Nossa rede

É Destaque

Guedes se desculpa por associação de servidor público com “parasita”

Publicado

dia

Na última semana, Guedes criticou servidores públicos que se comportavam como “parasitas” do estado

Paulo Guedes: “Me expressei mal e peço desculpas” (Marcos Corrêa/PR/Flickr)

Rio de Janeiro  — O ministro da Economia Paulo Guedes, pediu desculpas aos servidores públicos brasileiros após declaração polêmica na sexta feira e afirmou, em entrevista à Reuters, que seu objetivo “jamais foi ofender as pessoas que cumprem seus deveres”.

“Me expressei mal e peço desculpas não só aos meus queridos familiares e amigos mas a todos os exemplares funcionários públicos a quem eu possa descuidadamente ter ofendido”, disse Guedes à Reuters nesta segunda-feira.

O ministro ressaltou que sua avaliação sobre os ganhos e privilégios do funcionalismo público brasileiro feita durante palestra na FGV –quando usou a expressão “parasita”– tinha como foco governos estaduais e municipais, e não os servidores públicos.

“Eu não falava das pessoas, mas sim de casos extremos em que Estados e municípios gastam toda a sua receita com salários elevados de modo que nada sobrava para educação, saúde, segurança e saneamento”, disse ele à Reuters.

Na sexta feira, ao falar sobre privilégios do funcionalismo, o ministro afirmou que “o hospedeiro está morrendo, o cara virou um parasita, o dinheiro não chega no povo e ele quer aumento automático. A população não quer isso”.

As declarações geraram manifestações contrárias de entidades que representam categorias do funcionalismo e, no fim da tarde de sexta, o ministério divulgou nota afirmando que a fala de Guedes havia sido tirada de contexto.

A polêmica acontece em momento em que o governo finaliza projeto de reforma administrativa em que proporá mudanças nas regras de reajustes salariais e de promoções para novos servidores. O texto, segundo afirmou Guedes, será enviado à Câmara nesta semana.

“Se o Estado existe para si próprio, então é como um parasita. O Estado perdulário maior que o hospedeiro, a sociedade”, afirmou Guedes nesta segunda-feira. “Eu não falava de pessoas e sim do risco de termos um estado parasitário, aparelhado polticamente e financeiramente inviável. O erro é sistêmico, e não é culpa das pessoas que cumprem seus deveres profissionais, como é o caso da enorme maioria dos servidores públicos”, acrescentou.

Em evento nesta segunda-feira no Rio de Janeiro, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, alertou para a importância de se evitar conflitos que possam prejudicar o debate em torno das reformas.

“Todos devem ser tratados com muito respeito porque o enfrentamento feito com termos pejorativos, que geram conflito, nos atrapalham no nosso debate“, afirmou Maia.

Clique para comentar

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

É Destaque

No Dia do Servidor Público, Ibaneis lança plano de saúde para funcionalismo do DF

Publicado

dia

Por

Benefício deve alcançar cerca de 500 mil pessoas. Cadastramento começa em 3 de novembro; veja detalhes.

Palácio do Buriti, em imagem de arquivo — Foto: Nicole Angel/ G1 DF

O governador Ibaneis Rocha (MDB) lançou, nesta quarta-feira (28) – Dia do Servidor Público – o plano de saúde para o funcionalismo do Distrito Federal. O benefício, batizado de “GDF Saúde”, deve alcançar cerca de 500 mil pessoas: 170 mil funcionários e 330 mil dependentes.

A medida, segundo o GDF, vai ajudar a “desafogar a rede pública de saúde“. A proposta é melhorar o atendimento da população nos hospitais públicos. O projeto vem sendo discutido há quase uma década. A previsão inicial era de que o plano começasse a operar em julho.

Inicialmente, o benefício terá cobertura no Distrito Federal e vai funcionar na modalidade de atendimento ambulatorial e hospitalar com obstetrícia, com custos divididos entre o servidor e o GDF. O cadastramento dos usuários começa na próxima semana (confira cronograma abaixo).

Cronograma de cadastro:

  • 3 de novembro: Secretaria de Saúde
  • 1° de dezembro: Secretaria de Educação
  • 4 de janeiro: demais órgãos e convênio

Carência e descontos

A previsão do Executivo é de que o plano de saúde possa ser usado pelos servidores após 30 dias do cadastro (carência). As mensalidades serão descontadas nas folhas de pagamento dos trabalhadores.

