Nossa rede

Aconteceu

É isto que o Facebook vai fazer nas eleições 2018

Publicado

dia

Rede social toma medidas para evitar influência nas eleições brasileiras após o caso Cambridge Analytica e influência russa

Após vários problemas com as eleições presidenciais americanas, o Facebook anunciou medidas para melhorar os anúncios políticos. Aqui no Brasil, a companhia se prepara para uma eleição de grande porte em um contexto complexo tanto economica quanto politicamente falando. No Arena Tech de hoje vamos falar sobre o que o Facebook tem feito para resolver os problemas de anúncios eleitorais e de notícias falsas no Brasil.

Em diversas ocasiões, o Facebook informa que seu modelo de negócios não é vender dados.

Mas como a empresa ganha dinheiro então?

Ela funciona como uma plataforma de publicidade que dá às pessoas o alcance ao público desejado. Os dados apresentados a eles são anônimos e generalizados. O que o Facebook vende é a exibição de um conteúdo, como foto, link ou vídeo para um determinado público.

Quando publicamos um conteúdo por meio de uma página na rede social, ele tem um alcance reduzido para uma parte das pessoas que curtem a página. Para ter maior alcance, é preciso pagar pelo que a empresa chama de impulsionamento.

Falando primeiramente de fake news, o Facebook vai monitorar as informações divulgadas por páginas junto a companhias jornalísticas de checagem de fatos. Os parceiros são o Aos Fatos, a AFP e a Agência Lupa.

Os profissionais dessas empresas avaliam a veracidade dos conteúdos propagados nas redes sociais. Se forem de fato fake news, a rede social promete publicamente derrubar o alcance das matérias em 80%. As notícias são indicadas como falsas tanto pelos usuários da rede social quanto pelo próprio Facebook, que usa tecnologia para encontrar padrões de conteúdos enganosos.

No caso de conteúdos considerados abusivos ou que não estejam de acordo com os termos de uso do Facebook, posts são removidos. Para que uma página como um todo saia do ar, é preciso que haja reincidência desse comportamento. Vale notar que as páginas sempre precisam estar vinculadas a um perfil de usuário real e anúncios de cunho eleitoral precisam de verificação de identidade na plataforma.

Comentário

Aconteceu

Dono de loja de celulares reage a tentativa de assalto no DF e atira em suspeito

Publicado

dia

O dono de uma loja de celulares em Samambaia, no Distrito Federal, reagiu a uma tentativa de assalto e disparou duas vezes contra o suspeito, nessa terça-feira (25). O rapaz, de 18 anos, foi baleado no braço e na perna e levado para o Hospital Regional do Gama.

Uma cliente do estabelecimento, uma mulher que chegava em um bicicleta, foi rendida pelo suspeito e também acabou ferida com os disparos. Segundo testemunhas, a vítima foi feita de escudo pelo assaltante. Ela foi socorrida e passa bem.

A tentativa de assalto foi por volta das 20h30, na QN 122. A loja funciona no local desde abril e fica nos fundos de um outro comércio. Foi um dos sócios do estabelecimento quem atirou contra o suspeito. Ele disse que reagiu ao roubo ser avisado do crime.

“Eu levantei, peguei a minha arma que estava na gaveta ao lado e fui ao encontro dele”, contou o proprietário, que diz ter registro de atirador.

Na delegacia, a Polícia Civil informou que o comerciante tem posse e autorização para ter a arma. Ele prestou depoimento e foi liberado em seguida.

Ver mais

Aconteceu

Carro colide com árvore e homem fica preso às ferragens em São Sebastião

Publicado

dia

O acidente aconteceu na madrugada desta quarta-feira (26/6). As vítimas precisaram ser encaminhadas ao Hospital de Base do Distrito Federal

De acordo com os bombeiros, o condutor do veículo teria perdido o controle do carro e saído da via
(foto: CBMDF/Divulgação)

Duas pessoas ficaram feridas após acidente na DF-140, próximo ao Jardim ABC, em São Sebastião. Um senhor de 48 anos conduzia o veículo sentido Plano Piloto, quando perdeu o controle, saiu da via e colidiu com uma árvore. O caso aconteceu na madrugada desta quarta-feira (26/6).
O motorista do automóvel ficou preso às ferragens do veículo. O Corpo de Bombeiros foi acionado e precisou cortar a árvore, que prendia a porta do carro, e depois a lataria dele. Ao todo, três veículos da corporação e 12 militares participaram do socorro.
Os bombeiros encaminharam a vítima ao Hospital de Base do Distrito Federal. Ele apresentou trauma na face e dor cervical, mas estava consciente, orientado e estável. A outra vítima, de 47 anos, passageira do veículo, também foi transportada à unidade de saúde. Ela sofreu contusão na cabeça e escoriações pelo corpo. Por causa do horário, o trânsito não sofreu impactos.
Ver mais

Aconteceu

Dupla é presa transportando 1,8 mil munições de fuzil no Novo Gama

Publicado

dia

Os homens disseram à polícia que pegaram as munições em Cuiabá (Mato Grosso) e levariam para o Morro da Penha, no Rio de Janeiro

A Polícia Militar prendeu em flagrante dois homens que transportavam 1,8 mil munições de fuzil, na DF-290, próximo ao balão do Novo Gama. A dupla estava em um Fiat Linea branco quando foi abordada por agentes do Grupo de Patrulhamento Tático (GPT) de Goiás.
Após darem ordem de parada, os policiais checaram a placa do veículo e verificaram no sistema que ele estava registrado na cor vermelha, e não branca. Assim, iniciaram buscas no interior do carro e, no porta-malas, encontraram 800 munições calibre .556 e mil calibre .762. Todas utilizadas em fuzil. Um vídeo feito pela polícia mostra os artefatos escondidos em uma mochila e embaixo do estepe.
À polícia, os suspeitos disseram que pegaram as munições em Cuiabá (MT) e entregariam no Morro da Penha, no Rio de Janeiro. “Eles disseram que iam entregar o carregamento para um traficante chamado Irmão Doca”, informou o cabo Carlos, que comandava o GPT. Eles foram levados para a 20ª Delegacia de Polícia (Gama) para o registro da ocorrência. De acordo com a Divisão de Comunicação da Polícia Civil (Divicom), a dupla pode cumprir pena de reclusão, que varia de três a seis anos, além de multa, por porte ilegal de munição de uso restrito.
A prisão aconteceu na noite de terça-feira (18/6). O veículo foi apreendido e passará por perícia. A Polícia Civil investiga se a placa é clonada.
Ver mais
Publicidade

Escolha o assunto

Publicidade