Nossa rede

Notícias DF

Até o fim do mês, eventos incentivam a prevenção ao câncer de mama

Publicado

dia

Em referência ao Outubro Rosa, ações buscam orientar população contra a doença

Lançamento da exposição A Força da Mulher na Câmara Legislativa
(foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)

O Outubro Rosa chama a atenção para uma realidade difícil, mas que pode ser prevenida. O câncer de mama, quando diagnosticado precocemente, tem 95% de chance de cura. Por isso, mulheres e homens precisam estar atentos aos sinais. O mês dedicado à prevenção da doença é marcado por eventos voltados para o tema. O intuito é orientar e incentivar mulheres a realizar o autoexame, fazer os exames necessários e evitar uma eventual descoberta tardia.

O câncer de mama é o tipo mais comum da doença entre as mulheres, no mundo e no Brasil, depois do de pele não melanoma. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), historicamente, o Distrito Federal é a quarta unidade da Federação em novos casos da enfermidade, apresentando mil por ano. No Brasil, estima-se quase 60 mil novos diagnósticos anualmente.
Como a doença não exige notificação e muitas pessoas procuram atendimento particular, não há dados que apresentam, efetivamente, o número de pessoas diagnosticadas com a enfermidade. Sabe-se que na capital cerca de 60% das pacientes com câncer de mama dependem do Sistema Único de Saúde (SUS) para o tratamento.
Desde o início do mês, diversas ações ocorrem para disseminar informações sobre o câncer de mama. A Secretaria de Saúde lançou uma programação especial para o período. Até 31 de outubro, as Unidades Básicas de Saúde (UBS) e as policlínicas avaliarão as pacientes com mamografias, reconstrução mamária e distribuição de próteses externas e exame de prevenção.
De acordo com a pasta, no DF, não há fila de espera para a realização de mamografias. São oferecidas quase 3 mil vagas do exame por mês. Durante a campanha do Outubro Rosa, as pacientes podem procurar qualquer UBS ou policlínica, independentemente de onde more. A secretaria espera realizar 100 mil atendimentos este mês.
A Policlínica da 514 Sul abriu as portas para o exame de prevenção, encaminhamento para ecografia transvaginal e mamografia. Excepcionalmente em outubro, o atendimento será feito por cinco ginecologistas obstetras. Nesse tipo de assistência, não há a necessidade de agendamento. A paciente interessada procura pelo serviço e recebe acolhimento. O serviço é realizado por enfermeiros e técnicos de enfermagem na Sala da Mulher, chamada de Espaço Rosa. Em seguida, são conduzidas para os testes rápidos de HIV, sífilis e hepatite B e C.

Superação

Além das programações da saúde, outras ações se destacam. Na semana passada, a Recomeçar — Associação de Mulheres Mastectomizadas de Brasília lançou a exposição fotográfica A Força da Mulher. A mostra retrata a história de seis mulheres que tiveram o órgão reconstruído após mutilação decorrente do tratamento contra o câncer de mama. Por meio das fotos, elas mostram o resgate da autoestima, da feminilidade e da confiança. O intuito é apresentar uma abordagem positiva, focada na recuperação e na superação, além da reinserção e interação ativa delas na sociedade como transformadoras sociais.
A presidente e fundadora da Recomeçar, Joana Jeker, também venceu o câncer de mama. Ela recebeu o diagnóstico em 2007. À época, morava na Austrália e voltou ao Brasil para iniciar o tratamento e a reconstrução do seio no Hospital Regional da Asa Norte (Hran). Em 2011, fundou a associação e, desde então, tem trabalhado, ao lado de voluntárias, para fortalecer mulheres que descobriram a doença recentemente. “Queremos mostrar o que é o câncer. Essa é nossa forma de estimular e quebrar o tabu de que a doença é ligada à morte. Não, ela é, na verdade, um recomeço”, afirmou.
Para a aposentada Val Costa, 65 anos, ações como as que ocorrem durante o Outubro Rosa podem salvar vidas. Foi em um autoexame que ela descobriu o câncer de mama. “Se eu não conhecesse o meu corpo, o nódulo passaria despercebido. A exposição é uma forma de despertar as mulheres e dizer que somos sobreviventes. O nosso papel é esse: ajudar a conscientizar que a luta é grande e que a gente tem de ir sem medo”, ressaltou.
A dona de casa Sheyla Machado, 52, chegou a fazer a mamografia, mas percebeu a doença pelo toque. “É importante lembrar que o nódulo não aparece só na mama. No meu caso, ele apareceu embaixo, em uma parte que o mamógrafo não identificou. O Outubro Rosa é importante para isso. A gente conta a nossa experiência e alerta as outras mulheres. Depois de mim, outras familiares foram diagnosticadas com o câncer de mama. E eu virei um símbolo de força para elas”, contou.

