Nossa rede

Brasil

Governo de SP revisa quarentena. Fase vermelha deve continuar

Publicado

dia

Estado teve queda no número de internações na última semana, mas boa parte das regiões ainda está com a ocupação de leitos de UTI acima de 90%

Centro de São Paulo: somente os serviços essenciais podem funcionar até domingo, 18. (Cris Faga/NurPhoto/Getty Images)

O governo de São Paulo revisa a quarentena em todo o estado nesta sexta-feira, 16. Os membros do Centro de Contingência da covid-19 se reúnem com o governador João Doria (PSDB) para apresentar os dados e decidir se a fase vermelha, que começou na segunda-feira, 12, e vai até domingo, 18, continua. Com os números da pandemia no momento, há uma tendência de que ela seja prorrogada por, pelo menos, uma semana.

De acordo com dados da Secretaria da Saúde do estado de São Paulo, na última semana foi registrada uma média diária de 16.453 novos casos confirmados, 5% a mais que na semana anterior. A média de mortes também aumentou – 13% – chegando a 808 registros a cada 24 horas.

Por outro lado, a média de novas internações caiu para 2.642 solicitações, uma queda de 17% se comparado com a semana anterior. A taxa de ocupação de leitos de UTI, que chegou a ficar acima de 95% por quase um mês, diminuiu gradativamente e ficou em 85% na quinta-feira, 15. Outro dado positivo é que nos últimos dias há mais altas que internações. Mesmo assim, o cenário ainda é de alerta.

Na última quarta-feira, 14, o governo de São Paulo sinalizou que poderia fazer algumas mudanças em regiões que conseguiram diminuir a taxa de internações. Mas boa parte do estado está com a ocupação de UTI acima de 90%. As regiões com menor valor são a Grande São Paulo, Piracicaba e a Baixada Santista – todas com 83%.

“A fase emergencial foi criada em um contexto para fazer a gestão da pandemia em todo o estado porque houve uma piora generalizada, com o advento da segunda onda. Nós vemos que agora temos essa heterogeneidade de regiões de volta e estamos acompanhando as informações”, disse a secretária de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen, em entrevista coletiva na quarta-feira.

A fase vermelha proíbe a abertura de qualquer serviço considerado não essencial (veja a lista abaixo). As aulas podem ser presenciais, mas com capacidade de 35%. Também estão autorizados os jogos do Campeonato Paulista.

Shoppings, comércio de rua são autorizados apenas nos sistemas de drive-thrudelivery e retirada no local. As mesmas regras valem para restaurantes e bares. Padarias podem funcionar no mesmo modelo de supermercados. Parques e praias ficam fechados, assim como cultos religiosos, que permanecem proibidos. O teletrabalho é obrigatório para todas as atividades administrativas.

Regras da fase vermelha

  • Apenas atividades essenciais podem funcionar, como supermercados, açougues, padarias, feiras livres, farmácias, postos de gasolina, petshops.
  • Comércio e shoppings: permitida a comercialização por meio da retirada no local, janela do carro (drive-thru) de 5h às 20h e entrega na casa do comprador (delivery) por 24h
  • Salões de beleza e academias precisam ficar fechados
  • Restaurantes e bares: é permitida a entrega (delivery) por 24h. A compra sem sair do carro (drive-thru) e a retirada no local valem das 5h às 20h. O consumo no local é proibido.
  • Padarias podem funcionar seguindo as regras de supermercado, proibido o consumo no local
  • Teletrabalho de serviços administrativos é obrigatório
  • Parques e praias ficam fechados
  • Venda de bebida alcoólica só é permitida entre 6h e 20h
  • Qualquer tipo de aglomeração é proibida
  • Toque de recolher das 20h às 5h
  • Igrejas e templos ficam fechados
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Comentar

Brasil

Avenida Paulista completa 130 anos e ganha programação cultural

Publicado

dia

Por

Instituições culturais da região fazem circuito de atrações

© Rovena Rosa/Agência Brasil

A Avenida Paulista completa hoje (8) 130 anos. Para celebrar, as sete instituições culturais instaladas na região fazem um circuito de atrações que vai até domingo (12).

