria é a cara dos dias mais frescos do outono.

 

 

Ver mais

Espaço Mulher

Hidratante, anti-idade, ácido: qual a ordem dos produtos de beleza?

Publicado

dia

Confira nosso manual de aplicação para aproveitar ao máximo os benefícios dos cosméticos para o rosto

(Unplash/Reprodução)

Os avanços tecnológicos em cosméticos nunca param. São tantas as opções que às vezes ficamos perdidos em como aplicar cada uma delas. “As pessoas gostam de experimentar. Mas, na prática, não é comum manterem rituais de tratamentos e sequências”, diz a dermatologista Ligia Kogos, de São Paulo. E, com o isolamento social, muitas pessoas decidiram aproveitar esse período para começar uma rotina de cuidados com a pele, mesmo sem muito conhecimento prévio. Afinal, como usar produtos de beleza da maneira correta?

“Como os efeitos dependem do hábito e, passada a novidade, tende-se a deixá-los de lado, minha dica é manter esquemas fáceis, que não sobrecarreguem a pele e não demandem muito tempo em frente ao espelho”, recomenda a especialista. E um conselho: dê uma boa olhada no seu nécessaire e coloque em prática as dicas a seguir antes da próxima compra.

Como usar produtos de beleza?

1 – Anti-idade

Age tanto na prevenção do envelhecimento, impedindo que rugas e flacidez apareçam, quanto no combate aos sinais da idade. Para isso, conta com ativos antioxidantes. “Eles são capazes de neutralizar os radicais livres, que causam a destruição do colágeno e da elastina”, explica o farmacêutico especializado em cosmetologia Maurício Pupo, de Campinas (SP).

Entre os principais antioxidantes estão a vitamina C, capaz de estimular a produção de colágeno e elastina e clarear a pele, e as propriedades encontradas no chá-verde, na uva e no óleo de oliva.

Ordem de aplicação: após a limpeza e a tonificação da pele.

Horário de aplicação: pela manhã, seguido de protetor solar, e à noite. “Existem pessoas que aplicam apenas uma vez ao dia, mas, nesse caso, a eficácia será reduzida pela metade”, diz Pupo.

Quantidade: o ideal para cobrir todo o rosto e pescoço é o equivalente a uma colher (chá) rasa do produto. Espere alguns minutos para que ele seja absorvido antes de aplicar a maquiagem ou o filtro solar.

Combinação: não é aconselhável misturar o anti-idade a outro tipo de creme, pois isso dilui a concentração dos ativos e, consequentemente, sua eficácia.

2 – Ácidos

Os mais usados são os retinoico e glicólico. “Eles são excelentes opções para o tratamento de manchas e do envelhecimento da pele, pois aceleram a renovação celular”, diz a dermatologista Daniela Schmidt Pimentel, de São Paulo.

Ordem de aplicação: para que os ácidos entrem em contato com a pele e sejam eficientes, toda a gordura deve ser removida. Lave com um sabonete específico para seu tipo de pele, seque bem o rosto e, em seguida, aplique o ácido.

Horário de aplicação: devem ser sempre utilizados à noite, evitando uma possível reação ao sol, pois podem causar manchas.

Quantidade: a regra geral é aplicar o equivalente a uma moeda de 50 centavos. Comece com uma camada bem fina para sentir a tolerância da pele.

Combinação: a única associação deve ser com o protetor solar, com o rosto já lavado. A mistura com outros hidratantes ou ativos pode causar graves irritações.

3 – Efeito lifting

Também conhecido como creme de “efeito Cinderela”, tem ação tensora, ou seja, dá aquela esticadinha básica na pele, deixando as rugas menos aparentes. “Esse tipo de cosmético cria uma película invisível, que promove o aspecto imediato de firmeza, deixando o rosto mais jovem temporariamente”, diz Ligia.

Sobre a formulação, geralmente contam com as proteínas da soja e do trigo, que têm o efeito tensor, e ácido hialurônico, responsável por atrair água para as células, preenchendo os espaços entre elas.