Para o titular, o desconto será de 4% da remuneração mensal bruta e, no caso de dependentes, mais 1% por familiar. Filhos de até 21 anos e cônjuges poderão usar o benefício. Em valores absolutos, segundo o GDF, a contribuições dos cofres públicos da capital pode chegar a R$ 216 milhões por ano.

O credenciamento dos beneficiários será feito pelo Banco de Brasília (BRB).

Cerimônia

A cerimônia de lançamento do plano de saúde foi realizada no Palácio do Buriti e contou com a presença do governador Ibaneis. A cerimônia, no entanto, gerou aglomeração.

Cerimônia de lançamento do plano de saúde de servidores públicos do GDF, no Palácio do Buriti — Foto: Arquivo pessoal

Cerimônia de lançamento do plano de saúde de servidores públicos do GDF, no Palácio do Buriti — Foto: Arquivo pessoal

Imagens divulgadas do evento no Salão Branco mostram pessoas aglomeradas, de máscaras. Nesta terça-feira (27), a capital registrou mais 12 mortes e 629 novos casos de Covid-19. O total de óbitos chega a 3.653 e o de infectados, a 210.774.

Regras

O GDF Saúde obedece às determinações da Agência Nacional de Saúde (ANS) e prevê o sistema de coparticipação. Nos atendimentos ambulatoriais, por exemplo, o servidor vai contribuir com 30% do valor tabelado para os serviços. Para os procedimentos hospitalares, a contribuição será de 5%.

Em 2019, o Executivo iniciou a implementação do plano de saúde dos servidores. O benefício entrou em vigor após assinatura do acordo de cooperação técnica entre o Instituto de Assistência à Saúde do Servidor (Inas), a Secretaria de Economia e o Banco de Brasília (BRB).

Ponto facultativo

Apesar do Dia do Servidor Público ser comemorado nesta quarta-feira (28), o ponto facultativo foi transferido para sexta-feira (30). A mudança foi publicada no Diário Oficial do DF (DODF), em 16 de outubro.

De acordo com a medida, o ponto facultativo vale para todos os funcionários da administração direta, indireta, autarquias, fundações, sociedades de economia mista e empresas públicas ligadas ao governo local.

Ver mais

É Destaque

Bolsonaro autoriza estudos sobre privatização de unidades básicas de Saúde

Publicado

dia

Por

Permissão via decreto foi assinada pelo presidente e pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, e publicada no Diário Oficial da União da última terça-feira (27/10)

(crédito: Evaristo Sa/ AFP)

O presidente Jair Bolsonaro autorizou, via decreto, estudos sobre modelo de privatização nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) via Programa de Parcerias de Investimentos (PPI). As UBS são a porta de entrada do Sistema Único de Saúde (SUS), fazendo o atendimento primário do paciente, como acompanhamento de doenças crônicas, para evitar que a pessoa desenvolva algo grave. Elas são instaladas nos bairros, próximas às casas das pessoas.

A autorização veio via decreto 10.350, publicado no Diário Oficial da União (DOU) da última terça-feira (28) e assinado por Bolsonaro e pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. Texto diz que “fica qualificada, no âmbito do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) da Presidência da República a política de fomento ao setor de atenção primária à saúde, para fins de elaboração de estudos de alternativas de parcerias com a iniciativa privada para a construção, a modernização e a operação de Unidades Básicas de Saúde dos Estados, do Distrito Federal e dos municípios”.

O decreto diz que os estudos têm como “finalidade inicial de estruturação de projetos pilotos”. A seleção será estabelecida em ato da Secretaria Especial do Programa de Parcerias de Investimentos do Ministério da Economia.

Conselho Nacional de Saúde

O presidente do Conselho Nacional de Saúde (CNS), Fernando Pigatto, se manifestou na última terça-feira contra o decreto. “Nós não aceitaremos a arbitrariedade do presidente da República”, afirmou. Pigatto informou que está sendo encaminhado para a Câmara Técnica da Atenção Básica (CTAB) está estudando o decreto para elaborar um parecer formal e tomar as providências legais. “O que precisamos é fortalecer o Sistema Único de Saúde”, frisou.