Inaugurada no dia 8 de dezembro de 1891, por iniciativa do engenheiro Joaquim Eugênio de Lima, a Avenida Paulista fica em uma das regiões mais elevadas de São Paulo, chamada de Espigão da Paulista.

Atualmente, o polo econômico tornou-se também centro cultural e de entretenimento – são quase três quilômetros de extensão e sete grandes centros culturais e museus. Todos participam do circuito em homenagem à aniversariante: a Casa das Rosas, o Centro Cultural Fiesp, IMS Paulista, Itaú Cultural, Japan House São Paulo, Museu de Artes de São Paulo (Masp) e Serviço Social do Comércio (Sesc). A programação completa pode ser vista na página do evento.

Confira abaixo os destaques:

Instituto Moreira Salles (IMS) Paulista

Palestra online com Andrea Ronqui –  mestre em estética e história da arte pela USP – está programada para hoje. Para marcar os 130 anos da Avenida Paulista, o evento fala sobre a história de sua criação, as mudanças que a transformaram na avenida de hoje e alguns episódios importantes durante esse período. Transmissão ao vivo pelo YouTube do IMS e Facebook do IMS.

Horário: das 18h às 19h30 (gratuito)

Japan House

Bingo infantil presencial no domingo (12). As crianças terão a oportunidade de conhecer e se familiarizar com palavras, objetos e conceitos da cultura japonesa de forma lúdica e divertida.

Horários: 11h, 14h30 e 16h30 (senhas serão disponibilizadas na recepção uma hora antes de cada atividade).

Casa das Rosas

Brincadeira infantil no domingo (12), em que crianças e familiares são convidados a participar de atividades educativas no Jardim da Casa das Rosas, voltadas à poesia e ao tema do patrimônio cultural. O objetivo é apreciar poemas “pescados” durante brincadeira na fonte no jardim e refletir sobre a Casa das Rosas e a história de São Paulo por meio de um jogo da memória.

Horário: das 10h às 12h (sem necessidade de inscrição prévia)

Itaú Cultural

Ocupação Benjamim de Oliveira – exposição presencial mergulha no universo do circo no Brasil entre os séculos 19 e 20, a partir da história de Benjamim de Oliveira, que fortaleceu a introdução da linguagem teatral no circo, atuou em filmes e gravou discos. A mostra reúne cerca de 120 peças, entre jornais da época, fotografias, objetos circenses originais, livros, documentos e fonogramas..

Horário: de terça a domingo, das 11h às 19h, até 27 de fevereiro de 2022.

Sesc Avenida Paulista

Monumento virtual de luto – performance online e presencial traz uma chama eterna e ininterrupta em memória aos mortos, que permanecerá acesa durante um ano. A chama está instalada no Sesc Avenida Paulista e é transmitida ao vivo pelo site A Extinção É Para Sempre.

Pessoas de diversas partes do mundo são convidadas a se inscrever no site para compartilhar sua própria chama, compondo um chamado internacional ao luto, à pausa e à dignificação de cada perda.

Horário: de terça a sexta, das 10h às 21h30. Sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h30, até 25 de maio de 2022.

Centro Cultural Fiesp

Era Uma Vez o Moderno [1910-1944] – exposição gratuita presencial reúne diários, cartas, manuscritos, fotos e obras dos artistas e intelectuais que fizeram parte da implantação da arte moderna no Brasil. Com mais de 300 obras e documentos, a mostra faz o público revisitar três décadas dessa história e conhecer as produções dos autores e pensadores que participaram da Semana de Arte Moderna, em 1922.

Horário: de quarta a domingo, das 11h às 20h, até 29 de maio de 2022.

