Nossa rede

Aconteceu

Empresa argentina vem conhecer capital digital onde poderá se instalar

Publicado

dia

O governo do Distrito Federal apresentou hoje a representantes da UnitecBlue, empresa argentina de nanotecnologia, o Parque Tecnológico Capital Digital com o objetivo de mostrar os diferenciais da cidade para a provável instalação da primeira fábrica de chips eletrônicos no país.

“As condições de mercado no Brasil são mais favoráveis do que na Argentina. Precisamos do apoio do governo em curto, médio e longo prazo para elaborar um plano de negócios e entender o alcance do nosso empreendimento”, disse o diretor comercial da UnitecBlue, Horacio Huergo.

O diretor da Companhia Imobiliária de Brasília (Terracap), José Humberto Matias explicou ao grupo o processo de instalação da fábrica no Parque Tecnológico: “Queremos reunir empresas da área de tecnologia que dominem o mercado. Para isso, vamos negociar incentivos fiscais, tributários e creditícios”, disse.

Durante a conversa, os secretários de Ciência, Tecnologia e Inovação, de Desenvolvimento Econômico e de Assuntos Internacionais procuraram apresentar algumas comodidades que a cidade oferece, como proximidade do parque, com áreas de lazer e moradia, além de um mercado consumidor.

“Temos o terceiro maior mercado de tecnologia do País. Esse governo tem como prioridade atrair empresas de base tecnológica para que Brasília avance ainda mais nesse setor”, destacou o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Glauco Rojas.

O secretário da Assessoria Internacional, Odilon Frazão, disse que pretende criar um grupo de trabalho para viabilizar a vinda da empresa: “A UnitecBlue é uma grande oportunidade dentro do planejamento estrutural do DF”, declarou.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico, Gutemberg Uchôa, se confirmada a vinda da empresa, Brasília estará na vanguarda da tecnologia: “Será um ecossistema de inovação, que permitirá agregar empresas complementares que podem integrar a sua cadeia produtiva”, defendeu.

A UnitecBlue integra a Corporación América, uma holding da Argentina que concentra seus negócios em diversas atividades, como administração e operações de aeroportos, terminais de carga e descarga, redes de varejo, agronegócio infraestrutura, energia e serviços.

A empresa mostrou interesse em erguer a fábrica no Parque Tecnológico durante missão da comitiva do GDF em Buenos Aires, no início do mês.

Atualmente, a UnitecBlue produz 150 milhões de chips por ano e é fornecedora da Visa, da MasterCard e da Redecard.

Aconteceu

Após morte de ex-diretor, CEF 410 Norte inicia aulas com pais apreensivos

Publicado

dia

Laudo da Polícia Civil indica que o professor Odailton Charles de Albuquerque Silva, 50 anos, possa ter sido envenenado na escola

Preocupados, dezenas de pais acompanharam os filhos no volta às aulas e permaneceram em frente à unidade até ter um pronunciamento
(foto: Walder Galvao/CB/D.A Press)

Centenas de alunos do Centro de Ensino Fundamental (CEF) 410 da Asa Norte voltaram às aulas na manhã desta segunda-feira (10/2). O ex-diretor da unidade de ensino Odailton Charles de Albuquerque Silva, 50 anos, morreu após ter sido envenenado. A Polícia Civil investiga se o crime aconteceu dentro da escola e se foi cometido por um colega de trabalho da vítima.

O clima na unidade de ensino é de apreensão. Preocupados, dezenas de pais acompanharam os filhos no volta às aulas e permaneceram em frente à unidade até ter um pronunciamento. Às aulas estavam marcadas para começar às 7h30 e às 7h45 um funcionário da escola anunciou que os responsáveis poderiam entrar junto com os filhos.

Por volta das 8h, os pais começaram a deixar a unidade e as aulas tiveram início. Um dos pais, que preferiu não identificar, reclamou que faltam informações. “Não sabemos se a escola passou por alguma vistoria. Até agora, não tivemos nenhuma reunião para tratar do assunto. A verdadeira preocupação precisa ser com as crianças”, afirmou.

 

 

Ver mais

Aconteceu

Polícia Civil prende grupo especializado em furto de carros no DF e Entorno

Publicado

dia

A Coordenação de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Corpatri) cumpriu mandados de prisão e de busca e apreensão no Gama, Santa Maria, Novo Gama, Valparaíso de Goiás e Luziânia

De acordo com as investigações, o grupo é responsável pela subtração de pelo menos 35 veículos em um período de aproximadamente um ano
(foto: Divulgação/PCDF)

A Polícia Civil prendeu um grupo acusado de integrar uma organização criminosa especializada em furto de veículos, adulteração de sinais identificadores, desmonte de venda. Na manhã desta segunda-feira (10/2), a Coordenação de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Corpatri) cumpriu mandados de prisão e de busca e apreensão no Gama, Santa Maria, Novo Gama, Valparaíso de Goiás e Luziânia.

De acordo com as investigações, o grupo é responsável pela subtração de pelo menos 35 veículos em um período de aproximadamente um ano. Os furtos aconteciam em diversas regiões do DF e, em seguida, eram levados para os municípios do Entorno. Lá, a quadrilha adulterava os sinais identificadores e comercializavam os carros e peças.
As investigações possibilitaram a identificação de pelo menos oito integrantes da organização criminosa, com idades entre 21 e 56 anos. Cada um desempenhava uma ou várias tarefas no esquema. Os suspeitos têm antecedentes criminais por crimes contra o patrimônio, como: furto, receptação, roubo e adulteração de veículos, além de associação criminosa.
Ver mais

Aconteceu

Acidente de trânsito deixa quatro pessoas feridas na BR-080

Publicado

dia

Dois veículos bateram de frente na rodovia, próximo a Brazlândia, deixando três mulheres e um homem feridos

Após a colisão, um dos carros parou no canteiro da rodovia e o outro em uma das faixas da da via, que precisou ser bloqueada
(foto: Divulgação/CBMDF)

Um acidente de trânsito deixou quatro pessoas feridas na BR-080, na manhã desta segunda-feira (10/2). Dois veículos bateram de frente na rodovia, próximo a Brazlândia. As vítimas, entre elas três mulheres e um homem, foram atendidas pelo Corpo de Bombeiros no local.
A condutora do Fiat Pálio vermelho, 22 anos, foi transportada pela corporação para o Hospital Regional de Ceilândia (HRC), com suspeita de fratura no braço direito. Ela estava sozinha no veículo.
No Fiat Pálio Weekend cinza estavam três pessoas. O condutor, 51, e um passageira, 45, precisaram ser transportados pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A terceira ocupante do veículo, 28, foi encaminhada para o HRC, com suspeita de fratura na perna esquerda. Todas as vítimas estavam conscientes, orientadas e estáveis.
Após a colisão, um dos carros parou no canteiro da rodovia e o outro em uma das faixas da da via, que precisou ser bloqueada. O Corpo de Bombeiros sinalizou a rodovia e criou um desvio para a passagem dos veículos pelo acostamento. A via ficou ao cuidados da Polícia Rodoviária Federal (PRF).
Ver mais

Disponível nosso App

Publicidade

Escolha o assunto

Publicidade