Ordem de aplicação: após a pele limpa e seca. Maquiagem e protetor solar devem ser passados depois de alguns minutos para que o cosmético leva para ser absorvido.

Horário de aplicação: minutos antes daquele compromisso em que você deseja exibir um rosto mais jovem.

Quantidade: o equivalente a 1 colher (chá) rasa.

Combinação: para evitar que a película tensora se dissolva, jamais associe óleos faciais, anti-idades e clareadores com ativos ácidos a hidratantes encorpados ou cremes para o contorno dos olhos.

4 – Antimanchas

Melhora o aspecto da pele, suavizando e, em alguns casos, até eliminando as manchas. Tudo graças aos ativos que ajudam a reduzir a produção ou os depósitos de melanina, caso do alfa-arbutin, da vitamina C, do ácido kójico e da niacinamida. “O padrão de ouro para tratamento de melasma é a combinação de ácido retinoico com corticoide e hidroquinona”, diz Daniela.

Ordem de aplicação: após lavar o rosto para que possam penetrar mais profundamente.

Horário de aplicação: os mais eficientes, com ácidos e hidroquinona, devem ser usados à noite e retirados pela manhã, quando entra em cena o protetor solar. “Dessa forma, evita-se a sensibilização pela exposição ao sol e a interação com outros ingredientes que poderiam diluir sua ação, como silicones, manteigas, óleos e glicerina”, diz Ligia.

Quantidade: se aplicado no rosto e pescoço, passe o equivalente a 1 colher (chá) rasa.

Combinação: a única associação permitida e recomendada é com o protetor solar, que deve ser aplicado pela manhã e ao longo do dia.

5 – Creme noturno

A diferença entre o creme noturno e o diurno é que o primeiro tem ação mais nutritiva e regeneradora, porque possui ácidos e outros ativos que são fotossensíveis. “Além disso, costuma ser mais eficiente, já que é durante a noite que a pele fica mais receptiva aos nutrientes”, explica Daniela. Entre os ativos mais usados nas formulações estão: antioxidantes como a vitamina C, retinol e peptídeos específicos.

Ordem de aplicação: após lavar o rosto.

Horário de aplicação: minutos antes de deitar.

Quantidade: aplique por todo o rosto o equivalente a uma moeda de 50 centavos.

Combinação: se a função do creme for apenas nutritiva, ele pode ser misturado a hidratantes, para atenuar sua oleosidade, ou a óleos faciais, para incrementar sua eficácia. Mas, se forem cremes antirrugas, com vitamina C ou retinol, não devem ser misturados para não diluir os ativos.

6 – Redutor de poros

Reduz o sebo sobre a pele, disfarçando os poros abertos, e, com o tempo, diminuindo o diâmetro deles. Conta com ativos como as sílicas globulares, que se depositam sobre a pele fazendo com que os furinhos desapareçam, e as sílicas poliméricas, que entram na pele e absorvem o sebo secretado pelas glândulas. “Outros ativos eficientes no tratamento são os derivados de enxofre, sulfacetamida e vitamina C”, diz Ligia.

Ordem de aplicação: sempre após lavar e secar bem a pele. Hidratante, maquiagem, protetor solar e outros cosméticos podem vir logo na sequência.

Horário de aplicação: pela manhã, podendo ser reaplicado durante o dia se a pele estiver com a aparência oleosa ou os poros mais abertos.

Quantidade: 1 colher (café) para todo o rosto.

Combinação: pode ser associado a outros produtos cosméticos, lembrando apenas de aplicá-lo primeiro.

7 – Antiacne

Previne a acne, reduz o número de lesões já existentes, diminui a oleosidade da pele e pode tratar as manchas escuras deixadas pelo problema. Esses cremes associam ativos como o ácido salicílico, que tem ação esfoliante, e a vitamina B3, responsável por reduzir a oleosidade e combater a inflamação.

Ordem de aplicação: após o uso do sabonete facial (de preferência com ácido salicílico). Depois é indicado passar um protetor solar matificante.

