Nossa rede

Brasília

MDB vence disputa com PSD e fica com primeira vice-presidência do Senado

Publicado

dia

Os outros cargos foram ocupados de acordo com a regra de proporcionalidade, pela qual as maiores bancadas têm prioridade na indicação

Mais cedo, os senadores discutiam se a primeira vice-presidência deveria ficar com o MDB ou com o PSD. Na semana passada, o então presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP), prometeu a primeira vice-presidência à bancada emedebista, caso o partido desembarcasse da candidatura de Simone Tebet (MDB-MS). O MDB resolveu deixar a senadora, mas entrou em uma disputa com o PSD, que já negociava o cargo desde o início da campanha.

Os outros postos foram decididos por acordo antes da votação, com base na regra de proporcionalidade, pela qual as maiores bancadas têm prioridade nas indicações. A segunda vice-presidência será ocupada pelo senador Romário (Podemos-RJ). A primeira secretaria ficou com Irajá Abreu (PSD-TO); a segunda secretaria, com Elmano Férrer (PP-PI); a terceira, com Rogério Carvalho (PT-SE); e a quarta, com Weverton (PDT-MA). Para as suplências, foram eleitos Jorginho Mello (PL-SC), Luiz do Carmo (MDB-GO) e Eliziane Gama (Cidadania-MA). A quarta vaga ficou vazia, por falta de candidaturas.

O Senado ainda precisa decidir quem ocupará as presidências das comissões temáticas. “É possível que, após uma reunião do colégio de líderes, que pretendo marcar ainda para esta semana, a gente possa definir essa pauta da composição das comissões na próxima semana”, afirmou Pacheco. Alcolumbre é um dos cotados para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), uma das mais importantes da Casa.

Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Comentar

Brasília

Mutirão leva energia a 420 famílias da comunidade de Água Quente

Publicado

dia

Por

Primeira ação na localidade, no Recanto das Emas, vai oferecer serviços técnicos e comerciais, iniciando a regularização do fornecimento em mais de 1,9 mil moradias

O Energia Cidadã da Neoenergia Brasília visa estimular o desenvolvimento econômico, social e ambiental da população, culminando, das 9h às 13h, com amplo mutirão realizado neste sábado na região (21)| Fotos: Paulo H Carvalho / Agência Brasília

É batata. Choveu e os moradores do Setor Habitacional Água Quente, no Recanto das Emas, ficam sem luz. E, ultimamente, nem anda precisando da atuação de São Pedro para a rede, então improvisada, cair na região. O que dizer desse benefício básico em tempo de inverno brasiliense? Pois bem, agora essa rotina de desconforto e incertezas vai acabar com a regularização, neste primeiro mutirão, do fornecimento de energia para 420 famílias locais. No total, com a realização de mais três mutirões como o deste sábado, mais de 1,9 mil moradias terão o fornecimento regularizado na região.

“Ninguém merece ficar sem água quente neste período de frio lascado, né?”, pondera a moradora da Quadra 13, Catilene Aquino dos Santos, 39. “Com a legalização da energia, vamos ter que pagar, claro, mas vai ficar bom para todo mundo. Não é só pelo conforto, mas pela segurança também”, comenta a dona de casa, Ranilde Assunção, 48.

“Essa parceria com a Neoenergia, junto com as administrações regionais e a Segov, é de inclusão social, é a cidadania chegando na porta do cidadão que vai poder ter a conta de luz no nome dele, energia de qualidade, sem precisar usar as alternativas não consideradas legais”José Humberto, secretário de Governo

Aliado ao Programa Energia Legal do GDF, o Energia Cidadã da Neoenergia Brasília visa estimular o desenvolvimento econômico, social e ambiental da população, culminando, das 9h às 13h, com amplo mutirão realizado neste sábado na região (21). Na ocasião, vários benefícios técnicos e comerciais serão ofertados aos moradores do local. Entre eles estão a regularização de clientes, troca de lâmpadas convencionais por modelos LED, parcelamento de débitos, cadastro na Tarifa Social de Energia Elétrica. A criançada vai aproveitar o encontro, já que a concessionária montará uma área com cama elástica, algodão-doce e pipoca.