Por Agência Brasil

Ver mais

Brasil

Brasil registra 278 mortes por covid em 24h; média móvel é de 188

Publicado

dia

Por

O Brasil tem 64,52% da população totalmente imunizadas contra a covid

(Fabio Teixeira/Anadolu Agency/Getty Images)

O Brasil registrou 278 mortes por covid-19 nesta terça-feira, 7. A média móvel semanal, que elimina as distorções entre dias úteis e fim de semana, é de 188. No total acumulado, já são 616.067 óbitos notificados desde o início da pandemia, de acordo com os dados do consórcio de veículos de imprensa.

Os Estados do Amapá e do Amazonas não relataram mortes nas últimas 24 horas. Os novos casos notificados da doença ficaram em 10.303. O País chegou aos 22.156.307 casos da infecção desde março de 2020. A média móvel de casos nos últimos sete dias é de 9.016.

Os dados diários são reunidos pelo consórcio de veículos de imprensa, que é formado por Estadão, g1, O Globo,Extra, Folha e UOL, em parceria com 27 secretarias estaduais de Saúde, em balanço divulgado às 20 horas.

Os números do Painel Covid, sistema de monitoramento do Ministério da Saúde, mostram que o país registrou 274 mortes, com 616.018 no total. Em relação à quantidade de casos, foram notificados 10.250 casos. Até hoje, 22.157.726.

O balanço de óbitos e de casos é resultado da parceria entre os seis meios de comunicação que passaram a trabalhar, desde 8 de junho do ano passado, de forma colaborativa para reunir as informações necessárias nos 26 Estados e no Distrito Federal. A iniciativa inédita é uma resposta à decisão do governo Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia, mas foi mantida após os registros governamentais continuarem a ser divulgados.

64,52% dos brasileiros estão imunizados

Nesta terça-feira, 7, o Brasil chegou a 137,6 milhões de pessoas totalmente imunizadas contra a covid, equivalente a 64,52% da população. É o que aponta o levantamento do consórcio de veículos de imprensa, em parceria com 27 secretarias de Saúde.

O número de pessoas com ao menos uma dose da vacina é de 159.764.666, correspondendo a 74,9% do total de habitantes do País. Os Estados do Rio de Janeiro e Paraná não registraram a vacinação desta terça. Já o Rio Grande do Sul informou que reduziu primeira dose e aplicação única após “higienização da base de dados”.

Nas últimas 24 horas, o boletim registra 1,1 milhão de aplicações. As primeiras doses foram aplicadas em 145,8 mil pessoas, enquanto 532,2 mil receberam a 2ª aplicação da vacina.

O registro de dose única aparece 611. Já as aplicações de reforço foram administradas em 488,5 mil habitantes, com total de 18,7 milhões de doses aplicadas.

O presidente Jair Bolsonaro se exaltou nesta terça-feira ao comentar a pressão da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) por mais restrições nas fronteiras para conter a variante Ômicron do coronavírus.

Ver mais

Brasil

Ninguém acertou a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 40 milhões

Publicado

dia

Por

Este foi o primeiro sorteio da Mega-Semana Especial de Natal, que terá concursos ainda nesta quinta-feira e no sábado

A quina registrou 46 apostas vencedoras; cada uma pagará R$ 46.912,51. Já a quadra teve 3.051 apostas ganhadoras (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

 

Nenhuma aposta acertou as seis dezenas do concurso 2.435 da Mega-Sena e o prêmio principal acumulou em R$ 40 milhões.

O sorteio foi realizado na noite dessa terça-feira (7) no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo.

As dezenas sorteadas são as seguintes: 05 – 22 – 30 – 32 – 33 – 36.

A quina registrou 46 apostas vencedoras; cada uma pagará R$ 46.912,51. Já a quadra teve 3.051 apostas ganhadoras; e pagará individualmente um prêmio de R$ 1.010,43.

Este foi o primeiro sorteio da Mega-Semana Especial de Natal, que terá concursos ainda nesta quinta-feira (9) e no sábado (11).