Horário de aplicação: sempre pela manhã, seguido de protetor solar matificante, e à noite, após lavar o rosto.

Quantidade: o suficiente para cobrir a área com acne.

Combinação: uma ou duas vezes por semana, pode ser aplicada uma máscara concentrada de argila verde ou preta, que possui alta concentração de enxofre, potencializando a eliminação da gordura. Se usar hidratante, prefira os oil-free, como gel, gel-creme e sérum. E aplique antes do produto antiacne.

8 – Hidratante

Reduz a perda de água da pele causada pelo processo natural de evaporação, baixas temperaturas, banhos quentes ou por procedimentos dermatológicos, como peelings e laser. Para isso, eles têm em sua formulação ativos que criam uma barreira no tecido cutâneo, caso da glicerina, do ácido hialurônico, dos óleos de amêndoas, avelãs, canola e da manteiga de karité.

Ordem de aplicação: sempre após a lavagem e a tonificação, podendo ser reaplicado durante o dia sem a necessidade de lavar o rosto novamente.

Horário de aplicação: a pele seca pode necessitar de mais aplicações do que a acneica. “Mas, basicamente, a hidratação deve ser feita pela manhã e à noite”, diz Daniela.

Quantidade: depende da necessidade de hidratação: se for de pouca a moderada, cubra o rosto com uma fina camada. Já se estiver mais ressecada, passe uma camada generosa. Regra geral: aplique o equivalente a uma moeda de 5 centavos.

Combinação: em casos de ressecamento intenso, vale acrescentar ao hidratante uma ou duas gotinhas de óleo específico para o rosto. Mas evite misturar com anti-idade, clareadores e produtos que contenham vitamina C, retinol ou ácidos a fim de não diluir a eficácia. “Caso deseje usar os dois, aplique primeiro o produto mais forte, leia-se os com vitamina C, retinol e outros ácidos, e em seguida o hidratante”, recomenda Pupo.

Ver mais

Espaço Mulher

Pente de madeira: conheça os benefícios desse item para suas madeixas

Publicado

dia

ISTOCK

O pente de madeira guarda muitos benefícios para seus cabelos, além de simplesmente desembaraçá-los. Ele pode ser utilizado em todos os tipos de madeixas com diferentes texturas, das mais crespas até as mais lisas. Depois de ler a matéria, você vai querer recuperar aquele pente guardado no fundo da sua gaveta ou adquirir um novinho. Confira!

7 benefícios do pente de madeira

ISTOCK

Aqui, você vai conhecer os grandes benefícios que o pente feito de madeira pode proporcionar aos seus cabelos. Prepare-se para trocar o seu pente de plástico por um material muito mais benéfico. Temos certeza de que você vai mudar de ideia após conhecer essas vantagens. Olha só:

1. Não modifica a forma dos cachos

Perder a forma dos cachos pode ser um grande problema para as cacheadas. Para isso, evite pentear os caracóis quando estão secos e busque penteá-los durante o banho, ao lavar os cabelos, ou deixe os fios úmidos antes de pentear. Isso também ajuda a evitar a formação de nós nos fios. O pente de madeira com dentes largos são os mais indicados para quem possui cabelo cacheado.

2. Tira nós dos cabelos molhados

Se você adora pentear os cabelos no banho, jamais deixe de realizar essa prática e inclua o pente de madeira nesse momento. Durante a lavagem do cabelo, os fios ficam mais sedosos e macios, o que facilita o desembaraçamento das madeixas. Para isso, as cerdas largas também são sempre as mais indicadas.

3. Perfeito para cabelos finos e quebradiços

A madeira possui a capacidade de neutralização estática, quando se trata de pentear os fios. Se você possui fios finos, certamente seu cabelo tende a se quebrar com mais facilidade, e o pente de madeira auxilia as madeixas e ajuda a evitar o frizz de cabelos quebradiços.

