Nossa rede

Espaço Mulher

As 5 dúvidas mais comuns sobre cuidado das unhas

Publicado

dia

Alongamentos estragam a unha? Esmaltes escuros a enfraquecem? Saiba alguns mitos e verdades

Cuidar das unhas se tornou uma das principais rotinas da beleza feminina. Cada vez mais surgem tendências e novas colorações de esmaltes. Mas, além de acompanhar as novidades, é também essencial entender um pouco mais sobre a saúde das suas unhas.

Para saber quais são os mitos e verdades na área das unhas, a equipe de CLAUDIA conversou com as manicures Jay e Diana, especialistas do Espaço Soul, em São Paulo. Confira:

 (Amir Mukhtar/Getty Images)

Alongamentos estragam a unha?

MITO: Com a manutenção, cuidados corretos e não alergia aos componentes do processo, o alongamento não estraga as unhas naturais. Porém é importante cuidar e hidratar as unhas.

Alongamento em fibra de vidro é melhor do que o de gel?

MITO: Não necessariamente. Existem diversos tipos de alongamentos, como de acrílico, fibra de vidro, gel e tips. Você deve escolher o seu pensando no que irá se adaptar melhor à sua rotina e o que está dentro do seu orçamento.

Um fator que cria um diferencial entre os diferentes tipos é a troca de cor. O alongamento com fibra de vidro é resistente e tem a vantagem de suportar a acetona, facilitando a troca de esmalte em casa. Já o de gel é um pouco mais barato, porém corrói mais facilmente com acetona.

 (PeopleImages/Getty Images)

Tirar as cutículas com frequência prejudica as unhas?

VERDADE: “A cutícula é mesmo a proteção das unhas. Por isso, o ideal é sempre retirá-las superficialmente, mantendo um formato bonito sem prejudicá-las”, afirma Jay.

Uma dica para quem se incomoda com o rápido crescimento das peles é praticar uma rotina de cuidados cujo o principal foco é a hidratação. Os produtos que podem ser utilizados são as manteigas e os óleos específicos para as cutículas.

 (debbiehelbing/Getty Images)

Lavar muita louça prejudica as unhas?

VERDADE: O contato em excesso com a água pode estragar sua manicure. Isso porque a unha é feita de várias camadas de queratina (proteína) e a penetração excessiva de água pode deixar as camadas amolecidas.

Uma dica para evitar os problemas é usar luvas ao manipular produtos, aplicar hidratantes de mão e cutículas e reaplicar a top cot periodicamente.

 (mikroman6/Getty Images)

Esmalte escuro enfraquece as unhas?

MITO: A cor do esmalte não interfere na saúde das unhas. O que é verdade é que é interessante deixar as unhas sem esmalte de vez em quando, já que o excesso de produto pode deixá-las amareladas.

 

 

Comentário

Espaço Mulher

Cisteamina e microagulhamento: o que há de novo no tratamento para melasma

Publicado

dia

Além deles, o combate a estas manchas na pele pode ganhar o reforço de um ácido tradicionalmente usado em hemorragias.

(evgenyatamanenko/Getty Images)

Caracterizado por manchas castanhas que aparecem principalmente no rosto de mulheres em idade fértil – embora possam acometer outras partes do corpo e também mulheres de outras idades e homens –, o melasma não chega a causar nenhum problema físico de saúde, mas pode comprometer bastante a autoestima das pessoas. E, como sabemos, saúde mental é importante e deve ser preservada e tratada.

Pode ser que o fator desencadeante seja o uso de pílula anticoncepcional, a gravidez, a exposição ao sol e mesmo às luzes ultravioletas e visíveis ou uma predisposição genética. Não importa: procurar um tratamento para se livrar das manchas e ficar em paz ao se olhar no espelho é sempre uma boa ideia.

A abordagem tradicional contra essas marcas da pele é com creme de fórmula tríplice (à base de ácido retinoico, hidroquinona e corticoide), mas o cenário começa a mudar com alternativas mais eficazes e menos controversas de tratamentos – quando usada por períodos muito contínuos, a hidroquinona pode causar dermatite de contato e manchas irreversíveis na pele, como as branco-azuladas da ocronose.

As dermatologistas Denise Steiner e Monica Fialho (diretora da Clínica BarraSkin-RJ) contaram ao MdeMulher o que há de mais moderno para o tratamento de melasma.

Antes de irmos a eles, cabe um aviso: todos os tratamentos para pele sempre devem ser realizados por médico ou médica dermatologista, em consultório ou ambiente hospitalar adequado.

Cisteamina: a revolução no tratamento de melasma

Assim como a hidroquinona, a cisteamina é uma substância clareadora. Sua grande vantagem é não apresentar os efeitos colaterais de sua sucessora.