Programe-se

Saúde

» Mamografia
» Em qualquer nidade Básica de
» Saúde (UBS) ou policlínica
» Até 31 de outubro
» Reconstrução Mamária
» Hospital Regional de Taguatinga (HRT)
» De 21 a 25 de outubro
» Distribuição de próteses mamárias externas
» Núcleo Ambulatorial de Órteses e Próteses e Materiais Especiais, na Estação de Metrô 114 Sul
» Até 31 de outubro (até a data, será feito o cadastro para, posteriormente, retirar o acessório, confeccionado sob medida)
» Exame de prevenção e encaminhamento para ecografia transvaginal e mamografia
» Policlínica da 514 Sul
» Até 31 de outubro
» De segunda a sexta-feira, das 7h às 12h, e das 13h às 18h
» Não há necessidade de agendamento

Exposição

» A Força da Mulher
» Galeria do Senado Federal
» Até 18 de outubro
» Espaço Mário Covas da Câmara dos Deputados
» De 21 a 25 de outubro
» Hall de entrada do Plenário da Câmara Legislativa
» Até 31 de outubro
Comentário

É Destaque

Servidores do GDF terão feriadão prolongado a partir desta quarta-feira

Publicado

dia

Por causa do encontro dos Brics, funcionários públicos do DF e de parte dos Três Poderes terão ponto facultativo nesta quarta-feira (13/11) e quinta-feira, véspera do Dia da Proclamação da República. Saúde, educação e transporte sofrerão alterações

O tráfego de veículos na Esplanada dos Ministérios ficará suspenso por 48 horas, na quarta e na quinta-feira
(foto: Helio Montferre/Esp. CB/D.A Press)

Os servidores públicos do Distrito Federal e de parte dos Três Poderes terão feriado prolongado a partir desta quarta-feira (13/11). De acordo com decreto assinado pelo governador Ibaneis Rocha (MDB), 13 e 14 de novembro serão ponto facultativo para o funcionalismo, emendando com o Dia da Proclamação da República, na sexta-feira. Por isso, é importante estar atento aos serviços do governo nessas datas para não perder tempo saindo de casa. Além disso, a Esplanada dos Ministérios ficará interditada nesse período.

O chefe do Executivo local deliberou pelo feriadão, levando em consideração a XI Cúpula da Coordenação entre Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul (Brics), a ser realizada em Brasília nas datas que antecedem o 15 de novembro. O decreto determina que unidades que prestam atendimentos essenciais à população deverão manter escalas, para garantir o fornecimento ininterrupto dos serviços.

Na quarta-feira, a maior parte do funcionalismo público atenderá até as 12h, como é o caso das consultas e dos atendimentos nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), em ambulatórios hospitalares, na Farmácia do Componente Especializado e na Farmácia de Alto Custo. Quem tiver horário marcado nas unidades de saúde após o meio-dia terá os exames reagendados. Os serviços de emergência dos hospitais, das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e do Hemocentro não sofrerão alterações.

