Nossa rede

Aconteceu

Homem é preso em Alagoas suspeito de aplicar golpes em empresas do DF

Publicado

dia

Segundo a polícia, o suspeito desviava os pagamentos de tributos, o que gerou um prejuízo de mais de R$ 350 mil a essas empresas.

Polícia Civil prendeu o foragido na Barra de São Miguel — Foto: Ascom/PC-AL

Um homem de 62 anos foi preso na Barra de São Miguel, Litoral Sul de Alagoas, suspeito de aplicar golpes em duas empresas do Distrito Federal. A informação foi divulgada pela Polícia Civil nesta segunda-feira (8).

Segundo a polícia, o suspeito desviava os pagamentos de tributos dessas empresas. O prejuízo foi de mais de R$ 350 mil.

O homem, que estava foragido, foi preso em sua casa na Barra de São Miguel e levado para Central de Flagrantes I, no bairro do Farol, em Maceió, onde será ouvido e autuado.

Clique para comentar

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Aconteceu

Vendedor de cachorro-quente que pediu fim de doações após excesso de ajuda morre com suspeita de Covid-19, no Recife

Publicado

dia

Por

Joaquim Antônio ‘Barruada’ Silva, de 72 anos, faleceu nesta terça-feira (2). Ele foi levado para o hospital com falta de ar e foi diagnosticado com infecção respiratória.

Barruada tinha problemas respiratórios e apenas um pulmão — Foto: Reprodução/TV Globo

O vendedor de cachorro-quente Joaquim Antônio Silva morreu aos 72 anos, nesta terça-feira (2), no Recife. Segundo o atestado de óbito, causas da morte foram síndrome respiratória aguda grave, insuficiência respiratória aguda e suspeita de Covid-19. Mais conhecido como Barruada, ele viralizou nas redes sociais em maio de 2020 ao pedir o fim das doações que estava recebendo.

Barruada tinha apenas um pulmão e problemas respiratórios anteriores. Neta dele, Camila Maria Silva, de 26 anos, contou que avô teve uma infecção respiratória em janeiro e foi internado, mas teve alta no dia 3 de fevereiro. Na época, o exame para Covid-19 deu negativo, segundo ela.

No entanto, ele voltou a apresentar sintomas respiratórios e foi ao médico na semana passada, afirmou a neta. “[Disseram] que ele estava com infecção novamente. Começou a tomar antibiótico, xarope e tudo, mas ele não estava reagindo à medicação”, relatou.

Camila disse que o avô sentiu falta de ar durante a madrugada desta terça e a família, que mora no bairro dos Coelhos, área central do Recife, fez o socorro para o Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip), no mesmo bairro. Ele faleceu às 4h, na unidade de saúde.

De acordo com a neta, um novo teste para detectar a Covid-19 no avô foi feito na manhã desta terça, ainda sem resultado divulgado.

“Ele foi a melhor pessoa do mundo, um exemplo, uma integridade inabalável. Eu fiz tudo o que pude e faria tudo de novo por ele, porque meu avô merece”, disse Camila.

Barruada deixou três filhos e cinco netos, além de gerações de clientes que compravam cachorro-quente com ele no portão do Colégio Salesiano, no bairro da Boa Vista, no Centro do Recife.

Legado

Diariamente, Seu Barruada empurrava um carrinho e montava a famosa barraca, conhecida pelo cachorro-quente quentinho e bem servido. Presente na memória afetiva de diversos recifenses, o vendedor tornou-se conhecido também nas redes sociais.

Em maio de 2020, ele gravou um vídeo pedindo doações para auxiliar o sustento da família, já que as escolas foram fechadas devido à pandemia do novo coronavírus. Depois, Barruada voltou a público e pediu para que as doações feitas a ele parassem . Na época, ele disse que o valor arrecadado, pouco mais de R$ 8 mil, já era o bastante para vencer a batalha.

“A gente morava junto, no mesmo apartamento, e todo dia eu estava com ele. […] Meu avô tinha muito orgulho das coisas que conquistou na vida. Ele foi o meu maior exemplo de honestidade”, disse Camila. Foi ela quem ajudou o avô a gravar o vídeo para pedir doações e para agradecer.

Carroça de cachorro-quente de Barruada ficou parada durante período de proibição de comércio em Pernambuco, em 2020 — Foto: TV Globo/Reprodução

Carroça de cachorro-quente de Barruada ficou parada durante período de proibição de comércio em Pernambuco, em 2020 — Foto: TV Globo/Reprodução.

