Nossa rede

Aconteceu

Vigilante de hospital no DF agride pai de paciente da pediatria que reclamou da demora

Publicado

dia

Vigia alertou que homem estava armado, mas nenhum objeto foi encontrado com ele. Agressão ocorreu em frente à sala de triagem do hospital de Santa Maria.

Carro da PM em frente a pediatria do hospital de Santa Maria — Foto: Reprodução/TV Globo

Um vigilante do Hospital Regional de Santa Maria, no Distrito Federal, agrediu o pai de uma paciente que estava aguardando atendimento na noite de domingo (10). A confusão ocorreu na emergência da pediatria.

O moço foi entrar aí para ver a filha dele, para reclamar, e o guarda deu um tapa na cara dele”, relatou uma mulher que presenciou a cena.

A agressão ocorreu em frente à sala de triagem, quando o pai procurou os funcionários para saber quanto tempo levaria para a filha ser atendida.

“O pai de família chegou do trabalho alterado devido a filha dele não estar conseguindo urinar dentro de quatro dias. Aí ele nervoso, como todos nós ficamos, ele foi tomar satisfação do porquê da demora. Aí o segurança inexperiente chegou por trás e deu um tapa no rosto do rapaz”, relatou outra testemunha.

De acordo com a Polícia Militar, o supervisor da segurança do hospital ligou para a polícia com a justificativa de que o pai da criança estava armado – o que não foi constatado pelos policiais.

“Foi informado para a gente que no hospital tinha um elemento armado, e o pessoal estava se sentido coagido. Mas não foi constatado que não tinha arma, não”, declarou o sargento José Crispiano.

Pais aguardam atendimento para os filhos na pediatria do hospital de Santa Maria — Foto: Reprodução/TV Globo

Pais aguardam atendimento para os filhos na pediatria do hospital de Santa Maria — Foto: Reprodução/TV Globo

Os PMs encaminharam o pai, o segurança e testemunhas à delegacia. A suspeita é de que o supervisor da segurança tenha realizado uma falsa comunicação do crime. Todos foram liberados da 20ª DP após assinarem termo de compromisso para comparecer à Justiça.

Em nota, a direção do Hospital Regional de Santa Maria ressalta que “preza pela humanização do atendimento e respeito ao cidadão e servidores”. A direção destaca, ainda, que está apurando os fatos de forma minuciosa.

A Secretaria de Saúde informou ainda que, de acordo com informações preliminares, o pai da paciente da pediatria chegou a chutar a mesa e cadeira de um consultório. O vigilante que teria tentado intervir foi agredido e a Polícia Militar foi acionada para conter os ânimos.

Demora no atendimento

No hospital, as queixas sobre demora são constantes. Uma mãe contou ter ficado nove horas esperando para o filho ser atendido.

“Cheguei às 3h40 e já é meia-noite. Estou saindo agora do hospital. Agora que meu filho foi atendido. É porque é receita amarela. Então é urgente. Ele está com pneumonia”, afirmou a mãe.

Fonte G1

Comentário

Aconteceu

Tripulantes da Avianca suspendem greve temporariamente

Publicado

dia

Atualmente, a empresa possui apenas seis aeronaves em operação em todo o país

Os tripulantes da Avianca informaram que suspenderam temporariamente a greve iniciada na última sexta-feira(17/5). A decisão, tomada em assembleia realizada ontem (19/5), vale até a realização de nova assembleia.
De acordo com o Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA), a greve dos tripulantes da companhia aérea, que passa por recuperação judicial, afetou as operações de decolagem de voos nos aeroportos de Congonhas (São Paulo) e Santos Dumont (Rio de Janeiro).
Atualmente, a empresa possui apenas seis aeronaves em operação em todo o país. Os trabalhadores disseram que paralisaram as atividades porque estão com salários e benefícios atrasados.
Na assembleia, os tripulantes também decidiram que vão utilizar o manual geral de operações da empresa, que determina que os trabalhadores não podem realizar atividades como tripulantes se estiverem sob efeito de fadiga e estresse.
“Assim sendo, aqueles que se sentirem sob condições de estresse devido à falta dos pagamentos e ao risco iminente de serem demitidos — a companhia dispensou aproximadamente 900 tripulantes entre os dias 13 e 16 de maio — ou que não se encontrarem em condições emocionais adequadas para desempenharem suas funções em voos, por decisão individual, devem comunicar por e-mail o não comparecimento ao trabalho com base no manual”, disse o sindicato, em nota.
O sindicato informou que vai requerer audiências no Tribunal Superior do Trabalho (TST) para explicar a situação dos tripulantes e o risco acarretado à segurança de voo e à continuidade das operações da empresa.
Ver mais

Aconteceu

PMDF autua mais de 250 condutores por alcoolemia durante o fim de semana

Publicado

dia

Foram utilizados mais de 300 policiais nas operações e 1.789 veículos foram abordados

(foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)

O Comando de Policiamento de Trânsito, da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), registrou, entre os dias 17 e 19 de maio, mais de 80 ocorrências de trânsito. Entre elas, 257 registros de alcoolemia e embriaguez e 185 autuações por uso de celular. Foram utilizados mais de 300 policiais nas operações, 150 viaturas, 60 ordens de serviço foram executadas e 1.789 veículos foram abordados.
Durante os três dias, a corporação também recolheu 215 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH) e Permições para Dirigir (PPD), deteve 42 pessoas e prendeu 10 em flagrante.
Além disso, removeu 23 veículos, apreendeu 550 comprimidos de ecstasy em uma operação contra drogas, removeu 23 veículos, registou 37 Termos Circunstanciados de Ocorrência de transportes (TCO’s) piratas e 42 transportes irrregulares.
As principais operações do fim de semana foram as Álcool zero, Operação Prioridade, Operação de combate ao transporte irregular, Operação de Fiscalização de Trânsito, Caminhada de Combate e enfretamento ao abuso e exploração sexual, Bora de Bike e 16º Volta ao Lago.
Ver mais

Aconteceu

Feminicídio: servidora é morta na sede da Secretaria de Educação

Publicado

dia

Crime aconteceu na manhã desta segunda-feira (20/5). Marido entrou, disparou contra a companheira, e se suicidou logo em seguida

(foto: Maurenilson Freire/CB)

Uma servidora da Secretaria de Educação foi assassinada dentro da sede da Secretaria de Educação, na manhã desta segunda-feira (20/5). O crime aconteceu no interior do prédio da 511 Norte. O marido entrou, disparou contra a companheira, e se matou logo em seguida.

As informações foram confirmadas ao Correio pelo secretário Rafael Parente. Ele cancelou a agenda que teria na manhã desta segunda e está em deslocamento para o endereço.

Logo depois, ele confirmou a informação também pelo Twitter. “Houve um homicídio agora na nova Sede II, na 511 norte. Estou a caminho. A Caravana da Educação da Regional do Núcleo Bandeirante está suspensa. O primeiro relato é de que um homem matou a esposa e se suicidou”, escreveu.

Obra nos banheiros

Servidores contaram que os banheiros da secretaria passam por reforma. Por causa disso, quando escutaram os barulhos de tiro, muitos pensaram que fosse barulho de construção. Só houve correria quando os funcionários ficaram sabendo, um pelo outro, do assassinato que havia acontecido.

 

Ver mais
Publicidade

Escolha o assunto

Publicidade