Uma tenda montada no local irá orientar a população sobre como utilizar racionalmente os equipamentos elétricos e, assim, economizar energia. O trabalho em Água Quente começou na última segunda-feira (16) e, ao longo de toda a semana, a concessionária realizou as primeiras ligações regulares de energia elétrica para as famílias do local. Uma das moradias beneficiadas nesta primeira etapa da ação foi a da jovem dona-de-casa, Daiane Aparecida Rodrigues, 25 anos, mãe de duas crianças pequenas.

“A gente que tem filho pequeno não pode ficar sem energia em casa e aqui, como era improvisada, caia bastante, era muito ruim”, conta ela. “Com energia garantida vamos ficar mais tranquilo agora”, torce.

Para o secretário de Governo, José Humberto, essa parceria do GDF com a Neoenergia para fornecer energia regular de qualidade e com confiabilidade para a população do Distrito Federal é essencial. “Essa parceria com a Neoenergia, junto com as administrações regionais e a Segov, é de inclusão social, é a cidadania chegando na porta do cidadão que vai poder ter a conta de luz no nome dele, energia de qualidade, sem precisar usar as alternativas não consideradas legais”, destaca o gestor. “A distribuidora regularizou a energia para mais de 28 mil famílias no último ano, levando desenvolvimento econômico, social e dignidade para essa parcela da população”, explica o diretor-presidente da Neoenergia Brasília, Frederico Candian.

Ver mais

Brasília

Escola de Sobradinho terá vacinação contra a covid neste sábado (21)

Publicado

dia

Por

A ação acontecerá das 9h às 17h, na EC 01. O público-alvo são as crianças de 5 a 11 anos. Desde o início da iniciativa, em março, cerca de 170 mil foram vacinadas

Neste sábado (21), a vacinação itinerante contra a covid-19 nas unidades escolares da rede pública do Distrito Federal ocorrerá na Escola Classe 01 de Sobradinho, das 9h às 17h. O público-alvo são as crianças de 5 a 11 anos de idade, mas a imunização da primeira, segunda ou terceira dose será aberta a todos os demais estudantes da rede pública e à comunidade em geral.

A região administrativa de Sobradinho possui, aproximadamente, 25 mil estudantes matriculados na rede pública. O objetivo da ação no ambiente escolar é ampliar o número de crianças vacinadas na faixa etária de 5 a 11 anos. Desde o início da iniciativa, em 19 de março, foram imunizadas cerca de 170 mil crianças. A previsão é que a vacinação nas escolas seja realizada até junho.

Desde o início da ação, em março, foram vacinadas cerca de 170 mil crianças | Foto: Álvaro Henrique/SEEDF

Ainda que a campanha de vacinação contra a covid-19 continue nos postos de saúde do Distrito Federal, a secretária de Educação do DF, Hélvia Paranaguá, indica que a parceria com a Secretaria de Saúde traz mais uma opção de local para os pais imunizarem os filhos. “Essa é mais uma opção que o governo abre na campanha de vacinação contra a covid-19. É um incentivo para que aqueles pais que trabalham a semana inteira possam levar aos sábados os filhos para serem vacinados”, destaca.

Segundo a Secretaria de Saúde, 136.183 crianças residentes no DF ainda não receberam a primeira dose contra a covid-19.

O secretário de Saúde, general Manoel Pafiadache, ressalta que a vacinação dentro das escolas é mais uma oportunidade de aumentar o número de vacinados. “É um esforço que estamos fazendo e acredito que nossos objetivos serão alcançados em parceria com a Secretaria de Educação”, afirma.

No último fim de semana, a vacinação aconteceu na Escola Classe 38, no P Norte, em Ceilândia, e no Centro de Ensino Médio Urso Branco, no Núcleo Bandeirante. Na ocasião foram aplicadas 624 doses. A unidade de Ceilândia ofereceu vacinas contra a covid-19 e a influenza; no colégio do Bandeirante havia imunização contra o novo coronavírus.

*Com informações da Secretaria de Educação

Ver mais

Brasília

Campanha arrecada cobertores e agasalhos para população carente

Publicado

dia

Por

Doações podem ser feitas em todos os batalhões da Polícia Militar e unidades administrativas da corporação espalhadas pelo Distrito Federal

Diante de um inverno que promete ser rigoroso – com temperaturas abaixo dos 5°C no Distrito Federal -, a Polícia Militar (PMDF) está aberta para receber doações e aquecer quem mais precisa. A corporação iniciou, no último dia 19, a Campanha do Agasalho, com o objetivo de arrecadar cobertores e roupas de frio, como casacos, calças e luvas. As doações podem ser feitas em todos os batalhões e unidades administrativas da polícia espalhadas pela capital.

