Nossa rede

Brasília

Agentes de trânsito que aplicarem multas em horário de folga podem receber bônus salarial no DF

Publicado

dia

Nova lei distrital garante R$ 300 a mais no salário para cada 7 horas de serviço durante folga. Veja como vai funcionar.

Blitz do Detran e da Polícia Militar no Recanto das Emas, no DF (Foto: Tony Winston/Agência Brasília/Divulgação)

Um nova lei distrital, publicada nesta terça-feira (10) no Diário Oficial do DF, garante bonificação salarial para os agentes de trânsito que aplicarem multa ou exercerem outras atividades de fiscalização em dias de folga.

Estão contemplados funcionários do Departamento de Trânsito (Detran) e do Departamento de Estradas de Rodagem (DER). Por mês, o Detran terá 1.750 cotas e o DER, 850.

Agentes do DER controlam o trânsito no desvio para a DF-079, sentindo Águas Claras, no viaduto Israel Pinheiro (Foto: Letícia Carvalho/G1)

Na prática, o profissional que quiser, poderá abrir mão de horas de folga para trabalhar. Em troca, ele receberá uma gratificação bruta de R$ 300 para cada 7 horas de serviço durante a folga. Só ganhará bônus salarial quem fizer mais de 2 horas “extras”.

Para isso, o agente de trânsito precisa:

  • Ser, oficialmente, convocado pelo Detran ou pelo DER
  • Estar uniformizado durante a fiscalização
  • Estar escalado para o trabalho no dia em questão
  • Respeitar o mínimo de 11 horas de descanso entre um turno e outro

Para começar a valer, porém, a medida ainda precisa ser regulamentada. Pela norma, o Poder Executivo deve fixar regras complementares 6 meses após a publicação – em janeiro de 2019.

Carro apreendido pelo Detran do DF com R$ 28 mil em multas (Foto: Detran-DF/Divulgação)

A justificativa para a aplicação norma, segundo o DER, é financeira: aumentar o número de agentes nas ruas sem que seja preciso contratar novos profissionais.

“Nós tivemos uma redução de servidores, né? Devido a algumas aposentadorias, e não teve concurso nos últimos anos”, disse o superintendente de trânsito do órgão, Carlos Spies. “Devido aos grandes acidentes que estão acontecendo, às mortes no trânsito, a gente precisa retomar as nossas fiscalizações.”

Já ocorre na PM

Embora seja uma novidade no trânsito, o serviço voluntário remunerado existe na Polícia Militar há cerca de dez anos. O PM pode trabalhar de 8 a 12 horas em dias de folga e, em troca, recebe um adicional de R$ 300 bruto, o equivalente a R$ 214 líquido.

Policiais Militares do DF fazem patrulhamento em rua da cidade (Foto: Andre Borges/Agência Brasília/Divulgação)

“Esse serviço é utilizado para dar um extra no policiamento”, explicou o major MIchello Bueno. “São profissionais que estão sempre na rua, nas viaturas, a pé, a cavalo, para diminuir os índices criminais.”

Comentário

Política BSB

Ibaneis vai submeter a ministro de Bolsonaro três nomes para Saúde

Publicado

dia

Núbia Welerson Vieira,Carlos Fernando e Adriano Guimarães Ibiapina são os mais cotados para assumir a pasta no DF, segundo o emedebista

Rafaela Felicciano/Metrópoles

O governador eleito Ibaneis Rocha (MDB) disse nesta sexta-feira (16/11) que tem pelo menos três nomes para a pasta da Saúde. Eles serão levados ao futuro ministro da área de Jair Bolsonaro (PSL). No time de especialistas do emedebista cotados para assumir o cargo está a superintendente do Instituto de Cardiologia do DF (ICDF), Núbia Welerson Vieira.

Ela é cardiologista e teve o nome referendado pelo ex-secretário de Saúde de São Paulo, David Uip. Uip atuou por quatro anos e sete meses na gestão de Márcio França (PSB). Ao deixar o cargo, voltou para a área acadêmica.

O segundo nome é o de Carlos Fernando, vice-presidente do Sindicato dos Médicos do DF (SindMédico). Na função desde 2013, ele assumiu interinamente o comando da entidade, em junho de 2018, enquanto Gutemberg Fialho concorria a uma vaga de deputado distrital. Com o término do pleito eleitoral, Gutemberg retornou ao comando da entidade representativa.

Referendado pelo ex-secretário de Saúde do DF, o médico de carreira Adriano Guimarães Ibiapina é o terceiro nome cotado. Ele atuou por quase 10 anos no Hospital Regional da Asa Norte e é querido pela categoria. “Quero no cargo alguém que trabalhe em sintonia fina com o Ministério da Saúde, que é de onde saem os recursos”, disse o governador eleito.

Equipe de transição
Os nomes que comporão a lista de Ibaneis devem fazer parte da equipe de transição. O grupo vai avaliar os problemas na saúde pública da capital do país e será oficializado na segunda-feira (19/11).  No que depender do emedebista, contará com a coordenação de Jofran Frejat (PR). O governador eleito confirmou ao Metrópoles que o convite oficial ao ex-secretário de Saúde se dará nos próximos dias.

Nomes confirmados no grupo de trabalho da saúde:

secretário-executivo do Ministério da Saúde, Adeilson Loureiro Cavalcante;
deputado distrital eleito Jorge Vianna (Podemos), representante dos técnicos de enfermagem;
vice-presidente do Sindicato dos Médicos (SindMédico-DF), Carlos Fernando;
superintendente do ICDF, Núbia Welerson Vieira.

Ver mais

Política BSB

Equipe de Ibaneis cria site para população mandar sugestões

Publicado

dia

No portal, os moradores da capital poderão reclamar sobre várias áreas do Distrito Federal

Arquivo/Metrópoles

O governo de transição do futuro chefe do Executivo local, Ibaneis Rocha (MDB), criou um site para que a população do Distrito Federal envie sugestões. Em cinco linhas, os moradores da capital poderão reclamar sobre diversos temas, como acessibilidade, creches, cultura, educação, saúde, segurança, transporte e mobilidade, entre outros.

Para enviar uma opinião, basta colocar o nome, e-mail, cidade, assunto e a sugestão por meio do endereço www.governodetransicaodf.com.br. No portal também será possível acompanhar as atividades desempenhadas pela equipe, no entanto, essa opção ainda não está disponível.

Ver mais

Notícias DF

Homem é preso no DF vendendo duas araras em caixa de papelão

Publicado

dia

Homem detido disse que os animais estavam em poder de um suspeito que fugiu com a chegada da polícia

BPMA/PMDFPoliciais do Batalhão Ambiental (BPMA) prenderam, nesta quinta-feira (15/11), um homem que comercializava duas araras às margens da BR-040. As aves silvestres estavam em uma caixa de papelão. Segundo o suspeito, os animais eram de um outro homem, que fugiu com a chegada dos militares. Elas seriam entregues a um terceiro.

O BPMA recebeu a denúncia de um possível comércio de aves silvestres próximo ao Monumento Solarium, às margens da BR-040. Ao avistar os policiais, um dos homens entrou em um matagal e conseguiu fugir. O outro acabou abordado e informou que os bichos eram do fugitivo. As aves foram recolhidas e o homem, autuado.

Ver mais
Publicidade

Escolha o assunto

Publicidade