Os trabalhadores que dependem do transporte público precisarão se organizar para evitar imprevistos. Enquanto a Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô/DF) funcionará normalmente no período, os horários dos ônibus serão alterados. Até as 14h de quarta-feira, os coletivos que ligam as regiões administrativas seguirão a escala normal. Depois disso e até o fim do feriadão, motoristas e cobradores farão viagens conforme a escala de sábado.

A segurança pública do Distrito Federal, que inclui o Corpo de Bombeiros Militar, a Defesa Civil e as polícias Civil e Militar, trabalhará em escala de fim de semana. Isso não afetará o atendimento 24 horas para toda a população no feriadão. Postos do Departamento de Trânsito (Detran) e do Na Hora funcionarão até as 12h desta quarta-feira (13/11). Na quinta e na sexta-feira, não haverá expediente.

Trânsito

O tráfego será fechado na Esplanada dos Ministérios por 48 horas, na quarta e na quinta-feira. A Via S1, que desce para o Congresso Nacional, será interditada na altura da Catedral. Nenhum motorista poderá acessar a N1, que sobe para a Rodoviária do Plano Piloto. A interdição começa na L4, perto do Corpo de Bombeiros, e se estende até a L2 Norte. O trânsito também será interrompido na S2, na altura da L2 Sul (rotatória atrás da Catedral) até a L4 Sul, ao lado da Procuradoria-Geral da República. Na N2, o fluxo de veículos será fechado desde o Buraco do Tatu.

As alterações no trânsito também alcançarão as proximidades do Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB), no Setor de Clubes Esportivos Sul. As reuniões do Brics ocorrerão no local; por isso, as vias de acesso serão fechadas da 0h às 20h desta quarta-feira (13/11).

Colaborou Cibele Moreira

Três Poderes

Os servidores públicos da Esplanada dos Ministérios também terão ponto facultativo nesse dois dias. Assinada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, a portaria saiu publicada no Diário Oficial da União, em edição extraordinária. A norma dispensa do trabalho os servidores da administração pública federal durante o encontro do Brics. A portaria vale apenas para os órgãos localizados na Esplanada ou em vias adjacentes.

O que abre e o que fecha

Saúde
As Unidades Básicas de Saúde, os ambulatórios e a Farmácia do Componente Especializado funcionam até as 12h desta quarta-feira (13/11). Na quinta e na sexta-feira, os serviços não funcionam e serão reagendados. O Samu, as emergências hospitalares e as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) não sofrerão alterações. O Hemocentro fechará no dia 15, sexta-feira.

Segurança
A Defesa Civil funciona em esquema de plantão, com equipe de campo e emergências pelo 199. Usuários com vistorias marcadas para quarta-feira à tarde e quinta-feira deverão procurar os postos onde houve o agendamento, entre 18 e 20 de novembro. O Corpo de Bombeiros trabalha em escala diferenciada entre esta quarta-feira (13/11) e sexta-feira. A Polícia Militar não terá expediente administrativo entre as 13h de quarta-feira e a quinta-feira. A Polícia Civil funciona em escala de plantão de fim de semana a partir desta quarta-feira (13/11). A Delegacia Eletrônica funciona normalmente (https://delegaciaeletronica.pcdf.df.gov.br).

Educação
Nesta quarta-feira (13/11), cada escola seguirá escala própria e ficará responsável por informar aos pais se haverá aula ou não. Na quinta e na sexta, não haverá aula.

Transporte
O serviço do metrô não sofrerá alteração nesta quarta-feira (13/11) e quinta-feira. Os ônibus circulares (dentro das cidades) rodarão sem mudanças nesta quarta-feira (13/11). Na quinta e na sexta-feira, seguirão escala de sábado. As linhas que ligam as regiões administrativas só funcionarão normalmente até as 14h desta quarta-feira (13/11). A partir desse horário, seguem a tabela de sábado.

Trânsito
Postos do Departamento de Trânsito (Detran) e do Na Hora funcionarão até as 12h desta quarta-feira (13/11). Na quinta e na sexta-feira, não haverá expediente.