“Algumas unidades já recebiam isoladamente, faziam as entregas. Mas, a partir do ano em que se iniciou a pandemia, resolvemos unificar a campanha, disponibilizar todos os batalhões da PM e estabelecer uma data”Wellington Oliveira, subtenente da Polícia Militar

O montante arrecadado pela PM é entregue para instituições sociais selecionadas pelo comando dos batalhões e, em algumas regiões, também para pessoas em situação de rua. “Acreditamos que os policiais que trabalham nas cidades ou nos bairros conhecem as entidades que estão mais próximas da população carente e os líderes comunitários”, explica o subtenente Wellington Oliveira, um dos coordenadores da campanha. Segundo ele, aproximadamente 3 mil pessoas são beneficiadas todo ano com as doações.

Instituição de caridade situada no Sol Nascente/Pôr do Sol, a ONG Vida é uma das que receberá os donativos pela terceira vez. A associação atende cerca de 500 famílias locais e de cidades como Ceilândia e Águas Lindas (GO). Para a presidente da ONG, Celma Pedro, a ação dos policiais faz “toda a diferença” em tempos difíceis. “Aqui no Sol Nascente, moramos próximo aos córregos, perto da nascente do rio. E, no inverno, o frio vem dobrado”, comenta. “Precisamos cuidar dos mais necessitados”, diz.

Segundo a PMDF, cerca de 3 mil pessoas são beneficiadas anualmente com as doações | Foto: Divulgação/PMDF

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Em localidades como a Rodoviária do Plano Piloto, por exemplo, pessoas desabrigadas recebem diretamente o agasalho ou cobertor. A iniciativa já acontece há mais de 20 anos, mas agora a corporação decidiu unificar a ação solidária. “Algumas unidades já recebiam isoladamente, faziam as entregas. Mas, a partir do ano em que se iniciou a pandemia, resolvemos unificar a campanha, disponibilizar todos os batalhões da PM e estabelecer uma data”, explica o subtenente.

As doações podem ser feitas até o dia 17 de junho. Conforme a arrecadação, os policiais já deslocam uma equipe para fazer a entrega às casas de caridade. Segundo o subtenente Wellington, a iniciativa é importante também para a corporação. “Esse contato próximo com a sociedade é essencial. E para que percebam que, por trás da farda de polícia, tem um ser humano que pensa no próximo”, pontua.

Mais órgãos envolvidos na ação solidária

Além da PM, todos os 12 Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas) e os dois Centros Pop, na Asa Sul e em Taguatinga, já estão arrecadando itens de proteção contra o frio. A Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros vão receber doações a partir de segunda-feira (23), quando se inicia a campanha Agasalho Solidário 2022.

Ver mais

Brasília

Ibaneis é o governador mais econômico do Brasil

Publicado

dia

Governador não faz uso de carro oficial, de residência oficial e abre mão de salário

No ano de 2018, ainda em campanha, Ibaneis Rocha (MDB) disse que se eleito fosse, abriria mão de salário de governador, da residência oficial e de carros oficiais. “Eu fui presidente da Ordem e acabei com todos os carros de representação e também sem receber nada, então vou mostrar que é possível fazer política com honestidade”, pontuou.

Desse modo, Ibaneis honrou com sua palavra e agora como governador, abre, verdadeiramente, mão dos benefícios. O emedebista faz uso de seu carro, , mora em sua casa no Lago Sul e o seu salário é destinado para entidades filantrópicas.

Eliane Silva é moradora do DF e se surpreende com a iniciativa do governador, por nunca ter visto algo semelhante antes. “A atitude é inovadora, porque eu nunca vi alguém fazer algo desse modo em 31 anos de vida que tenho. É um gesto realmente lindo”, diz.

Nesse sentido, se torna claro que a missão do chefe do executivo local é apenas transformar a vida daqueles que moram no DF, por meio de quase 2.000 obras que impactam positivamente dia após dia na vida da população, em todos os setores, além dos programas sociais, como Cartão Prato Cheio, Cartão Material Escolar e Cartão Gás, que já beneficiaram mais de 700 mil famílias, ao invés de ostentar por meio da sociedade pagando. Com isso, há uma economia muito grande nos cofres públicos.

