Nossa rede

Aconteceu

‘Medida protetiva não serviu pra nada’, diz família de mulher morta por ex no DF

Publicado

dia

Corpo de Simone de Sousa Lima, 25 anos, foi enterrado nesta quarta no Gama. Ela foi morta a facadas; suspeito está foragido.

O corpo de Simone de Sousa Lima, de 25 anos – morta com golpes de facão na última segunda-feira (3), em Santa Maria – foi enterrado nesta quarta (5) no cemitério do Gama, no Distrito Federal.

O ex-marido dela, Josias Sacramento dos Santos, é apontado pela polícia como principal suspeito. Ele fugiu logo após o crime e, até as 14h30 desta quarta, continuava foragido.

Na cerimônia, parentes e amigos da família se despediram de Simone. Ela estava grávida e deixa também um filho de três anos.

Um primo da vítima, de 32 anos, contou ao G1 que Simone já tinha relatado casos de agressão do ex-marido, mas costumava esconder as marcas da violência. Ele preferiu manter a identidade em sigilo.

À reportagem, ele lembrou que a prima estava sob medida protetiva há um ano e que ela ainda se encontrava com o agressor, mas costumava esconder as marcas da violência.

“A família perguntava, dava conselhos, mas Simone escondia que era agredida. Ele [Josias] ameaçava ela demais.”
Abalado, ele se referiu ao ex-marido da prima como um “homem violento” e, por isso, a mãe e as irmãs de Simone não aprovavam o relacionamento mantido por três anos.
“É grande a dor de ter uma vida tirada pelas mãos de alguém. A medida protetiva não serviu pra nada.”

Ameaças

Além disso, parentes disseram que as ameaças de Josias se estendiam também a outros membros da família da ex e, por isso, o caso já tinha sido denunciado à polícia por duas vezes no ano passado.

“O erro dela foi ter acreditado que ele ia mudar. Homem que agride a primeira vez, vai agredir sempre”, disse.

“Que sirva de exemplo para outras mulheres. Tem que denunciar, falar sempre”.

O crime

O crime foi na quadra 417, em Santa Maria, por volta das 6h. O corpo foi encontrado pelo cunhado da vítima.

“Ele diz que, pela posição que o corpo foi encontrado, ela deveria estar dormindo. Deve ter havido consumo de drogas, porque foi encontrada cocaína no local”, diz o delegado Paulo Gallindo.

Familiares de Simone disseram à polícia que o casal ficava “entre idas e vindas”. Na madrugada desta segunda (3), ela foi até a casa do ex-marido, atendendo a um chamado dele, e não voltou.

O delegado Rodrigo Corrêa informou que, em depoimentos anteriores, o homem tinha sido descrito pela ex-mulher como “bem violento”.

Em entrevista à TV Globo, a irmã da vítima, Raimunda Sousa, diz que alertou que Simone sobre o risco das agressões, e disse que a família não aprovava o relacionamento devido ao histórico do rapaz.

Comentário

Aconteceu

Menina de 12 anos recém-operada do coração é achada em condições precárias

Publicado

dia

Criança foi encontrada morando em um lixão do munucípio de Floresta, no sertão pernambucano

Local onde menina foi encontrada
(foto: Marcus Antonius/Acervo FPI/PE)

Uma menina de 12 anos foi localizada em condições insalubres morando no lixão do município de Floresta, no Sertão pernambucano. Recentemente, a garota passou por uma cirurgia cardíaca no Pronto-Socorro Cardiológico de Pernambuco (Procape), no Recife. Após o procedimento, ela voltou para casa, onde mora com os pais, e corria risco de vida por conta da poluição do ambiente e da falta de cuidados exigidos no pós-operarório.  De acordo com o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), ela foi encaminhada para o hospital municipal de Floresta, nesta quinta-feira (18/7).

Os pais da menina são catadores de material reciclável, mas no município ainda não existem cooperativas que permitam atividade de forma adequada, com o uso de equipamentos de segurança e inclusão na cadeia da coleta seletiva. A criança foi encontrada após a intervenção da equipe de Saneamento da Fiscalização Preventiva Integrada da Bacia do São Francisco em Pernambuco (FPI/PE) em conjunto com a promotora de Justiça de Floresta, Kamila Guerra. A FPI sugeriu que fosse feito um levantamento das informações sobre as pessoas que foram encontradas morando dentro do lixão e a adoção de medidas para que fossem retiradas da localidade em caráter emergencial.

