Nossa rede

Espaço Mulher

Dieta pegan: saiba como funciona a mistura de paleo com vegana

Publicado

dia

Ela pode ser sua porta de entrada para um estilo de vida mais saudável.

(Mike Kemp/Getty Images)

Seja para reeducação alimentar ou para emagrecimento, muitas das dietas lançadas de tempos em tempos não são fáceis de acompanhar. Algumas sugerem restrições que poucas pessoas estão dispostas a encarar; outras até são mais generosas, mas fogem demais do padrão alimentar do dia a dia. Atento a essas dificuldades, o médico especializado em nutrição Mark Hyman decidiu unir o que considera o melhor de dois mundos das dietas – a paleo e a vegana – e criar a dieta pegan.

No livro “Comida – Afinal de contas, o que devemos comer?” (Editora Best Seller), o norte-americano apresenta os princípios da dieta, que se baseia no consumo de carnes, oleaginosas, sementes e óleos (como na paleo) combinado com vegetais variados (como na vegana). O objetivo é ter um aporte seguro de proteínas, carboidratos e gorduras boas e evitar consequências negativas da alimentação desequilibrada, como inflamações e desenvolvimento de doenças crônicas. Algo muito parecido com o que sugere o Ministério da Saúde no “Guia Alimentar para a População Brasileira”.

Trazemos aqui as recomendações gerais de alimentos e os pilares da dieta pegan, conforme apresentados pelo médico no livro, e as opiniões de duas nutricionistas brasileiras – Cristina Trencher, do Espaço Médico Brasil, e Lana Abreu – que falaram ao MdeMulher sobre os prós e os contras desse estilo de alimentação.

Os alimentos na dieta pegan

Para aderir à dieta pegan você deverá ter na despensa e na geladeira:

 Peixes: salmão, sardinha, cavala e anchova frescos

– Oleaginosas: castanhas, amêndoas, nozes, pistache e o que mais você quiser

– Azeite de oliva, óleo de coco e óleo de abacate

– Sementes de abóbora, linhaça e chia

– Vinagre

– Melaço de cana ou mel puro

– Grãos integrais: quinoa, painço, amaranto, arroz negro, arroz integral

– Leguminosas: feijões de todos os tipos, grão de bico, lentilha

– Chás: verde e de hibisco

– Vegetais e frutas orgânicos e da estação, sempre frescos

E deverá evitar em suas refeições:

– Vegetais e frutas cultivados com pesticidas

– Alimentos transgênicos

– Açúcar e farinha refinados

– Alimentos processados: peito de peru, peito de frango, presunto

– Refrigerantes

– Salgadinhos de saquinho

– Temperos e sucos em pó

Os pilares da dieta pegan

1. Consumir o mínimo possível de açúcar – Ele deve ser encarado como um “agrado ocasional”, algo que comemos de vez em quando, em uma porção bem pequena, para matar a vontade.

2. Ter os vegetais como base da alimentação – Mais da metade do prato deve ser composta por vegetais, e quanto maior a variedade, melhor.

3. Entender a carne como complemento das refeições – O prato repleto de vegetais é apenas complementado pelos peixes indicados.

4. Selecionar bem as frutas – O ideal é dar preferência às frutas de baixo índice glicêmico, que saciam melhor a fome e não pressionam o organismo a produzir açúcares; o médico sugere frutas vermelhas, melancia e kiwi.

5. Não comer alimentos cultivados com pesticidas ou antibióticos – Verduras e frutas, só orgânicos.

6. Usar óleos de gorduras saudáveis para cozinhar – Entram o azeite de oliva e os óleos de coco e de abacate…

7. Descartar todos os óleos refinados – … saem todos os outros óleos, como o de soja, de canola, de girassol, de arroz etc.

8. Limitar o consumo de laticínios – Como eles tendem a ser inflamatórios, é bom moderar a ingestão de derivados do leite. Iogurtes, manteigas e queijos entram neste item.

9. Dar preferência a peixes frescos – E com baixo teor de mercúrio, daí a indicação de salmão, sardinha, cavala e anchova.

10. Evitar glúten – Também tende a ser inflamatório, então é melhor evitar. Aqui estamos falando de farinha de trigo e alimentos feitos com ela.

11. Consumir grãos integrais com moderação – As porções devem ser de meia xícara de chá por refeição, no máximo.

12. Comer leguminosas a cada dois dias – São ótimas fontes de fibra, proteína e minerais, mas podem prejudicar a absorção de minerais para algumas pessoas.