 

Ver mais

Brasília

Vacinas contra covid-19 nesta sexta (20/5) no DF

Publicado

dia

Por

pontos de vacinação

 contra covid-19

Quarta dose ou segundo reforço

  • UBS 1 Lago Norte
    Horário de vacinação: das 8h às 16h30
  • UBS 1 Varjão
    Horário de vacinação: das 8h às 16h30
  • UBS 1 Asa Norte
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 2 Asa Norte
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 3 Vila Planalto
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 1 Asa Sul
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 1 Cruzeiro
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 2 Cruzeiro
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • Drive-thru da UBS 1 Asa Sul
    Atendimento somente para pessoas de 18 anos ou mais
    Horário de vacinação: das 18h às 22h
  • Estação Metrô 112 Sul
    Horário: 9h às 17h
  • Hospital Militar de Área de Brasília
    Horário: 7h30 às 12h30
  • UBS 1 Sobradinho
    Horário de vacinação: das 8h às 11h50 e das 13h às 17h
  • UBS 2 Sobradinho II
    Horário de vacinação: das 8h às 12h e das 13h às 17h
  • UBS 4 Planaltina
    Horário de vacinação: das 8h às 12h e das 13h às 17h
  • UBS 1 Itapoã
    Horário de vacinação: 8h às 12h e das 13h às 17h
  • UBS 3 Paranoá
    Horário de vacinação: das 13h às 17h
  • UBS 1 Jardins Mangueiral
    Horário de vacinação: das 13h às 16h
  • UBS 2 São Sebastião
    Horário de vacinação: das 13h às 16h
  • UBS 1 Gama
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 2 Gama
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 4 Gama
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 5 Gama
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 6 Gama
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 2 Santa Maria
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 6 Santa Maria
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 1 Guará
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 3 Guará
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 2 Estrutural
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 1 Núcleo Bandeirante
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 1 Riacho Fundo I
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 2 Riacho Fundo II
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 2 Taguatinga
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 3 Taguatinga
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 7 Samambaia
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 8 Samambaia
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 2 Recanto das Emas
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 1 Águas Claras (Areal)
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 1 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 2 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 3 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 5 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 6 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 7 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 8 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 9 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 10 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 11 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 12 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 15 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 16 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 17 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 1 Brazlândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 2 Brazlândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 6 Brazlândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 8 Brazlândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 9 Brazlândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30

Terceira dose ou dose de reforço

  • Drive-thru da UBS 1 Asa Sul
    Atendimento somente para pessoas de 18 anos ou mais
    Horário de vacinação: das 18h às 22h
  • Rodoviária do Plano Piloto
    Horário de vacinação: das 7h às 20h
  • Estação Metrô 112 Sul
    Horário: 9h às 17h
  • Hospital Universitário de Brasília
    Horário de vacinação: das 8h às 12h e das 13h30 às 17h
  • UBS 1 Asa Sul
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 1 Sobradinho
    Horário de vacinação: das 8h às 11h50 e das 13h às 17h
  • UBS 2 Sobradinho II
    Horário de vacinação: das 8h às 12h e das 13h às 17h
  • UBS 1 Fercal
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 1 Planaltina
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 2 Planaltina
    Horário de vacinação: das 8h às 12h e das 13h às 17h
  • UBS 4 Planaltina
    Horário de vacinação: das 8h às 12h e das 13h às 17h
  • UBS 1 Itapoã
    Horário de vacinação: 8h às 12h e das 13h às 17
  • UBS 3 Paranoá
    Horário de vacinação: das 13h às 17h
  • UBS 1 Jardins Mangueiral
    Horário de vacinação: das 13h às 16h
  • UBS 2 São Sebastião
    Horário de vacinação: das 13h às 16h
  • UBS 1 Gama
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 2 Gama
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 4 Gama
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 5 Gama
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 6 Gama
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 2 Santa Maria
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 6 Santa Maria
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 1 Guará
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 3 Guará
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 2 Estrutural
    Horário de vacinação: das 8h às 12h e das 13h às 17h
  • UBS 1 Núcleo Bandeirante
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 1 Riacho Fundo I
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 2 Riacho Fundo II
    Horário de vacinação: 8h às 12h e das 13h às 16h30
  • UBS 2 Taguatinga
    Horário de vacinação: das 7h30h às 17h30
  • UBS 3 Taguatinga
    Horário de vacinação: das 7h30h às 17h30
  • UBS 7 Samambaia
    Horário de vacinação: das 7h30h às 17h30
  • UBS 8 Samambaia
    Horário de vacinação: das 7h30h às 17h30
  • UBS 2 Recanto das Emas
    Horário de vacinação: das 7h30h às 17h30
  • UBS 1 Águas Claras (Areal)
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 1 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 2 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 3 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 5 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 6 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 7 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 8 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 9 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 10 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 11 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 12 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 15 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 16 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 17 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 1 Brazlândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 2 Brazlândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h3
  • UBS 6 Brazlândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30

