Nossa rede

Espaço Mulher

Glitter ecológico já é hit do Carnaval! Aprenda como fazer e onde comprar

Publicado

dia

Para você brilhar muito neste Carnaval, sem prejudicar a vida marinha.

(Ile Machado/O Brilho da Tartaruga/Divulgação)

Já é fevereiro, garota, e o Carnaval está batendo na porta com tudo esperando a gente atender, né? Para muitas folionas, se tiver pouco brilho é melhor nem sair de casa, e o jeito mais comum de usar purpurina nos bloquinhos de carnaval é se banhar de glitter da cabeça aos pés. Mas essa ação, aparentemente inofensiva, pode impactar seriamente muitas vidas, incluindo as humanas.

Com até cinco milímetros de diâmetro, o glitter é produzido com micropartículas plásticas e de alumínio, que ao serem descartadas durante o banho, escorrem pelo ralo e vão parar diretamente nos oceanos, prejudicando a vida marinha. Parece que não é tão grave assim, mas mesmo sendo tão pequenos, os pedaços de plástico vão se acumulando no fundo dos oceanos, atingindo a cadeia alimentar ao serem ingeridos por peixes e outras espécies, como os humanos. Sim, você pode estar ingerindo plástico sem saber.

Preocupados com os impactos do uso desenfreado das micropartículas, especialmente nesse período do ano, algumas marcas surgiram no mercado trazendo alternativas ecológicas para os consumidores. Luciana Duarte, da Pura Bioglitter, explica que, por ser feito à base de algas marinhas, o material biodegradável se dissolve facilmente na água e não prejudica espécies marinhas. “Acreditamos que a consciência ambiental está crescendo e isso se reflete no aumento de pedidos que estamos tendo nesse carnaval”, conta a sócia da marca.

Para você poder se divertir com mais tranquilidade nas folias e evitar tanto transtorno para o meio ambiente e para o seu organismo, o MdeMulher separou algumas ideias super legais para produzir o seu próprio glitter de forma sustentável em casa e também sugestões de marcas que vendem os produtos prontinhos para você lotar seu corpo com muito brilho e deixar a sua fantasia de Carnaval ainda mais perfeita. 

Se você não quiser ter o trabalho de produzir o material, algumas marcas vendem potinhos fabulosos de glitter sustentáveis, veganos e cruelty-free (que não testam em animais). Além da comodidade de receber os produtos em casa, você tem diversas opções de cores para usar em todos os rolês possíveis, sempre com uma combinação diferente.

Com vendas pela internet, os produtos são comercializados pela loja da Chateliê, na Elo7. Em cinco cores, além da opção incolor, cada potinho contém cerca de 1,5g de glitter artesanal e 100% vegano, custando R$ 8,00 a unidade. A loja online também vende as chamadas “escamas brilhosas“, em unidades com 1g, custando R$ 7,00 cada.

Pura Bioglitter

 (Pura Bioglitter/Divulgação)

Com mais de 20 opções de glitter e pastas, a Pura Bioglitter é bem diversificada e seus produtos podem ser usados com tranquilidade durante muito tempo. Custando a partir de R$ 10,00, os colares de glitter vêm com correntinhas que podem ser levadas com você para se banhar de brilho em qualquer lugar, a qualquer hora. Para quem está com o espírito animalesco e quer um make fenomenal, vale a pena adquirir o “Vem, oncete!” para arrasar nos bloquinhos!

Lua Branca

 (Lua Branca/Elo7/Divulgação)

Também pela Elo7, a marca Lua Branca acertou em cheio nas escolhas da paleta e possui seis cores que vão deixar qualquer make um verdadeiro bafão! Feitos à base de algas e pó de pedras, os produtos da marca são fáceis de remover, sendo indicados para todos os tipos de pele, e não são testados em animais. Cada potinho contém 2g e custa R$ 10,00.

Glitter Glitter

 (Glitter Glitter/Divulgação)

Você vai pirar nas diversas opções de produtos que a Glitter Glitter preparou para um desfile de brilho e cores neste Carnaval. Além dos potinhos, a marca ainda vende o kit rainbow com sete cores + fixador por R$ 45,00.

O Brilho da Tartaruga

 

Além das opções em potinhos, O Brilho da Tartaruga também tem opções bacanas do material em garrafinhas com cerca de 3g de glitter. Cada unidade sai por R$ 8,00 e, segundo os idealizadores, até as tartarugas gostam

Comentário

Espaço Mulher

Cisteamina e microagulhamento: o que há de novo no tratamento para melasma

Publicado

dia

Além deles, o combate a estas manchas na pele pode ganhar o reforço de um ácido tradicionalmente usado em hemorragias.

(evgenyatamanenko/Getty Images)

Caracterizado por manchas castanhas que aparecem principalmente no rosto de mulheres em idade fértil – embora possam acometer outras partes do corpo e também mulheres de outras idades e homens –, o melasma não chega a causar nenhum problema físico de saúde, mas pode comprometer bastante a autoestima das pessoas. E, como sabemos, saúde mental é importante e deve ser preservada e tratada.

Pode ser que o fator desencadeante seja o uso de pílula anticoncepcional, a gravidez, a exposição ao sol e mesmo às luzes ultravioletas e visíveis ou uma predisposição genética. Não importa: procurar um tratamento para se livrar das manchas e ficar em paz ao se olhar no espelho é sempre uma boa ideia.

A abordagem tradicional contra essas marcas da pele é com creme de fórmula tríplice (à base de ácido retinoico, hidroquinona e corticoide), mas o cenário começa a mudar com alternativas mais eficazes e menos controversas de tratamentos – quando usada por períodos muito contínuos, a hidroquinona pode causar dermatite de contato e manchas irreversíveis na pele, como as branco-azuladas da ocronose.