Ao lado do tio, Mário Joaquim Silva, Camila disse que vai continuar o legado do avô na calçada do colégio, vendendo os mesmos cachorros-quentes. Ela contou que começou o trabalho com o avô há mais de dez anos.

“Eu acompanhava ele e ficava por lá, vendo ele vender para as crianças. Quando vi, já estava no meio, ajudando e trabalhando junto”. De acordo com ela, a barraca não vai parar. “Vai continuar tudo normalmente como era antes, em nome da história do meu avô”, relatou.

Ver mais

Aconteceu

Contra lockdown, grupo coloca fogo em pneus e bloqueia BR-070

Publicado

dia

Por

Segundo Corpo de Bombeiros, protesto é contra a restrição de funcionamento dos estabelecimentos comerciais e outras atividades não essenciais no Distrito Federal

(crédito: Divulgação/PMDF)

Nas primeiras horas da manhã, um grupo ateou fogo a pneus na BR-070, bloqueando o trânsito no sentido Taguatinga. O protesto começou às 6h, e o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) foi acionado para controlar as chamas e liberar o fluxo de veículos. No momento, o trânsito é intenso na região, na altura da QNO 20, próximo à passarela do Setor O. Uma das faixas foi bloqueada, mas o fogo já foi controlado.

Segundo a corporação, o protesto era contra as medidas de restrição ao comércio decretadas na semana passada pelo governador Ibaneis Rocha (MDB) para controlar a circulação de pessoas, tendo em vista a lotação de leitos em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) nos hospitais públicos e privados.

Desde domingo (28/2), há manifestações pelo DF de opositores da medida. Nessa segunda (1º/3), empresários se reuniram em frente ao palácio do Buriti para pressionar o governador pela retomada das atividades econômicas: a princípio, a decisão de Ibaneis prevê a suspensão dos serviços até 15 de março, mas, depois de um encontro com o grupo, o chefe do executivo disse que poderia rever o decreto na próxima semana.

Ver mais

Aconteceu

Homem é preso no DF suspeito de tentar estuprar menina de 10 anos e agredir criança com golpes de machado

Publicado

dia

Por

Segundo investigação, mãe flagrou ex-companheiro, de 46 anos, praticando abuso. Vítima sofreu lesões no braço, cabeça e está com hematomas nos olhos.

Machado apreendido com suspeito de estuprar e agredir menina de 10 anos, no DF — Foto: PCDF/Divulgação

Um homem de 46 anos foi preso em flagrante, neste domingo (28), suspeito de tentar estuprar uma menina de 10 anos e agredi-la com golpes de machado, na casa dele, em Brazlândia, no Distrito Federal. Segundo a investigação, o agressor é ex-companheiro da mãe da criança.

A mulher procurou atendimento no hospital da região. A equipe, então, informou a Polícia Civil que havia uma criança “com sinais de espancamento”. Os agentes constaram que a menina sofreu múltiplas lesões no braço, a cabeça machucada e estava com hematomas nos olhos.

Na delegacia, a mãe da vítima informou que o crime ocorreu no último sábado (27), quando ela e a filha dormiam na casa do suspeito. Ao acordar, a mãe disse que flagrou o homem em cima da criança, que estava sem parte da roupa.

Ainda de acordo com a mulher, após reagir e avisar que chamaria a polícia, o ex-companheiro a ameaçou e passou a agredir a menina com golpes de machado.

Mãe e filha conseguiram fugir para a casa de um vizinho e pediram socorro. O suspeito foi detido no dia seguinte e deve responder por tentativa de estupro de vulnerável e feminicídio tentado.

Ver mais

Aconteceu

Acidente entre quatro veículos e um ônibus da BRT deixa vítima ferida

Publicado

dia

Por

Segundo o DER-DF, duas faixas da Estrada Parque Aeroporto (EPAR) ficaram bloqueadas até às 11h46. Uma mulher foi encaminhada ao Hospital de Base com dores na lombar.

Uma mulher ficou presa nas ferragens do automóvel – (crédito: Divulgação/CBMDF)

O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) atendeu, na manhã desta sexta-feira (26/2), um acidente de trânsito entre quatro carros e um ônibus do BRT no balão de acesso ao Aeroporto Internacional de Brasília.

De acordo com a corporação, uma vítima foi encaminhada ao Hospital de Base com dores intensas na coluna lombar, porém estava consciente e estável. Ângela Maria de Souza ficou presa dentro do automóvel e precisou ser retirada pelos bombeiros por meio da abertura do porta malas.