Primeira e segunda dose

  • Drive-thru da UBS 1 Asa Sul

Atendimento somente para pessoas de 18 anos ou mais

Horário de vacinação: das 18h às 22h

  • Estação Metrô 112 Sul
    Horário: 9h às 17h
  • Rodoviária do Plano Piloto
    Horário de vacinação: das 7h às 20h
  • Hospital Universitário de Brasília
    Horário de vacinação: das 8h às 12h e das 13h30 às 17h
  • UBS 1 Asa Sul
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 1 Sobradinho
    Horário de vacinação: das 8h às 11h50 e das 13h às 17h
  • UBS 2 Sobradinho II
    Horário de vacinação: das 8h às 12h e das 13h às 17h
  • UBS 4 Planaltina
    Horário de vacinação: das 8h às 12h e das 13h às 17h
  • UBS 20 Planaltina
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 1 Itapoã
    Horário de vacinação: 8h às 12h e das 13h às 17h
  • UBS 3 Paranoá
    Horário de vacinação: das 13h às 17h
  • UBS 1 Jardins Mangueiral
    Horário de vacinação: das 13h às 16h
  • UBS 2 São Sebastião
    Horário de vacinação: das 13h às 16h
  • UBS 1 Gama
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 2 Gama
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 4 Gama
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 5 Gama
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 6 Gama
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 2 Santa Maria
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 6 Santa Maria
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 1 Guará
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 3 Guará
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 2 Estrutural
    Horário de vacinação: das 8h às 12h e das 13h às 17h
  • UBS 1 Núcleo Bandeirante
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 1 Riacho Fundo I
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 2 Riacho Fundo II
    Horário de vacinação: 8h às 12h e das 13h às 16h30
  • UBS 2 Taguatinga
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 3 Taguatinga
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 7 Samambaia
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 8 Samambaia
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 2 Recanto das Emas
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 1 Águas Claras (Areal)
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 1 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 2 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 3 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 5 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 6 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 7 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 8 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 9 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 10 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 11 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 12 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 15 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 16 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 17 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 1 Brazlândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 2 Brazlândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 6 Brazlândia
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • Vacinação infantil (CoronaVac para crianças de 6 a 11 anos)
  • UBS 1 Lago Norte
    Horário de vacinação: das 13h às 17h
  • UBS 1 Cruzeiro
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 1 Sobradinho II
    Horário de vacinação: das 8h às 12h e das 13h às 17h
  • UBS 20 Planaltina
    Horário de vacinação: das 8h às 12h e das 13h às 17h
  • UBS 1 Paranoá
    Horário de vacinação: das 13h às 17h
  • UBS 1 São Sebastião
    Horário de vacinação: das 8h às 12h
  • UBS 3 Itapoã
    Horário de vacinação: das 8h às 12h
  • UBS 3 Gama
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 1 Santa Maria
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 4 Guará
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 2 Estrutural
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 1 Candangolândia
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 2 Riacho Fundo II
    Horário de vacinação: das 8h às 12h e das 13h às 16h30
  • UBS 5 Taguatinga
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 4 Recanto das Emas
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 12 Samambaia
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 1 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 2 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 3 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 5 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 6 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 7 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 8 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 9 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 10 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 11 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 12 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 15 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 16 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 17 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 1 Brazlândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 2 Brazlândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 4 Brazlândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 5 Brazlândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 6 Brazlândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30