4. Cerdas finas para cabelos lisos

Assim como as cacheadas, aquelas com cabelos lisos não gostam de perder a forma de seus cabelos ao penteá-los. Os cabelos lisos, por sua vez, pedem uma mistura de dois tipos de cerdas: para desembaraçar os fios, é indicado utilizar pentes de cerda larga e, em seguida, usar cerdas finas para ajudar a alisar ainda mais o cabelo liso.

5. Se adapta aos seus fios

Uma curiosidade sobre o pente de madeira é que, com o passar do tempo e o uso, o material é capaz de absorver o óleo natural dos seus fios. Essa absorção sempre volta a nutrir os cabelos quando você o utiliza. Por isso, é muito importante não compartilhar o seu pente, para que não haja mistura dos nutrientes naturais e que são exclusivos dos seus cabelos.

6. Ideal para couro cabeludo sensível

Muitas mulheres possuem o couro cabeludo sensível e o pente de madeira é ótimo para isso, pois não gera tanto atrito com os fios. Ao contrário dos pentes de plástico, que normalmente puxam bastante os fios, com a madeira você sentirá muita diferença na hora de pentear seu cabelo. Basta fazer o teste e você entenderá como ele funciona!

7. É o melhor eliminador de frizz

Se o frizz é o maior inimigo dos cabelos femininos, o pente de madeira é o melhor amigo dos seus fios. Sabe aqueles fios arrepiados e indesejados após as escovas? O uso desse pente pode ser o que falta para acabar com eles, devido ao efeito da neutralização estática. O pente de plástico não possui essa característica, por isso ele gera muito frizz nas madeixas.

Viu só como a utilização desse item pode ser muito mais eficaz para os seus cabelos? Agora que você já compreendeu as vantagens do uso desse pente, aprenda como limpá-lo e mantê-lo para garantir um uso benéfico.

Como limpar pente de madeira

Ao contrário das escovas de cabelo, o pente de madeira é muito fácil de limpar. Aprenda o passo a passo para a higienização desse material tão importante para os cabelos, e lembre-se de realizar esse procedimento a cada 15 dias.

  • Retire os fios que ainda estão presentes no seu pente de madeira;
  • Em um recipiente, adicione bastante água e um pouco de sabão líquido neutro ou shampoo infantil;
  • Deixe o pente nesse recipiente por pelo menos 30 minutos;
  • Após retirá-lo, use uma escova de dentes macia, que não seja de uso pessoal, e passe-a em cada cantinho do seu pente;
  • Por fim, lave-o com bastante água fria, seque-o com um pano limpo e deixe-o terminar de secar naturalmente.

Agora que você já sabe a eficiência do pente de madeira, o que está esperando para adquirir o seu? É um item indispensável para seus cabelos! Entenda também como acabar com o frizz que insiste em surgir em seus fios.

Ver mais

Espaço Mulher

A Golden Hour foi parar nas lentes dos óculos de sol

Publicado

dia

As lentes amarelas deixam a produção moderna e estilosa

(@majutrindade/Reprodução)

As variadas cores e modelos de óculos têm ganhado cada vez mais o rosto das pessoas. Além de ser um utensílio para que as pessoas possam enxergar melhor, também é um ótimo item para deixar o seu look ainda mais fashion.

O que começou nas passarelas, agora tem espaço garantido nas ruas. Os óculos de sol de lente amarela dispensam só um formato e abraçam todos os tipos de rostos e formas. Realmente, é uma tendência que chegou para ficar. Vale a pena investir em acessórios como brincos, colares e correntes.

Alguns famosos já aderiram a essa nova tendência com modelos que vão dos pequenos aos mais exagerados. Qualquer que seja a escolha, o resultado vai ser certeiro.

que tal você também arriscar?

Delicadeza também é uma das características desse tipo de óculos. O resultado suave pode ser alcançado em um look monocromático, principalmente nos tons pastéis.

Modelos redondos deixam a produção ainda mais cool.

E se você está em busca de um look mais vintage, as lentes amarelas também são ótimas opções.