Ela já vinha sendo estudada havia cerca de cinco anos, mas a dificuldade para neutralizar seu odor forte dificultava sua aplicação comercial. Em 2019, na Suíça, finalmente conseguiram torná-la viável e iniciar tratamentos com ela.

Sua ação é antioxidante e aumenta a quantidade de glutadiona dentro da célula provocando o clareamento da região.
Apesar de não ter efeitos colaterais, a cisteamina é forte, por assim dizer, e requer alguns cuidados. Para começar, a pele não deve ser lavada imediatamente antes de sua aplicação – a proteção da oleosidade natural é muito bem-vinda para que ela não agrida a pele.

Uma vez passada na pele, a cisteamina deve ser retirada depois de cerca de uma hora com água corrente am abundância. Dormir com ela, nem pensar! O clareamento da mancha do melasma começa a ser notado depois de 30 dias de tratamento.

Microagulhamento contra o melasma

Além de estimular a formação de colágeno, a técnica que perfura camadas de pele com agulhas pequeninas melhora sua vascularização e a ação dos melanócitos (células produtoras de melanina, responsáveis pela pigmentação cutânea), diminuindo gradativamente as manchas do melasma.

Ácido tranexâmico: uma potencial novidade contra o melasma

Tradicionalmente usado no tratamento de hemorragias, o ácido tranexâmico surge como uma potencial alternativa para o tratamento via oral do melasma. Desde 2006, sua aplicação para este fim vem sendo estudada na Coreia do Sul – e os resultados são animadores.

Denise explica que a substância gera uma reação química em relação aos estímulos que levam ao melasma e consegue neutralizar e cortar o primeiro estímulo causador das manchas, seja ele hormonal ou de luz. “É um remédio fora da curva. Por mexer na consistência do sangue, é preciso um cuidado de pesquisa de histórico de trombose e de condição cardíaca da pessoa e de seu histórico familiar”, alerta a dermatologista.

Por enquanto, não há previsão de quando o uso comercial do ácido tranexâmico será considerado ok para o tratamento do melasma.

Ver mais

Espaço Mulher

O brinco de pérola é um clássico para nunca deixar de lado

Publicado

dia

O modelo de brinco é daqueles acessórios que dá um ‘up’ em qualquer look

Não importa qual seja a sua idade, você com certeza já teve ou tem algum brinco de pérola. Esse clássico sempre fez o maior sucesso no mundo da moda, mas agora voltam com tudo e são o destaque da estação.

Os brincos de pérola estão disponíveis em vários modelos. Desde o mais tradicional, como aqueles com uma pedra única, até os mais modernos. Tudo para agradar a todos os gostos.

O modelo de brinco é perfeito para quem quer trazer um ar mais clássico ao look, deixando-o mais estiloso. Confira 8 modelos de brincos de pérolas para se inspirar:

Brincos de pérolas

 (Divulgação/Divulgação)

1. Brincos de pérolas, Zara, R$ 29*

2. Brinco ouro amarelo pérolas, Vivara, R$ 320*

3. Brinco ear cuff pérolas, Amaro, R$ 29,90*

4. Brinco de ouro 18k pérola pendurado BR14074, Jóias Gold, R$ 394,50*

5. Brinco Pérola com Zircônia, Monte Carlo, R$ 290*

6. Brinco duplo pérola, Amaro, R$ 39,90*

7. Brincos de pérolas, Zara, R$ 29*

8. Brinco assimétrico argola e pérolas, Amaro, R$ 29,90*

*Preços consultados em julho de 2019. Sujeitos a alteração.

 

Ver mais

Espaço Mulher

Nail art com transparência é tendência no Instagram

Publicado

dia

O modelo é uma boa pedida para quem gosta de praticidade ao fazer as unhas

Depois de tantas tendências de unhas exageradas, como as encapsuladas e também as unhas de gel, a pedida da vez são as unhas minimalistas e “transparente”. A nail art valoriza a unha natural e chega até a deixar grande parte da unha sem esmalte; ela está bombando no Instagram.

As unhas minimalistas consistem em fazer desenhos ou aplicações nas unhas naturais sem usar coloração por completo. O resultado fica superdelicado e moderninho.

O melhor de tudo é que por não apresentarem uma cor predominante, fica mais fácil de combinar com o look e também de fazer a manutenção! Confira algumas unhas minimalistas para se inspirar:

Unhas minimalistas

 (@betina_goldstein/Instagram)

Unhas minimalistas

 (@betina_goldstein/Instagram)

Unhas minimalistas

 (@betina_goldstein/Instagram)

Unhas minimalistas

 (@heymichellelee/Instagram)

Unhas minimalistas

 (@ heymichellelee/Instagram)

Unhas minimalistas

 (@betina_goldstein/Instagram)

 (@betina_goldstein/Instagram)

 (@betina_goldstein/Instagram)

Ver mais
Publicidade

Escolha o assunto

Publicidade