Segundo o Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF), o acidente causou bastante impacto no trânsito, deixando duas faixas da Estrada Parque Aeroporto (EPAR) bloqueadas até as 11h46.

Ver mais

Aconteceu

Acidente entre ônibus do BRT e quatro carros deixa motorista ferida no DF

Publicado

dia

Por

Acidente entre BRT e quatro carros, na manhã desta sexta-feira (26), no DF — Foto: Luiza Garonce/TV Globo

Acidente envolvendo um ônibus do BRT e outros quatro veículos deixou uma mulher ferida, na manhã desta sexta-feira (26). A batida aconteceu na via de acesso à L4 Sul, na Estrada Parque Aeroporto (EPAR), por volta das 6h30.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a condutora do Fiat Uno de cor preta ficou presa dentro do carro e precisou ser retirada pelos militares, pela abertura do porta-malas. A mulher, de 49 anos, foi encaminhada para o Hospital de Base. No momento do atendimento, ela se queixava de dores na coluna.

Acidente na EPAR, nesta sexta-feira (26) — Foto: Luiza Garonce/TV Globo

Acidente na EPAR, nesta sexta-feira (26) — Foto: Luiza Garonce/TV Globo.

O marido da motorista, que ficou no local do acidente, não quis gravar entrevista. A filha do casal, de 12 anos, estava no banco de trás e não se feriu.

Segundo os condutores, chovia bastante no momento das colisões, mas eles não souberam explicar as causas da batida. Os demais envolvidos no acidente também não se machucaram.

Chuva forte

Com baixa visibilidade na pista, testemunhas contaram que, por causa da chuva, um dos carros foi atingido na traseira pelo ônibus e chegou a ser arrastado por alguns metros.

O motorista do BRT disse à TV Globo que o coletivo estava cheio, e que os passageiros foram lançados pra frente, mas ninguém se feriu.

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) bloqueou duas faixas no sentido Plano Piloto, além da pista exclusiva do BRT. Apenas a faixa da direita ficou liberada pra quem seguia em direção ao Eixão. O acesso à saída Sul não foi alterado.

A perícia da Polícia Civil chegou ao local por volta das 9h30.

Ver mais

Aconteceu

Homem é preso suspeito de matar sobrinho de ex-companheira por vingança, no DF

Publicado

dia

Por

Um homem, de 36 anos, foi preso suspeito de matar o sobrinho da ex-companheira para se vingar pelo término do relacionamento. Segundo a polícia, um dia antes do crime, ele chegou a ir armado com um revólver até a casa da mãe da ex-mulher para tentar levá-la de volta para casa, mas ela não estava.

Por vingança, o sobrinho da mulher, de 19 anos, foi assassinado no dia 18 de janeiro, no Setor Norte da Estrutural. A prisão do suspeito ocorreu na última quinta-feira (25) em Águas Lindas de Goiás.

O caso foi investigado pela 8ª DP (SIA/Estrutural). O delegado chefe da unidade, Rodrigo Bonach, contou que a família da ex-companheira do suspeito percebeu as agressões e passou a protegê-la.

“Ela vivia um relacionamento abusivo e era ameaçada. Os familiares queriam poupá-la do contato dele com ela”, diz o delegado.

Segundo a polícia, depois que o agressor foi até a casa da mãe da ex-companheira, o sobrinho, de 19 anos, e o irmão dela, de 32, o seguiram. Em momento de descuido, eles pegaram a arma do suspeito e tiraram as munições.

Em seguida, houve uma discussão entre os três, “e chegaram a trocar empurrões”, diz a investigação. Ainda de acordo com os policiais, na manhã seguinte, o homem voltou a procurar a ex-mulher na casa dela e, como não a encontrou, invadiu o local e atirou contra o sobrinho, que conseguiu fugir pelo telhado.

O homem estava acompanhado de outros dois adolescentes. As testemunhas disseram que eles foram até a casa da ex-sogra, onde atiraram contra o irmão da ex-companheira do homem, mas os tiros acertaram o portão.

“Assim que deixou o local, o acusado encontrou o sobrinho que havia fugido pelo telhado e atirou várias vezes. O rapaz morreu no local”, disseram os policiais.

O agressor já tinha passagem por porte ilegal de arma de fogo e também pela Lei Maria da Penha, por violência contra uma outra mulher. Agora, ele vai responder pelo crime de homicídio, com pena que pode chegar a 30 anos de prisão.

Ver mais

Hoje é

quarta-feira, 3 de março de 2021

Publicidade

Disponível nosso App

Publicidade

Escolha o assunto

Publicidade

Viu isso?