Onde encontrar

Óculos de Sol Ray Ban Hexagonal Rb3548n 001 93 54/54 Dourado Espelhado, R$ 590,00

 (Amazon/Reprodução)

Óculos Redondo Pequeno Amarelo Fino Jhon Lennon Uv400, R$ 49,99

 (Magazine Luiza/Reprodução)

Óculos de Sol Feminino Gatinho Arredondado Proteção UV400 em Aço Vintage Retro Escuro, R$74,90

 (Amazon/Reprodução)

Óculos de Sol Polaroid PLD 6056/S Prata e Amarelo, R$199,90

 (Amazon/Reprodução)

Ver mais

Espaço Mulher

Rodrigo Cintra dá dicas de como tingir os cabelos em casa sem apuros

Publicado

dia

É importante lembrar que deve ser uma decisão pensada e, não, impulsiva! Tenha paciência, consulte seu cabeleireiro antes e siga as dicas do hairstylist

Alguns cuidados são essenciais na hora de pintar ou retocar o cabelo em casa (Edgardo Contreras/Getty Images)

Neste momento de isolamento social, nos privamos de muitos hábitos que tínhamos antes, como ir à academia, à manicure e ao salão de beleza. Quem estava acostumada a tingir o cabelo, se vê na angústia de querer retocar a raiz e não poder!

Diante deste cenário, muitas mulheres estão arriscando a tingir e retocar o cabelo em casa. Mas é preciso tomar alguns cuidados na hora de fazer algo que, talvez, não esteja tão acostumada a fazer.

Por isso, o hairstylist Rodrigo Cintra listou algumas dicas essenciais para tingir os cabelos em casa sem apuros. Confira!

Converse com o seu cabeleireiro antes

Mesmo a distância, é crucial conversar com o seu cabeleireiro de confiança antes de realizar o procedimento. “Ele pode explicar melhor qual é a marca que

você deve usar, o número de coloração ideal, e até mesmo a proporção, se houver”, explica Cintra. “Escolher coloração é um processo complicado, mesmo que seja só para retocar.”

Antes de aplicar a tinta, prepare o cabelo

Cintra ressalta que a hidratação é importantíssima antes de começar o procedimento. “Vale lembrar que o ideal é cuidar sempre, com tratamentos de nutrição, hidratação e reconstrução, de acordo com a necessidade do fio”, explica ele.

Hidratações com sistema de bio-reconstrução também é uma boa opção, pois devolvem nutrientes perdidos com o tempo e com processos químicos e ainda preparam o cabelo para transformações.

Proteja a sua pele

Antes de aplicar o produto, Cintra recomenda proteger a pele com um pouco de condicionador ou gel de cabelo. Ao iniciar a aplicação da tinta, use luvas e pincel.

Para retirar as manchas de tinta da pele, use sabonete comum esfregando a ponta de uma toalha. Lembre-se de vestir uma roupa velha, pois a tinta mancha.

Retoque apenas as raízes visíveis

Para quem for retocar as raízes, o hairstylist indica retocar apenas as raízes visíveis. “Se pintar o cabelo toda vez que for retocar a raiz, vai fazer os pigmentos se acumularem e, com o tempo, o comprimento e as pontas ficarão de tonalidades diferentes da raiz. E só um profissional para consertar”, alerta.

Quando você faz uma coloração/descoloração e o cabelo oxida, precisa de pigmento. “Você pode aplicar o tonalizante para neutralizar a cor que foi revelada. Ele forma uma película nos fios e tem efeito temporário, isto é, sai após algumas lavagens”, explica ele.

“Existe ainda a coloração permanente, como o nome diz, ela não sai facilmente, precisa fazer um processo no salão se quiser retirar a cor, ou deixar os fios crescerem e ir cortando até a cor sair”, completa.