As apostas do concurso 2.436, podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) de amanhã, nas casas lotéricas credenciadas pela Caixa, em todo o país ou pela internet.

A aposta simples, com seis dezenas marcadas, custa R$ 4,50.

Ver mais

Brasil

Polícia Federal investiga superfaturamento em licitação do Inep

Publicado

dia

Por

Ação mira contratação de empresa para realizar o Enem

© Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (7) a Operação Bancarrota, decorrente de investigação realizada em conjunto com a Controladoria-Geral da União (CGU), que também participa das buscas. A ação investiga licitação para a realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), de 2010 a 2018.

De acordo com a CGU, uma auditoria realizada em 2019 revelou irregularidades nos contratos assinados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) com uma empresa responsável pela impressão dos exames, incluindo as provas do Enem.

Segundo a PF, de 2010 a 2018 o Inep contratou para realização do Enem, sem observar as normas de inexigência de licitação, empresa que recebeu um total de R$ 728.645.383,37 dos cofres públicos neste período.

Além disso, acrescentou a PF, apurou-se o envolvimento de servidores do Inep com diretores da empresa, bem como com companhias de consultoria subcontratadas pela multinacional.

Segundo a CGU, as investigações revelaram a atuação de diretores e servidores do instituto com consultores das gráficas contratadas, no direcionamento da contratação das empresas para impressão das provas.

Em 2019, a empresa entrou com pedido de falência, o que levou o Inep a realizar novo pregão eletrônico, resultando na contratação de empresa classificada em terceiro lugar no certame, após a desclassificação das duas primeiras.

Enriquecimento ilícito

Segundo a PF, os contratos sob investigação totalizaram um pagamento às empresas de R$ 880 milhões, desde 2010. Deste montante, estima-se que cerca de R$ 130 milhões foram superfaturados para fins de comissionamento da organização criminosa, que seria composta por empresários, funcionários das empresas envolvidas e servidores públicos.

A PF diz ainda que as investigações apontam para um enriquecimento ilícito de R$ 5 milhões de servidores do Inep suspeitos de participação no esquema criminoso. Os envolvidos são suspeitos do cometimento dos crimes de organização criminosa, corrupção ativa e passiva, crimes da lei de licitações e lavagem de dinheiro, com penas que ultrapassam 20 anos de reclusão.

Diligências

São cumpridos 41 mandados de busca e apreensão no Distrito Federal, São Paulo e Rio de Janeiro, além de ter sido determinado pela Justiça Federal o sequestro de R$ 130 milhões das empresas e pessoas físicas envolvidas. Foram destacados 127 policiais federais e 13 auditores da CGU para o cumprimento das diligências.

A Agência Brasil entrou em contato com o Inep e aguarda retorno.

Matéria alterada às 9h41 para acréscimo de informações

Ver mais

Brasil

Réveillon no Rio: Paes recua e defende a queima de fogos em Copacabana

Publicado

dia

Por

Nesta quarta-feira, 8, Prefeitura do Rio e governo do Estado vão analisar a questão e dar respostas mais concretas sobre a virada de ano

Queima de fogos na praia de Copacabana, Réveillon Rio 2019 (Gabriel Monteiro/secom/Agência Brasil)

Depois de anunciar no fim de semana que o réveillon de Copacabana estava cancelado, o prefeito do Rio, Eduardo Paes (PSD), anunciou na noite de segunda-feira (6) que se reuniu com o governador Cláudio Castro (PL) e solicitou que ao menos parte dos festejos possa ser realizada. A ideia de Paes é manter a queima de fogos na orla de Copacabana e em outros pontos do Rio.

“Estive agora à noite com o governador Claudio Castro. Pedi que levasse a seu comitê científico a possibilidade de realizarmos ao menos os fogos em Copacabana e em alguns pontos centrais da cidade. @danielsoranz irá conduzir as negociações acerca do que é possível ser feito”, escreveu o prefeito no Twitter, citando na mensagem o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz.

