Nossa rede

É Destaque

No fim do mandato, Temer diz que seu governo termina “vitorioso”

Publicado

dia

Em homenagem recebida em Brasília, presidente agradeceu a setores da sociedade que o apoiaram em pautas impopulares

O presidente Michel Temer disse nesta terça-feira (4) que seu governo termina “vitorioso”. Em homenagem recebida em Brasília, ele agradeceu a setores da sociedade que o apoiaram em pautas impopulares. “Sem embargo de trabalhar das 8h às 22h, 23h todos os dias, momentos como esse são compensadores. Estamos terminando o governo vitoriosos. Especialmente pelo apoio que vocês dão”.

Temer foi homenageado por representantes do setor de biodiesel no Brasil. Ele se disse surpreso pelas homenagens que vem recebendo no final do seu mandado de pouco mais de dois anos e meio. “Quando o governo começa a acabar ninguém mais te procura. A história do café frio é uma verdade absoluta. Eu, graças a Deus, além de dizer que o café ainda é quente, do mês passado para cá eu tenho me surpreendido agradavelmente com as homenagens que temos recebido, porque percebo que fizemos o correto para o Brasil”.

Em seu discurso, de cerca de 20 minutos, o presidente citou algumas das medidas de seu governo para a retomada do crescimento, como a fixação de um teto de gastos públicos, o reajuste aos beneficiários do Bolsa Família e a liberação do saque das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Temer citou ainda medidas de estímulo à geração de emprego nos setores de supermercados e materiais de construção, o que lhe rendeu homenagens de representantes dessas áreas. “Quando eu recebo uma homenagem desta natureza, eu digo ‘puxa, valeu a pena’”. Fonte: Portal Exame

Comentário

É Destaque

Ataque em Campinas não muda disposição em liberar armas, diz Onyx

Publicado

dia

Para o futuro ministro da Casa Civil, os governos petistas desrespeitaram a vontade da população que votou contra o desarmamento no referendo de 2005

Onyx: “Bolsonaro pretende respeitar a vontade expressa pela maioria da população naquele momento, o direito à legítima defesa” (Valter Campanato/Agência Brasil)

O ministro extraordinário da Transição, Onyx Lorenzoni, afirmou na terça-feira, 11, que o tiroteio que terminou com cinco pessoas mortas na Catedral Metropolitana de Campinas (SP) não vai mudar a disposição do futuro governo em liberar a posse de armas de fogo no País. “São coisas completamente diferentes”, disse.

Para Onyx, os governos do PT, com o auxílio do MDB, desrespeitaram a vontade da população que votou contra o desarmamento no referendo sobre o tema em 2005. “O presidente [Jair Bolsonaro] pretende respeitar a vontade expressa pela maioria da população naquele momento, o direito à legítima defesa. Vamos respeitar isso dentro da lei”, disse.

Bancadas

O ministro disse também que a equipe de transição pretende conversar com partidos da oposição na série de encontros com as bancadas da Câmara e do Senado. “Tem algumas áreas que vamos ter que enfrentar de transformações do Brasil no próximo ano que terão que ser fruto de um grande pacto nacional”, disse.

Onyx afirmou que ainda é cedo para saber quantos deputados o futuro governo terá em sua base de apoio, mas contou que nesta quarta-feira, 12, a equipe de transição já terá conversado com cerca de 310 parlamentares. Fonte: Portal Exame

Ver mais

É Destaque

Bolsonaro diz que ataque a tiros em igreja em Campinas é “crime bárbaro”

Publicado

dia

O crime ocorreu nesta terça-feira, quando um homem de 49 anos entrou na Catedral Metropolitana de Campinas e atirou em oito pessoas

Bolsonaro: presidente eleito lamentou pelo Twitter o crime ocorrido em Campinas nesta terça-feira, 11 (Andre Coelho/Getty Images)

O presidente eleito Jair Bolsonaro lamentou pelo Twitter o crime ocorrido em Campinas nesta terça-feira, 11, e disse que está acompanhando a apuração junto às autoridades.

“Estamos acompanhando a apuração das autoridades sobre o crime bárbaro cometido hoje na Catedral Metropolitana de Campinas, em São Paulo. Nossos votos de ‘solidariedade’ às vítimas dessa tragédia e aos familiares”, escreveu Bolsonaro na rede social.

 

Nesta terça-feira, um homem de 49 anos entrou na Catedral Metropolitana de Campinas e atirou em oito pessoas. De acordo com a Polícia, quatro pessoas morreram e outras foram socorridas. O homem, identificado como Euler Fernando Grandolpho ,se suicidou após o incidente. Grandolpho era de Valinhos, interior de São Paulo, e não tinha antecedentes criminais.

Fonte: Portal Exame

 

 

Ver mais

É Destaque

Bolsonaro entre as personalidades mais procuradas do mundo no Google

Publicado

dia

Em 2018, presidente eleito foi surpresa da lista liderada pela duquesa Meghan Markle

(Paulo Whitaker/Reuters)

Jair Bolsonaro é a grande surpresa na lista global das personalidades mais procuradas no Google em 2018. Em 6º lugar, ele aparece à frente do juiz da Suprema Corte dos Estados Unidos Brett Kavanaugh (7º); Hailey Baldwin (8º), namorada de Justin Bieber; Stormy Daniels (9º), ex-atriz pornográfica, suposto affair de Donald Trump; e da rapper Cardi B (10º).

Quem lidera a lista é a duquesa Meghan Markle, mulher do príncipe Harry. A cantora Demi Lovato (2º) e o ator Silvester Stallone (3º) completam o pódio dos mais procurados.

O youtuber Logan Paul (4º) e a socialite Khloe Kardashian (5º) são os outros dois nomes à frente de Jair Bolsonaro.

 

Ver mais
Publicidade

Escolha o assunto

Publicidade