Nossa rede

Tecnologia

Uber vai permitir gravar conversas durante as viagens

Publicado

dia

Arquivos de áudio poderão ser utilizados para denunciar o comportamento de motoristas e passageiros do aplicativo

Uber: aplicativo de transporte vai ganhar novos recursos de segurança (Germano Lüders/Exame)

São Paulo – A Uber vai permitir que motoristas e passageiros possam gravar em áudio as conversas realizadas durante as viagens pelo aplicativo de transporte. Anunciada nesta quarta-feira (6), a novidade é mais uma tentativa da companhia americana para introduzir mais segurança ao serviço.

O recurso poderá ser utilizado tanto por passageiros como por motoristas e será incorporado ao app a partir de dezembro. Para iniciar a gravação, os usuários precisarão apenas acionar o botão e formato de escudo azul que está presente dentro da plataforma.

Diferentemente de um gravador comum, porém, a ferramenta não vai permitir que os áudios sejam escutados após a gravação. Apesar de ficarem armazenadas no celular, as gravações serão compactadas e não ocuparão uma parcela significativa de espaço interno do aparelho.

A missão de escutar os áudios será da central de atendimento da Uber. A companhia é a única que possui as chaves para quebrar a criptografia dos áudios e, assim, executá-los. Contudo, a empresa só fará isso nas conversas que forem submetidas em denúncias de comportamento irregular de motoristas e passageiros.

Mais segurança

Além de permitir gravar as conversas ocorridas dentro dos veículos, a Uber também anunciou uma série de novos recursos para aumentar a segurança de quem utiliza o aplicativo de transporte. Principalmente na América Latina. Apesar de contar com apenas 8% da população mundial, a região concentra 37% dos crimes violentos do mundo inteiro.

Um dos planos é realizar uma nova verificação da identidade dos passageiros e dos 1,4 milhão de condutores que trabalham como motoristas no aplicativo. Além disso, usuários que quiserem realizar pagamentos em dinheiro precisarão passar por uma etapa adicional de segurança que vai solicitar o envio de um comprovante de identidade.

Outra novidade que desembarcará ao País após uma experiência positiva em outros mercados será a checagem de rotas. Caso o passageiro se sinta desconfortável com a rota feita pelo condutor, ele poderá solicitar que o aplicativo faça uma checagem do caminho escolhido. Caso o trajeto não seja adequado, a startup vai entrar em contato com o condutor.

Comentário

Tecnologia

Projeto secreto recolhe dados de milhões de norte-americanos, diz WSJ

Publicado

dia

Publicação do Wall Street Journal afirma que Google terá dados como resultados de laboratório, diagnósticos de médicos e registros hospitalares

Google: empresa está se aliando com uma companhia de saúde para o recolhimento de informações pessoais (Reprodução/Flickr)

Bangalore, Índia – O Google está se aliando com uma companhia de saúde em um projeto secreto para recolhimento de informações pessoais de milhões de norte-americanos em 21 Estados dos Estados Unidos, publicou o Wall Street Journal nesta segunda-feira.

O Google lançou o “Projeto Nightingale” no ano passado com a companhia norte-americana Ascension, segundo o jornal, que citou fontes a par do assunto e documentos internos. Google e Ascension não comentaram o assunto de imediato.

Os dados envolvidos no Projeto Nightingale incluem resultados de laboratório, diagnósticos de médicos e registros hospitalares, entre outras categorias. As empresas pretendem formar um histórico de saúde completo com nomes de pacientes e datas de nascimento, publicou o WSJ.

A notícia foi publicada pouco depois que o Google anunciou a compra da Fitbit por 2,1 bilhões de dólares, pretendendo entrar no segmento de dispositivos vestíveis e investir em sistemas digitais de saúde.

Ver mais

Tecnologia

Desenvolvedores alemães trazem mostra interativa de games a Brasília

Publicado

dia

Exposição fica na galeria do Sesc da 504 Sul até 29 de novembro. Entrada é gratuita.

Game Solitune dos desenvolvedores alemães — Foto: Reprodução

Desenvolvedores alemães trazem a Brasília uma mostra interativa de jogos digitais. O evento ocorre até 29 de novembro no Sesc da 504 Sul, com entrada gratuita.

“A nova geração de games alemães” promove a cena independente de criação de jogos na Alemanha.

Game TRI, da desenvolvedora alemã RatKing — Foto: Reprodução

Game TRI, da desenvolvedora alemã RatKing — Foto: Reprodução.

Os visitantes poderão experimentar uma nova leva de games, desde versões mais “emocionais” até jogos tradicionais de construção e simulação de aventura.

A curadoria da exposição é de Jana Reinhardt e Friedrich Hanisch, fundadores da empresa de criação de jogos RatKing.

Game Power of Love, da RatKing — Foto: Reprodução

Game Power of Love, da RatKing — Foto: Reprodução.

Programe-se
‘A nova geração de games alemães’

Data: até 29 de novembro (de segunda a sexta-feira)
Horário: das 8h às 18h
Local: Galeria do Sesc 504 Sul
De graça

Ver mais

Tecnologia

Windows deveria ser o Android de hoje, mas Bill Gates se distraiu

Publicado

dia

“Vocês todos estariam no Windows Mobile hoje, não no Android, mas eu estraguei tudo”, disse Bill Gates em conferência do NYT

Fundador da Microsoft, Bill Gates, durante encontro no Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça (Denis Balibouse/Reuters)

São Paulo – Um dos fundadores da Microsoft, Bill Gates, revelou que o sistema Android, hoje utilizado por milhões ao redor do mundo deveria ser o Windows Mobile, se ele não estivesse distraído na época. A declaração foi dada durante uma entrevista que ocorreu na Conferência DealBook do jornal New York Times, NYT.”Vocês todos estariam no Windows Mobile hoje, não no Android, mas eu estraguei tudo”, disse Gates nesta quinta-feira, 7.

De acordo com Gates, ele e a equipe desperdiçaram a chance de a empresa conseguir desenvolver o Windows Mobile a tempo para a Motorola, marca de celular que estrearia seu sistema, porque o cofundador da Microsoft estava distraído com a lei de antitruste, que estava sendo apresentada na época pelo Departamento de Justiça.

Ele acredita que, caso não estivesse atrasado em entregar o produto para a Motorola, o Windows Mobile seria o software mais popular dos dias atuais – e não o Android.

“Estávamos apenas três meses atrasados ​​com o lançamento que a Motorola usaria em um telefone. Portanto, é um jogo de vencedor leva tudo, com certeza, mas agora ninguém aqui ouviu falar do Windows Mobile”, disse Gates ao lamentar o seu atraso com o desenvolvimento do produto, que acabou permitindo que a Motorola utilizasse o sistema Android pela primeira vez e desse início para a popularidade do software nos Estados Unidos e, depois, no resto do mundo.

Sobre a lei antitruste, que acabou retardando o progresso do Windows Mobile, Gates acredita que também pode ser vista como positiva: segundo ele, os problemas envolvendo a lei e os projetos da Microsoft permitiram que ele se aposentasse mais cedo do que o esperado – o empresário se aposentou em 2008 -, lhe dando a oportunidade de investir na instituição filantrópica sem fins lucrativos que dirige com sua mulher, a Fundação Bill e Melinda Gates.

Ver mais

Disponível nosso App

Publicidade

Escolha o assunto

Publicidade