Nesta quarta-feira, 8, uma reunião entre representantes da Prefeitura do Rio e do governo do Estado deverá analisar a questão e dar respostas mais concretas sobre a virada de ano.

O anúncio de Paes de que a queima de fogos poderá ocorrer gerou muitas reclamações e provocou ironias entre os que seguem o prefeito na rede social. “Só pra entender, Dudu. O contrato da prefeitura com a covid-19 veda a participação do vírus em aglomerações com pirotecnia, ou puxar o saco dos gringos nos hotéis da praia é bem mais importante que a saúde do povão amontoado?”, indagou um.

Houve também quem defendesse o eventual recuo. “Faz os fogos no Cristo, na Igreja da Penha e no Pão de Açúcar. Assim, de quase toda a cidade os fogos poderão ser vistos!”, sugeriu outro.

Ver mais

Brasil

Avenida Paulista comemora 130 anos com atividades culturais até domingo

Publicado

dia

Por

A avenida Paulista, uma das vias mais conhecidas de São Paulo, completa 130 anos amanhã (8). Diversas atividades presenciais e on-line estão programadas em instituições culturais na avenida

Avenida Paulista completa 130 anos amanhã (8), com diversas atividades culturais. (wsfurlan/Getty Images)

Em comemoração aos 130 anos da avenida Paulista, a partir de amanhã (8) as instituições da Paulista Cultural promoverão comemorações online e presenciais nas sete instituições: Casa das Rosas, Centro Cultural Fiesp, IMS Paulista, Itaú Cultural, Japan House São Paulo, MASP e Sesc Avenida Paulista. Confira a programação que acontece até domingo (12).

IMS Paulista Avenida Paulista:
130 anos de história no acervo do IMS. Palestra on-line com Andrea Ronqui. Para celebrar os 130 anos da avenida Paulista, vamos falar sobre a história de sua criação, sobre as mudanças que a transformaram na avenida que conhecemos hoje e sobre alguns episódios importantes durante esse período. De zona residencial da burguesia em ascensão a centro financeiro, comercial, cultural e cívico, hoje a Paulista atrai todos os tipos de pessoas para as mais variadas atividades. Conhecer melhor a trajetória da avenida pode se transformar numa prática de cidadania: mergulhar no passado para preparar o futuro, pois o processo de constante mudança não acaba em 2021.

Quando: 8/12 das 18h às 19h30 Evento online sem necessidade de inscrição prévia Transmissão ao vivo pelo YouTube do IMS e Facebook do IMS Classificação indicativa: livre Grátis

Itaú Cultural
Ocupação Benjamim de Oliveira: Exposição presencial em cartaz, a Ocupação Benjamim de Oliveira mergulha no universo do circo no Brasil entre os séculos 19 e 20 a partir da história de Benjamim de Oliveira. Nascido em Pará de Minas (MG), filho de uma mulher escravizada com o capataz da fazenda, ele fugiu de casa aos 12 anos com uma trupe de circo e tornou-se um dos homens mais importantes para o desenvolvimento e a modernização desta arte no Brasil. Fortaleceu a introdução da linguagem teatral no circo, e, ainda, atuou em filmes e gravou discos. A mostra reúne cerca de 120 peças, entre jornais da época, fotografias, objetos circenses originais, livros, documentos e fonogramas de músicas.

Visitação presencial: até 27.2.2022 Horário: de terça a domingo, das 11h às 19h. Endereço: Av. Paulista, 149. Classificação indicativa: livre Grátis

Sesc Avenida Paulista
CHAMA: Monumento virtual de luto, uma chama eterna e ininterrupta em memória aos mortos, que permanecerá acesa durante um ano. A CHAMA está instalada fisicamente no Sesc Avenida Paulista e, também, é transmitida ao vivo por meio do site: ‘A Extinção É Para Sempre’. Nesta obra, a participação do público será fundamental. Pessoas de diversas partes do mundo são convidadas a se inscrever no site para compartilhar sua própria Chama, compondo um chamado internacional ao luto, à pausa e à dignificação de cada perda.