Vacinação infantil*

  • UBS 1 Lago Norte
    Horário de vacinação: das 13h às 17h
  • UBS 1 Cruzeiro
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 1 Sobradinho II
    Horário de vacinação: das 8h às 12h e das 13h às 17h
  • UBS 1 Paranoá
    Horário de vacinação: das 13h às 17h
  • UBS 1 São Sebastião
    Horário de vacinação: das 8h às 12h
  • UBS 3 Itapoã
    Horário de vacinação: das 8h às 12h
  • UBS 3 Gama
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 1 Santa Maria
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 4 Guará
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 1 Estrutural
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 1 Candangolândia
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 2 Riacho Fundo II
    Horário de vacinação: das 8h às 12h e das 13h às 16h30
  • UBS 5 Taguatinga
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 4 Recanto das Emas
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 12 Samambaia
    Horário de vacinação: das 8h às 17h
  • UBS 1 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 2 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 3 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 5 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 6 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 7 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 8 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 9 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 10 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 11 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 12 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 15 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 16 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 17 Ceilândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 1 Brazlândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 2 Brazlândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30
  • UBS 6 Brazlândia
    Horário de vacinação: das 7h30 às 18h30

*Pfizer-BioNTech pediátrica para crianças imunossuprimidas ou com 5 anos

Ver mais

Brasília

Após dia mais frio da história, DF registra mínima de 3,2ºC nesta sexta-feira

Publicado

dia

Por

Baixa temperatura é resultado de uma massa polar que se iniciou no Sul do Brasil. Na quinta-feira (19), termômetros marcaram 1,4ºC; recorde anterior era de 1975.

Massa de ar frio que veio do Sul trouxe névoa e baixou a temperatura na capital federal. O Congresso Nacional ficou encoberto — Foto: Agência Brasil

Após o dia mais frio da história no Distrito Federala temperatura mínima registrada na capital nesta sexta-feira (20) foi de 3,2ºC, na estação meteorológica do Gama. O índice foi atingido na madrugada e é resultado de uma massa de ar frio que se iniciou no Sul do Brasil e avançou pelo Sudeste e Centro-Oeste.

Na quinta-feira (19), a capital bateu recorde, com mínima de 1,4ºC no Gama . Antes, a temperatura mais baixa tinha sido registrada em de julho de 1975, quando o Plano Piloto marcou 1,6ºC. A série histórica na capital teve início em 1961.

Atualização: no início da manhã desta sexta-feira, o Inmet informou que a mínima registrada no DF era de 4ºC. No entanto, o índice foi atualizado pelo instituto para 3,2ºC por volta das 7h30.

Nesta sexta, em Planaltina, os termômetros marcaram a mesma temperatura registrada no Gama. Já no Plano Piloto, a mínima foi de 5ºC. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), no Paranoá e em Brazlândia, o índice ficou em 6ºC e 9ºC, respectivamente.

O Inmet não informa a temperatura média para todo o DF. Os registros são divulgados de acordo com cada estação meteorológica, em diferentes regiões administrativas.

Segundo o instituto, para o fim de semana, a onda de frio perde força e as temperaturas começam a subir gradativamente. No sábado (21), no entanto, o dia pode amanhecer com mínimas em torno dos 5ºC.

Já entre domingo (22) e segunda-feira (23), os termômetros devem registrar temperaturas próximas aos 10ºC nas primeiras horas da manhã, com máximas de 25ºC.

Abrigo

 

GDF abre albergue para pessoas em situação de rua se abrigarem do frio — Foto: TV Globo/Reprodução

GDF abre albergue para pessoas em situação de rua se abrigarem do frio — Foto: TV Globo/Reprodução

Na noite desta quinta-feira, começou a funcionar um albergue para pessoas em situação de rua se abrigarem do frio. O local funciona no ginásio do CIEF, na 907 Sul, e é administrado pela Secretaria de Desenvolvimento Social.

O albergue fica aberto apenas para pernoite, das 21h às 8h, e tem capacidade para receber 100 pessoas. No local, há distribuição de lanche, cobertores e é possível tomar banho. Com pouca divulgação, nesta quinta-feira, apenas 14 pessoas se abrigaram no albergue.

Ver mais
Publicidade

Escolha o assunto

Publicidade

Viu isso?