13. Fazer exames com nutricionista depois de começar a dieta – É importante checar como o organismo está se adaptando à dieta pegan, então recomenda-se uma bateria de exames sob recomendação médica depois de um mês do início dela. Se for necessário, o/a especialista fará as devidas adaptações.

Prós e contras da dieta pegan

De forma geral, as nutricionistas que falaram para esta matéria veem a dieta pegan com bons olhos. “Do ponto de vista nutricional, é interessante por ter todos os nutrientes e ser anti-inflamatória”, diz Cristina, que avalia que não se trata de um “regime” de curto prazo, mas de uma mudança de estilo de vida.

Lara concorda, mas enxerga alguns exageros na abordagem da escolha dos alimentos. “Não acho saudável dizer que ou legumes e frutas orgânicos ou nada. Nem todas as pessoas têm acesso a alimentos orgânicos, ou porque não os encontram ou porque eles são muito caros para alguns orçamentos. É melhor comer uma fruta ou uma verdura que tenha sido exposta a um pesticida do que não comer frutas e verduras”, opina.

Ela aproveita para dar uma dica de como tornar esses alimentos menos perigosos para a saúde: “Deixe-os de molho em água com bicarbonato de sódio por cerca de 15 minutos e boa parte dos pesticidas será liberada.”

Para finalizar, Cristina observa que a exclusão total de um grupo de alimentos não é saudável do ponto de vista social. “Se excluir da dieta todos os óleos comuns, como o de soja e o de girassol, como a pessoa vai fazer quando for a um restaurante ou comer na casa de alguém? Levar uma dieta ao pé da letra pode levar a um isolamento social desnecessário. É legal seguir as instruções gerais, mas sem exageros e em equilíbrio com o mundo lá fora”, finaliza.

Comentário

Espaço Mulher

Congresso do Chile discute impeachment de Sebastián Piñera

Publicado

dia

Após protestos violentos, crise política no Chile entra em uma nova fase: a possibilidade de impeachment de Sebastián Piñera

Sebastían Piñera: presidente do Chile ficou com a maior parte da culpa da crise política que país enfrenta após protestos (Spencer Platt / Equipe/Getty Images)

Santiago —Parlamentares do Chile devem debater nesta quinta-feira o possível impeachment do presidente Sebastián Piñera devido a alegações de que não garantiu os direitos humanos durante semanas de protestos nas ruas do país, em um teste político ao qual ele provavelmente sobreviverá, mas que pode abalar seu enfraquecido governo.

Protestos de pequena escala que começaram em outubro em reação a um aumento das tarifas de metrô saíram de controle rapidamente, deixando 26 mortos, prejuízos de bilhões de dólares e alegações generalizadas de abusos das forças de segurança.

Piñera, político de centro-direita e empresário bilionário, ficou com a maior parte da culpa. No final de novembro, seu índice de aprovação despencou para 10%, o mais baixo de um presidente desde que o Chile voltou à democracia em 1990.

Mas as chances de um impeachment continuam pequenas.

Mesmo que uma votação na câmara baixa consiga a maioria simples necessária para levar o debate ao Senado, os senadores da coalizão governista podem inviabilizar facilmente os dois terços de votos exigidos para sua remoção.

“Os esforços para retirar Piñera dificilmente devem ter sucesso devido à composição do Congresso”, disse Maria Luisa Puig, especialista latino-americana do Eurasia Group, acrescentando que, na verdade, a revolta pública transcende Piñera.

As queixas mais destacadas, da reforma do sistema de pensões obsoleto do país ao corte de gastos em serviços públicos, remontam a decisões tomadas muito antes do tempo de Piñera.

Os poucos parlamentares dos vários partidos de oposição por trás da iniciativa de impeachment dizem que Piñera, que em um período anterior da crise declarou que o Chile estava “em guerra com um inimigo poderoso”, não agiu com rapidez suficiente para conter os abusos da polícia.

A equipe legal de Piñera sustenta que não existe ligação entre suas ações e qualquer irregularidade constitucional.

Vários grupos internacionais de direitos humanos denunciaram abusos policiais. O presidente prometeu reformas profundas nos protocolos da polícia.

Um debate longo ou agressivo nesta quinta-feira na Câmara dos Deputados pode prejudicar ainda mais a imagem já combalida de Piñera. Se a câmara aprovar a moção de impeachment, o Senado terá que ouvir as alegações em sua próxima sessão.