Visitação presencial: Até 25.5.2022 Horário: de terça a sexta, das 10h às 21h30. Sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h30 Endereço: Av. Paulista, 119 Visitação on-line: de segunda a domingo, 24 horas por dia, em: aextincaoeparasempre.sescsp.org.br Classificação indicativa: livre Grátis

Sesc Avenida Paulista
Alerta de Spoiler! A Intervenção Literária presencial tem um pacote cheio de história na Biblioteca do Sesc Avenida Paulista. Quem entra no espaço, dá de cara com as sacolinhas de papel pardo do “Alerta de Spoiler”, aquela brincadeira em que você pega um livro emprestado sem saber qual é. A única pista é um bilhete pendurado em cada pacote com o spoiler da obra. Nessa temporada, os livros foram indicados por cinco convidados como Silvero Pereira, Dona Jacira, Chico Felitti, Katú Mirim e Letícia Rodrigues.

Retirada dos livros: até 30.12.2021 Horário: de terça a sexta, das 10h às 21h30. Sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h30. Endereço: Av. Paulista, 119 Classificação indicativa: 16 anos. Grátis

Sesc Avenida Paulista
Troco um Causo por um Conto Intervenção Literária presencial O escritor Daniel Viana propõe uma troca poética com o público. Ouve depoimentos reais das pessoas e transforma, de imediato, em um conto ou poesia datilografada em guardanapos coloridos. O resultado criativo, inspirado no causo contado, é oferecido ao contador da história. Uma oportunidade para o público narrar as passagens da vida para que o poeta as transforme em poesias.

Horário: quarta, sábado e domingo, das 14h às 17h. Endereço: Av. Paulista, 119 Classificação indicativa: livre. Grátis

Sesc Avenida Paulista
Gira Pássaro Intervenção Artística presencial Intervenção artística que une textos poéticos, elementos da cultura popular, fauna e flora brasileiras. Os visitantes poderão acionar uma roleta que indicará uma espécie de pássaro que “trará a sua sorte” na forma de uma palavra-pista. Propondo-se a construção poética de pequenos textos e troca de saberes e afetos. Com Projeto Matilha.

Horário: quarta, sábado e domingo, das 11h às 13h. Atividade presencial Endereço: Av. Paulista, 119 Classificação indicativa: livre Grátis. Acesso mediante agendamento pelo app Credencial Sesc SP ou em sescsp.org.br.

Sesc Avenida Paulista
Plante Poema Intervenção Artística presencial Intervenção artística na qual o público é convidado a criar um texto poético, que será “plantado” em um canteiro coletivo. O participante poderá levar um texto escolhido a partir de temas sugeridos ou de acordo com suas emoções, além de ser presenteado com um ramo, semente ou muda, acompanhado de uma indicação poética das propriedades das plantas oferecidas. Com Projeto Matilha.

Horário: quarta, sábado e domingo, das 15h às 17h. Atividade presencial Endereço: Av. Paulista, 119 Classificação indicativa: livre Grátis. Acesso mediante agendamento pelo app Credencial Sesc SP ou em sescsp.org.br.

Centro Cultural Fiesp
Era Uma Vez o Moderno [1910-1944] A exposição é uma parceria do Centro Cultural Fiesp (CCF) e o Instituto de Estudos Brasileiros da Universidade de São Paulo (IEB/USP). A mostra reúne diários, cartas, manuscritos, fotos e obras dos artistas e intelectuais, que fizeram parte das iniciativas em torno da implantação de uma arte moderna no Brasil. Com mais de 300 obras e documentos, a mostra fará o público revisitar três décadas dessa história e, em especial, conhecer as produções dos autores e pensadores que participaram da Semana de Arte Moderna, em 1922.