Ver mais

É Destaque

GDF define regras para visitação aos cemitérios no Dia de Finados

Publicado

dia

Por

Decreto fica em vigor até 6 de novembro. O texto obriga os espaços a seguirem todos os protocolos e medidas de segurança recomendados pelas autoridades sanitárias a fim de evitar a disseminação da covid-19

(crédito: Ed Alves/CB/D.A. Press)

Com o Dia de Finados se aproximando, o Governo do Distrito Federal publicou uma série de regras a serem seguidas durante o período de visitação aos cemitérios da capital federal. As normas têm como objetivo evitar a disseminação da covid-19.  O Decreto n° 41.392 foi publicado no Diário Oficial do DF desta quarta-feira (28/10) e fica em vigor até 6 de novembro. Neste período, o acesso aos visitantes será das 8h às 18h, exceto em 2 de novembro, quando será das 7h às 19h.

De acordo com o texto, os cemitérios são obrigados a seguirem todos os protocolos e medidas de segurança recomendados pelas autoridades sanitárias como forma de combate à pandemia. Entre as exigência estão estabelecer distância mínima de dois metros entre visitantes e grupos de visitantes, limitados a seis pessoas; uso de equipamentos de proteção individual, além de aferição de temperatura na entrada de ambientes fechados e definição revezamento de dia ou horário de trabalho

Os estabelecimentos também devem registrar horários de entrada e saída de servidores, assim como a temperatura, nome e função de cada um. Esses dados terão de ficar disponíveis para fiscalização. Por fim, os cemitérios  devem obedecer ao Protocolo de Manuseio de Cadáveres e Prevenção para Doenças Infectocontagiosas de Notificação Compulsória, com ênfase em covid-19, aprovada pela Portaria Conjunta nº 09, de 27 de março de 2020.

Cultos e missas

A realização de cultos e missas nos cemitérios do DF devem seguir as mesmas recomendações sanitárias. Além disso, o decreto recomenda  a instalação de barreiras físicas confeccionadas de material impermeável e de fácil higienização, como acrílico ou vidro, e a utilização protetores faciais do tipo “face shield” em locais de maior contato, como caixas ou balcões de atendimento.

Lanchonetes e restaurantes devem disponibilizar álcool em gel 70% a todos os clientes e realizar a higienização das cadeiras e mesas de uso coletivo, regularmente. Além disso, as mesas devem permanecer a uma distância de pelo menos dois metros uma das outras. Os estabelecimentos também devem priorizar o uso de descartáveis.

 

Ver mais

É Destaque

Mais de 60% das crianças ainda não foram vacinadas contra a pólio

Publicado

dia

Por

Campanha termina no dia 30 de outubro

Crianças com idade entre 1 ano e menores de 5 são vacinadas no posto de saúde Heitor Beltrão, na Tijuca, zona norte do Rio, para receber a dose contra a pólio e contra o sarampo.

Desde o início da Campanha Nacional de Vacinação, no dia 5 de outubro até hoje (26), apenas 35% das crianças (4 milhões) foram vacinadas contra a poliomielite. A campanha irá até o próximo dia 30 e 7,3 milhões de crianças ainda precisam ser levadas pelos pais ou responsáveis até os postos de saúde para vacinar. O público-alvo estimado é de 11,2 milhões das crianças de 1 a menores de 5 anos.

O estado que mais vacinou as crianças até agora foi o Amapá (62,59%), seguido do estado da Paraíba (50,11%). Rondônia foi o estado que menos vacinou, tendo atendido apenas 11,76% do público-alvo. A recomendação aos estados que não atingirem a meta é continuar com a vacinação de rotina, oferecida durante todo o ano nos mais de 40 mil postos de saúde distribuídos pelo país.

A campanha nacional ocorre junto com a campanha de multivacinação, que visa atualizar a situação vacinal de crianças e adolescentes menores de 15 anos. Nesta última são ofertadas todas as vacinas do calendário nacional de vacinação.

A poliomielite, também chamada de pólio ou paralisia infantil, é uma doença contagiosa aguda causada pelo poliovírus, que pode infectar crianças e adultos e, em casos graves, pode levar a paralisias musculares, em geral nos membros inferiores, ou até mesmo à morte. A vacinação é a única forma de prevenção.