No momento, o ideal é apenas retocar as raízes. E antes de realizar qualquer procedimento, consulte o seu cabeleireiro de confiança

No momento, o ideal é apenas retocar as raízes. E antes de realizar qualquer procedimento, consulte o seu cabeleireiro de confiança (Folio Images / Folio/Getty Images)

Faça um teste de mecha

“Fazer um teste em uma mecha antes de aplicar a tinta vai detectar se o cabelo pode ser submetido ao tingimento, se pode quebrar ou se o produto pode dar alguma reação alérgica”, explica Cintra. “Faça de acordo com as instruções da embalagem e com a orientação do seu cabeleireiro”, orienta.

Para saber a cor que vai ficar, separe a mecha na nuca, prenda o resto e aplique a coloração. Coloque um papel alumínio ou uma folha para não ter contato com o resto dos fios. Espere o tempo total da ação, enxágue e seque.

Cuidado na hora de mudar a cor do cabelo

“Nesse momento, fazer retoques tudo bem, mas não é a hora de mudar”, alerta o hairstylist. “Só é possível mudar uma cor se o cabelo for claro. Para um tom mais escuro, ou descolorido, você coloca uma cor. Quem tem o cabelo escuro e quer clarear, não consegue com coloração. Essa é uma regra universal: coloração não clareia coloração. Tem que ser feito uma limpeza com descolorante”, reitera.

“Agora, se for para escurecer é mais fácil. Porém, exige conhecimento. Se a mulher tiver o cabelo muito claro e quiser escurecer para um castanho, tem que tomar cuidado para o cabelo não ficar acinzentado. Se for de um cabelo claro para um escuro tem que fazer pré-pigmentação, tem que colorir antes de chegar na cor desejada”, esclarece Cintra.

Ele ainda ressalta que encontrar uma cor que combine com a pessoa exige conhecimento de colorimetria, fundos de pigmentação e textura dos fios. “Por exemplo, escolher a cor por meio da caixinha só é indicado para quem tem cabelo sem pigmentação (branco ou descolorido). E mesmo assim pode não ficar exatamente igual”, explica. Isso acontece porque o cabelo natural tem pigmentos próprios que reagem com pigmentos de coloração, formando uma terceira cor, uma espécie de mistura entre a cor do seu cabelo e a cor da tinta.

Nada de ficar loira na quarentena!

Cintra é pontual ao dizer que não aconselha realizar a descoloração ou fazer luzes em casa. “São técnicas minuciosas. Se der errado, vai manchar, marcar, deixar o fio elástico a ponto de quebrar e até ocorrer um corte químico!”, alerta.

Vale lembrar, ainda, que existe um tom ideal para cada tipo de pele, então se trata de um procedimento que deve ser feito apenas com um profissional.

Leia a bula sempre

A forma de usar a tinta pode mudar de acordo com cada marca. Prepare de acordo com a bula. “Não fique menos tempo que o indicado com a cor nos fios, pois a coloração pode não agir totalmente e apresentar falhas em algumas partes ou então apresentar transparência na cobertura dos brancos”, explica.

Por falar em brancos, quem quiser tingir os fios grisalhos que já estiverem aparecendo na raiz, basta dividir o cabelo com um pente de cabo fino e depositar a tinta. “Não precisa ficar passando o pincel. Quanto mais fina for a divisão, melhor vai ser a cobertura de branco. Prenda as mechas com presilhas. Se alguém puder aplicar, melhor”, aconselha Cintra.

Tenha calma e paciência

Por fim, Rodrigo explica que a principal dica de todas é ter paciência. Antes de tomar qualquer decisão impulsiva, como cortar o cabelo ou tingir, respire fundo e pense bem se é exatamente o que você quer, para não haver arrependimentos.

“Siga as dicas, acima, e não prejudique seu cabelo. Ele é a moldura do seu rosto. Ligue para o seu cabeleireiro, peça uma consultoria online sobre hidratação, produtos que você pode adquirir de salão e usar em casa com segurança. Cuide bem de você e dos seus fios, tudo vai passar! Estamos juntos!”, finaliza.

Ver mais

Disponível nosso App

Publicidade

Escolha o assunto

Publicidade

Viu isso?