Ver mais

Espaço Mulher

Delineador colorido: um guia completo para inovar na make

Publicado

dia

Que um delineado bem feito é o charme da maquiagem, nós já sabemos! Mas que tal apostar em um delineador colorido para sair do tradicional? Confira nosso guia sobre esse produto que virou febre!

Beleza dos Olhos

Como usar delineador colorido

Apesar de muito popular, muitas mulheres não sabem usar o delineador para traçar a pálpebra. Aprenda a fazer um delineado colorido com os tutoriais que escolhemos para você!

Delineador colorido líquido

Aqui, você vai aprender a usar o delineador líquido. Para ajudar na aplicação, é essencial preparar a pele corretamente para não “carimbar” o olho.

Delineado colorido com batom líquido

Não tem o delineador colorido em casa? Confira, nesse vídeo, como fazer um lindo traço usando o batom colorido.

Delineador colorido com sombra: funciona?

Se você não tem muito domínio com o delineador e quer treinar o traço, a sombra pode ser sua aliada. No vídeo, você vai aprender a aplicar a sombra como delineador. É muito fácil e pode ser perfeito para você.

Vale lembrar que delineado é prática. Quanto mais vezes você fizer, mais craque no traço você vai ficar!

15 fotos de delineador colorido para você se inspirar

Separamos delineados lindos e ousados para te inspirar na hora de escolher o seu. São diversos tipos e cores que vão te deixar ainda mais estilosa.

1. O delineador colorido traz alegria para o visual

BÁRBARA DALBONI

2. O modelo do delineado pode ser variado

JÚLIA RODRIGUES

3. Tem o duplo

JOÃO LOM

4. Com glitter

KÉZIA PACÍFICO

5. E os ousados que combinam muito com o Carnaval

ISABELLE PERRUT

6. Você pode optar por um delineado neon

JOÃO LOM

7. Ou investir numa composição de cores no visual

CAROL GONÇALVES

8. O delineador vermelho é uma opção fora do comum

GABI MORETTI

9. O traço pode ser delicado

MARINA VILARINS

11. Ou bem arrojado

JOÃO LOM

12. Aposte em combinações de cores

LU FERREIRA

13. Não tenha medo de inovar

JÚLIA RODRIGUES

14. Com traços gráficos

MANU CALEGARI

15. Você vai ficar linda!

BRIGITTE CALEGARI

Essa é uma ótima escolha, como você viu! Perfeita para quem quer dar um up no visual, deixando a maquiagem mais vibrante e criativa.

Onde comprar delineador colorido

Amou a ideia, mas não sabe qual delineador escolher? Separamos os produtinhos mais queridos do momento para você se jogar nas cores:

ISTOCK

  1. Delineador colorido NYX, na Lory Makeup
  2. Delineador DaPop, na Maria Flor Makeup
  3. Delineador em gel Mark Avon
  4. Delineador Mahav, na Maquiadoro
  5. Delineador Sephora

Agora é só escolher a cor que você mais gosta e arrasar no delineado. Se você ainda não tem prática, veja mais dicas sobre como passar delineador.

Ver mais

Espaço Mulher

Aromaterapia com óleos essenciais para controlar a acne

Publicado

dia

Substâncias extraídas de flores e folhas seriam um tratamento complementar contra as espinhas na pele

Aromaterapia seria aliada no tratamento de lesões na pele, segundo estudo. (Foto: BSIP/UIG/Getty Images)

Em São Paulo, um curso voltado a profissionais de saúde reverberou as últimas descobertas sobre o uso da aromaterapia contra a acne, doença marcada por espinhas e lesões no rosto e nas costas.

“Pesquisadores da Universidade do Sul da Austrália misturaram os óleos essenciais de bergamota, gerânio, lavanda, camomila e hortelã, entre outros, e obtiveram ótimos resultados na redução do processo inflamatório na pele”, exemplifica a aromaterapeuta Maria Aparecida das Neves, uma das responsáveis pelo evento na capital paulista.

Antes de comprar qualquer produto por aí, porém, é primordial procurar um dermatologista para que ele avalie o quadro e indique a melhor estratégia terapêutica.

“A aromaterapia pode até ser associada, desde que essa saída não exclua ou atrase o tratamento convencional, que tem eficácia comprovada”, afirma a médica Lilia Guadanhim, da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Ver mais

Disponível nosso App

Publicidade

Escolha o assunto

Publicidade