Agência Brasil

Ver mais

É Destaque

Bolsonaro coordena hoje 38ª Reunião do Conselho de Governo

Publicado

dia

Por

Encontro é realizado no Palácio da Alvorada

O presidente Jair Bolsonaro coordena hoje (27), no Palácio da Alvorada, em Brasília, a 38ª Reunião do Conselho de Governo. Periodicamente, o alto escalão se reúne para avaliar as ações desenvolvidas e discutir as prioridades da agenda do governo federal.

O encontro começou às 8h15 e deve se estender por toda a manhã. Antes, Bolsonaro e os ministros presentes participaram da cerimônia de hasteamento da bandeira, na área externa do Alvorada. Desde o início do mandato, periodicamente, o presidente reúne o grupo para o momento cívico na entrada da residência oficial.

A agenda de Bolsonaro segue no Palácio do Planalto, à tarde, quando ele se reunirá com ministros, parlamentares e líderes religiosos.

À noite, na Base Aérea de Brasília, o presidente da República participa de um wokshop sobre o caça F-39 Gripen, aeronave produzida pela empresa sueca Saab e que terá a tecnologia transferida para o Brasil.

Ver mais

É Destaque

Sesc e Senac oferecem serviços gratuitos para trabalhadores do comércio

Publicado

dia

Por

Evento vai até 30 de outubro e ocorre no Guará

rabalhadores poderão escolher até dois serviços – (crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press – 5/3/13)

O Sesc-DF e o Senac-DF trazem diversas atividades que serão oferecidas apenas para os trabalhadores do comércio e dependentes para comemorar o dia do comerciário, em 30 de outubro. Os serviços de cabeleireiro, barbeiro, sobrancelha, esmaltação, maquiagem, massoterapia e podologia poderão ser realizados gratuitamente até sexta-feira (30/10), na unidade do Guará.

Além disso, nesta semana, todos os restaurantes da instituição vão comercializar as refeições com 50% de desconto e as academias oferecerão, para a matrícula dos novos alunos que aderirem ao plano anual, o valor de R$ 9,90 (nos primeiros três meses do plano citado). A promoção nas refeições irá funcionar nos restaurantes do Guará, Taguatinga Norte, Ceilândia e Gama. Já o plano para malhar nas academias valerá nas unidades da 504 Sul, de Taguatinga Norte, Taguatinga Sul, do Setor Comercial Sul (Edifício Presidente Dutra), Guará, Gama e de Ceilândia.

A diretora de Programas Sociais do Sesc-DF, Nina Fontes, explica que a programação foi criada para proporcionar mais qualidade de vida para população comerciária. “O Sesc surgiu para atender as demandas dos trabalhadores do comércio e por isso não poderíamos deixar de prestar essa homenagem trazendo duas semanas de atividades especiais para eles e seus dependentes. Sabemos da importância desse público para o fortalecimento da instituição e o Mês do Comerciário será uma oportunidade para usufruir de novos benefícios”, afirmou.

Os serviços realizados pelo Senac dentro das unidades do Sesc devem ser agendados por meio do Whatsapp da instituição no telefone (61) 8625-3721. Apenas comerciários e dependentes poderão usufruir, sendo que, cada um pode escolher até dois serviços. Ao longo da programação também haverá atividades de educação em saúde, alongamento e avaliação física.

Veja a programação:

Sesc Guará

26/10

9h às 13h – cabeleireiro, barbeiro e design de sobrancelha
14h às 18h – auriculoterapia, quick massagem e reflexologia podal

27/10

9h às 13h – quick massagem e reflexologia podal
14h às 18h – barbeiro e design de sobrancelha

28/10

9h às 13h – maquiagem e esmaltação

16h às 20h – cabeleireiro, barbeiro, design de sobrancelha

29/10

9h às 13h – barbeiro e design de sobrancelha
16 às 20h – maquiagem e esmaltação

30/10

9h às 18h – maquiagem e esmaltação
9h às 13h – quick massagem e reflexologia podal
14h às 18h – barbeiro e design de sobrancelha

Ver mais

Hoje é

quarta-feira, 28 de outubro de 2020

Publicidade

Disponível nosso App

Publicidade

Escolha o assunto

Publicidade

Viu isso?