Visitação presencial: de 10.12.2021 até 29.5.2022 Horário: de quarta a domingo, das 11h às 20h. Endereço: Av. Paulista, 1313. Classificação indicativa: livre. Grátis

Itaú Cultural
Tunga: conjunções magnéticas Exposição presencial Com aproximadamente 300 obras, a exposição, que abre para o público às 11h, do dia 11, tem curadoria de Paulo Venancio Filho e celebra a produção artística de Tunga (1952-2016), figura emblemática das artes visuais do país. A diversidade de suportes, como desenhos, esculturas, objetos, instalações, vídeos e performances revela os múltiplos interesses de Tunga, que percorria diferentes áreas do conhecimento, como literatura, matemática, arte e filosofia. O artista explorou materiais como ímãs, vidro, feltro, borracha, dentes e ossos. Além do Itaú Cultural, a mostra estende-se para o espaço do Instituto Tomie Ohtake, que exibe duas obras de grandes dimensões.

Visitação presencial: de 11 de dezembro 2021 a 10 de abril de 2022 Horário: de terça a domingo, das 11h às 19h. Endereço: Av. Paulista, 149 Classificação indicativa: 12 anos Grátis Instituto Tomie Ohtake: Av. Faria Lima 201 – Complexo Aché Cultural. Entrada pela Rua Coropés, 88, Pinheiros, São Paulo.

Japan House São Paulo
Bingo da JHSP. Brincadeira infantil presencial. Como parte das comemorações do aniversário da Avenida Paulista, a Japan House São Paulo promoverá um bingo presencial, no qual as crianças terão a oportunidade de conhecer e se familiarizar com palavras, objetos e conceitos da cultura japonesa de forma lúdica e divertida. Desenvolvida pela equipe do Educativo da instituição, a atividade presencial conta com o apoio da Pilot Pen.

Horários: 11h, 14h30 e 16h30 Duração: 50 minutos cada sessão Atividade presencial Senhas disponíveis para retirada na recepção 1h antes de cada atividade (vagas limitadas) Endereço: Av. Paulista, 52 Classificação indicativa: livre. Grátis

Casa das Rosas
Presepe: História de Natal Sarau presencial e on-line Esta apresentação proporcionará um sarau natalino a partir de contos, poemas e canções. Guimarães Rosa, Mário de Andrade, Mário Quintana e Manuel Bandeira passeiam pelo presépio de acordes e palavras deste natal brasileiro. Nesta atividade, o grupo Canto Livro será formado por Jean Garfunkel (voz e violão), Pratinha Saraiva (flauta e bandolim) e a Juliana Rizzo (voz e narração).

Horário: das 14h às 15h. Evento presencial no Jardim do Museu sem necessidade de inscrição prévia Endereço: Av. Paulista, 37 A atividade também será transmitida pelo canal de YouTube da Casa das Rosas Classificação indicativa: livre. Grátis

MASP
Oficina da Comuna. Atividade presencial. Inspirada pela estética dos burgos medievais e paisagens da cidade de São Paulo, a oficina ministrada pelo coletivo Revistacomando propõe um exercício de criação a partir de um jogo de matrizes xilográficas, unindo elementos das cidades modernas e antigas. Os participantes irão compor sua própria comuna (termo utilizado na Idade Média para as cidades que conquistaram a emancipação do seu território), utilizando um conjunto de peças modulares que possibilitam uma infinidade de cenários na impressão de xilogravuras – elas poderão ser levadas para casa ao final da atividade.

Horário: das 10h30 às 16h30. Oficina presencial: é necessário retirar uma pulseira de identificação na recepção do MASP, atividade por ordem de chegada. Endereço: Av. Paulista, 1578 Classificação indicativa: livre. Grátis. O MASP terá entrada gratuita durante todo o domingo, 12.12, das 10h às 18h (entrada até às 17h30) mediante agendamento online pelo link masp.org.br/ingressos.

Ver mais
Publicidade

Escolha o assunto

Publicidade

Viu isso?