Bancos
As agências do Banco do Brasil funcionarão normalmente até quinta-feira, mas fecham no feriado da Proclamação da República. A Caixa Econômica Federal não respondeu à reportagem.

Esporte
Os Centros Olímpicos e Paralímpicos do Distrito Federal aderiram ao ponto facultativo e não funcionarão a partir desta quarta-feira (13/11).

Ver mais

Cultura

Exposição reúne fotos inéditas da construção do 1º clube na orla do Lago Paranoá

Publicado

dia

Mostra exibe 40 fotos, documentos e recortes de jornais de 1959 a 1970. Evento ocorre neste sábado (9) com entrada gratuita.

Fotografia exibida em mostra de comemoração aos 60 anos de fundação do Cota Mil Iate Clube, em Brasília — Foto: Cota Mil/Divulgação

O primeiro clube da orla do Lago Paranoá comemora 60 anos com uma exposição de fotografias inéditas de quando Brasília ainda estava em construção e o lago sequer tinha terminado de encher. As imagens resgatam a fundação do Cota Mil Iate Clube, em novembro de 1959 (veja algumas abaixo).

A mostra vai exibir, neste sábado (9), 40 imagens de um acervo de mais de 300 registros históricos, entre fotos, documentos e recortes de jornais datado entre 1959 e 1970. A entrada é gratuita.

Programe-se

Exposição 60 anos do Cota Mil Iate Clube

  • Data: 9 de novembro
  • Hora: das 10h às 17h
  • Local: SCES Tr. 2 Cj. 26/27 Lt. 2
  • De graça
Fotografia exibida em mostra de comemoração aos 60 anos de fundação do Cota Mil Iate Clube, em Brasília — Foto: Cota Mil/Divulgação

Fotografia exibida em mostra de comemoração aos 60 anos de fundação do Cota Mil Iate Clube, em Brasília — Foto: Cota Mil/Divulgação

Fotografia exibida em mostra de comemoração aos 60 anos de fundação do Cota Mil Iate Clube, em Brasília — Foto: Cota Mil/Divulgação

Fotografia exibida em mostra de comemoração aos 60 anos de fundação do Cota Mil Iate Clube, em Brasília — Foto: Cota Mil/Divulgação

Fotografia exibida em mostra de comemoração aos 60 anos de fundação do Cota Mil Iate Clube, em Brasília — Foto: Cota Mil/Divulgação

Fotografia exibida em mostra de comemoração aos 60 anos de fundação do Cota Mil Iate Clube, em Brasília — Foto: Cota Mil/Divulgação

Fotografia exibida em mostra de comemoração aos 60 anos de fundação do Cota Mil Iate Clube, em Brasília — Foto: Cota Mil/Divulgação

Fotografia exibida em mostra de comemoração aos 60 anos de fundação do Cota Mil Iate Clube, em Brasília — Foto: Cota Mil/Divulgação

Ver mais

Notícias DF

Metrô-DF terá horário especial no domingo em razão do Enem

Publicado

dia

Estações estarão abertas das 7h às 20h no dia do exame (10/11)

Participantes do Enem terão uma hora a mais para utilizar o metrô após a prova deste domingo (10/11)
(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)

O Metrô-DF funcionará em esquema especial, neste domingo (10/11), em função do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Com isso, os participantes terão uma hora a mais para utilizar o transporte após a prova. As estações estarão abertas das 7h às 20h. O horário de funcionamento normal vai até as 19h.
De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o primeiro dia de prova, no domingo passado (3/11), contou com 71.858 participantes, no Distrito Federal: 75% dos 95.862 inscritos. Os concorrentes testaram seus conhecimento em redação, linguagens, códigos e suas tecnologias, além de ciências humanas e suas tecnologias.
Neste domingo (10/11), as provas serão de ciências da natureza e suas tecnologias, além de matemática e suas tecnologias. A aplicação terá cinco horas de duração e os portões serão abertos às 12h. O fechamento dos portões será às 13h.
Ver mais

Disponível nosso App

Publicidade

Escolha o assunto

Publicidade