“Não é possível admitir a moradia de pessoas no lixão. Temos que providenciar uma solução e tirar essas pessoas de lá o quanto antes, porque eles estão vivendo em uma situação de miséria extrema”, destacou a promotora de Justiça de Paulo Afonso Luciana Khoury, coordenadora da FPI na Bahia, que foi convidada para participar da operação pernambucana em cooperação técnica com o CAOP Meio Ambiente do Ministério Público de Pernambuco.
O prefeito e secretários municipais de Floresta foram chamados pelo MPPE para visitar o local e encaminhar, dentro dos próximos dias, equipes do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) e do Conselho Tutelar para avaliar a situação das famílias e, em especial, das crianças.
Ver mais

Aconteceu

Motociclista morre em acidente de trânsito na BR-020 durante madrugada

Publicado

dia

Homem de 27 anos não resistiu ao impacto de uma colisão com um caminhão, próximo ao Posto Itiquira

BR-020 registrou dois acidentes na semana passada
(foto: Divulgação/CBMDF)

Um motociclista de 27 anos morreu após colidir com um caminhão na BR-020. O acidente aconteceu na madrugada desta sexta-feira (19/7), por volta de 1h da manhã, próximo ao Posto Itiquira, no sentido Goiás/Distrito Federal.
O Corpo de Bombeiros foi acionado e enviou duas viaturas e nove militares ao local, mas quando chegou o homem já havia falecido. A vítima foi identificada pelo nome de Jaci Elias de Bonfim Junior.
A corporação não sabe informar qual a dinâmica do acidente, mas uma perícia da Polícia Civil irá determinar as causas da colisão. O caminhoneiro, de 67 anos, não se feriu.

Via perigosa

A BR-020 registrou outro acidente recentemente, uma semana antes. Três pessoas ficaram feridas quando uma motorista perdeu o controle do carro e capotou. Entre as vítimas, estavam uma criança de 8 anos e uma adolescente de 14, que foram encaminhadas ao Hospital Regional de Sobradinho.
Um dia depois da capotagem, houve uma colisão entre dois carros de passeio e um micro-ônibus que deixou cinco feridos na mesma pista, na altura do Condomínio Alto da Boa Vista.
Ver mais

Aconteceu

Fogo em vegetação: incêndios simultâneos atingem áreas diferentes do DF

Publicado

dia

Corpo de Bombeiros combate chamas no Paranoá, em Samambaia e no Taquari, na subida do Colorado, no dia em que o DF entrou em estado de alerta para baixa umidade

Incêndio na subida do Colorado, antes do Taquari, sentido Sobradinho
(foto: Divulgação/DER)

Três ocorrências de incêndios florestais ocorrem de forma simultânea na tarde desta segunda-feira (15/7). O Corpo de Bombeiros foi acionado para apagar as chamas no Paranoá, em Samambaia e no Taquari, na subida do Grande Colorado, próximo a Sobradinho. Equipes de diferentes regiões trabalham nos casos. Nas duas primeiras cidades, os militares precisaram pedir reforço após identificar chamas de média proporção.
No caso de Samambaia, os bombeiros identificaram a fumaça enquanto trabalhavam em outro chamado, em Ceilândia. Há uma coluna de fumaça grande na região da DF-180, no fim da cidade. Somente no Taquari há uma preocupação menor, porque, segundo os bombeiros, trata-se de um combate corriqueiro.
As ocorrências acontecem no dia em que o Distrito Federal entra em estado de alerta devido à baixa umidade da capital. O aviso, publicado pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), prevê que a umidade possa ficar abaixo dos 20%. A tendência é de que o tempo seco esteja apenas começando e dure até o fim de agosto.
Segundo levantamento dos bombeiros, até a primeira semana de julho, a corporação atendeu a 1.599 ocorrências de fogo em áreas verdes. A região queimada chega a 1.090,84 hectares — mais de mil campos de futebol. Para evitar devastação, especialistas têm adotado ações de prevenção, como a utilização da técnica do aceiro, que está sendo realizada hoje em Áreas de Proteção Ambiental.
Ver mais
Publicidade

Escolha o assunto

Publicidade