As dermatologistas Denise Steiner e Monica Fialho (diretora da Clínica BarraSkin-RJ) contaram ao MdeMulher o que há de mais moderno para o tratamento de melasma.

Antes de irmos a eles, cabe um aviso: todos os tratamentos para pele sempre devem ser realizados por médico ou médica dermatologista, em consultório ou ambiente hospitalar adequado.

Cisteamina: a revolução no tratamento de melasma

Assim como a hidroquinona, a cisteamina é uma substância clareadora. Sua grande vantagem é não apresentar os efeitos colaterais de sua sucessora.

Ela já vinha sendo estudada havia cerca de cinco anos, mas a dificuldade para neutralizar seu odor forte dificultava sua aplicação comercial. Em 2019, na Suíça, finalmente conseguiram torná-la viável e iniciar tratamentos com ela.

Sua ação é antioxidante e aumenta a quantidade de glutadiona dentro da célula provocando o clareamento da região.
Apesar de não ter efeitos colaterais, a cisteamina é forte, por assim dizer, e requer alguns cuidados. Para começar, a pele não deve ser lavada imediatamente antes de sua aplicação – a proteção da oleosidade natural é muito bem-vinda para que ela não agrida a pele.

Uma vez passada na pele, a cisteamina deve ser retirada depois de cerca de uma hora com água corrente am abundância. Dormir com ela, nem pensar! O clareamento da mancha do melasma começa a ser notado depois de 30 dias de tratamento.

Microagulhamento contra o melasma

Além de estimular a formação de colágeno, a técnica que perfura camadas de pele com agulhas pequeninas melhora sua vascularização e a ação dos melanócitos (células produtoras de melanina, responsáveis pela pigmentação cutânea), diminuindo gradativamente as manchas do melasma.

Ácido tranexâmico: uma potencial novidade contra o melasma

Tradicionalmente usado no tratamento de hemorragias, o ácido tranexâmico surge como uma potencial alternativa para o tratamento via oral do melasma. Desde 2006, sua aplicação para este fim vem sendo estudada na Coreia do Sul – e os resultados são animadores.

Denise explica que a substância gera uma reação química em relação aos estímulos que levam ao melasma e consegue neutralizar e cortar o primeiro estímulo causador das manchas, seja ele hormonal ou de luz. “É um remédio fora da curva. Por mexer na consistência do sangue, é preciso um cuidado de pesquisa de histórico de trombose e de condição cardíaca da pessoa e de seu histórico familiar”, alerta a dermatologista.

Por enquanto, não há previsão de quando o uso comercial do ácido tranexâmico será considerado ok para o tratamento do melasma.

Ver mais

Espaço Mulher

O brinco de pérola é um clássico para nunca deixar de lado

Publicado

dia

O modelo de brinco é daqueles acessórios que dá um ‘up’ em qualquer look

Não importa qual seja a sua idade, você com certeza já teve ou tem algum brinco de pérola. Esse clássico sempre fez o maior sucesso no mundo da moda, mas agora voltam com tudo e são o destaque da estação.

Os brincos de pérola estão disponíveis em vários modelos. Desde o mais tradicional, como aqueles com uma pedra única, até os mais modernos. Tudo para agradar a todos os gostos.

O modelo de brinco é perfeito para quem quer trazer um ar mais clássico ao look, deixando-o mais estiloso. Confira 8 modelos de brincos de pérolas para se inspirar:

Brincos de pérolas

 (Divulgação/Divulgação)

1. Brincos de pérolas, Zara, R$ 29*

2. Brinco ouro amarelo pérolas, Vivara, R$ 320*

3. Brinco ear cuff pérolas, Amaro, R$ 29,90*

4. Brinco de ouro 18k pérola pendurado BR14074, Jóias Gold, R$ 394,50*

5. Brinco Pérola com Zircônia, Monte Carlo, R$ 290*

6. Brinco duplo pérola, Amaro, R$ 39,90*

7. Brincos de pérolas, Zara, R$ 29*

8. Brinco assimétrico argola e pérolas, Amaro, R$ 29,90*

*Preços consultados em julho de 2019. Sujeitos a alteração.

 

Ver mais

Espaço Mulher

Nail art com transparência é tendência no Instagram

Publicado

dia

O modelo é uma boa pedida para quem gosta de praticidade ao fazer as unhas

Depois de tantas tendências de unhas exageradas, como as encapsuladas e também as unhas de gel, a pedida da vez são as unhas minimalistas e “transparente”. A nail art valoriza a unha natural e chega até a deixar grande parte da unha sem esmalte; ela está bombando no Instagram.

As unhas minimalistas consistem em fazer desenhos ou aplicações nas unhas naturais sem usar coloração por completo. O resultado fica superdelicado e moderninho.

O melhor de tudo é que por não apresentarem uma cor predominante, fica mais fácil de combinar com o look e também de fazer a manutenção! Confira algumas unhas minimalistas para se inspirar:

Unhas minimalistas

 (@betina_goldstein/Instagram)

Unhas minimalistas

 (@betina_goldstein/Instagram)

Unhas minimalistas

 (@betina_goldstein/Instagram)

Unhas minimalistas

 (@heymichellelee/Instagram)

Unhas minimalistas

 (@ heymichellelee/Instagram)

Unhas minimalistas

 (@betina_goldstein/Instagram)

 (@betina_goldstein/Instagram)

 (@betina_goldstein/Instagram)

Ver mais
Publicidade

Escolha o assunto

Publicidade